Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Caco de vidro

Nös somos seres frágeis
Vivendo uma vida frágil
Como um copo que se quebra
Um papel que se rasga

Um filme que começa
E daqui a pouco acaba
Um castelo de areia
Que logo mais desaba

Um ovo que não vinga
Pra ver a luz do sol
De como é lindo o mar
O canto do rouxinol

Ainda bem que estou vivo
Para cantar
Mesmo sendo esse caco de vidro

Ainda bem que estou vivo
Para cantar
Mesmo sendo esse caco de vidro

Que vem da areia
E pra ela um dia vai voltar



Carlinhos Real
Enviado por Carlinhos Real em 22/11/2019
Reeditado em 22/11/2019
Código do texto: T6801425
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Carlinhos Real
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
700 textos (10929 leituras)
1 e-livros (25 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/01/20 22:23)
Carlinhos Real