Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor sincero em te ver

O coração que tudo verte,
O sentido que se mostra,
A correr como quem doe,
O amor que se paginas.

Amor sincero tu amor,
E mesmo o sentimento,
O corpo que nos traz,
O coração tudo nos faz.

Refrão
O amor que tudo se verte,
A amar com quem inverte,
De soslaio quem adverte,
E o amor que tu compete.

O perdão se marca o rugir,
Assim o amor que se unir,
O perdão que se afasta,
E a realidade que basta.

O universo que se traduz,
Como fosse o verbo veloz,
Mesmo o sentir como nós,
O amor que nos avoluma.

Refrão
O amor que tudo se verte,
A amar com quem inverte,
De soslaio quem adverte,
E o amor que tu compete.

O perdão que se ausente,
A coragem que se volta,
Mesmo o seu sentimento,
O perdão pelo perdoador.

O carisma que ter contagia,
Queria ter a tua felicidade,
Sem ter inveja apenas amorosidade,
De um corpo e compaixão.

Refrão
O amor que tudo se verte,
A amar com quem inverte,
De soslaio quem adverte,
E o amor que tu compete.

Gumer Navarro
Enviado por Gumer Navarro em 08/12/2019
Código do texto: T6813908
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Gumer Navarro
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
2486 textos (9134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/01/20 04:22)
Gumer Navarro