Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O sono do maior amor

O poder de fazer só o bem,
Sentir adentrar toda metáfora,
Mesmo o querer que distem,
O mesmo amor que não demora.

O amor como fazer um sonho,
Por caminhos se termos a altitude,
Mesmo o aparecer como estranho,
E assim o amor que tudo pode.

Refrão
Como o amor de uma beija flor,
Mesmo os sentidos que ardor,
Mais a condicionar o coração,
De fazer o amor que se ação.

O sono que tua sã destra,
Mesmo os silenciosos vão,
Em esse mesmo que erra,
Esse mesmo corpo que unção.

O rouxinol que via e voa ao luar,
Mesmo o sentido que te fazer,
Como o coração que vem muar,
Mesmo o sentido que trazer.

Refrão
Como o amor de uma beija flor,
Mesmo os sentidos que ardor,
Mais a condicionar o coração,
De fazer o amor que se ação.

O sono que vem a serenata,
Como achar o seu responder,
Alegria que vem com a inata,
Horas que veem a se crer.

O objetivo como quem faz,
Ossos que se retumbam dores,
Mais corrigir os teus lugares,
Com o amor que tudo se traz.

Refrão
Como o amor de uma beija flor,
Mesmo os sentidos que ardor,
Mais a condicionar o coração,
De fazer o amor que se ação.
Gumer Navarro
Enviado por Gumer Navarro em 11/09/2019
Código do texto: T6742651
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gumer Navarro
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
1251 textos (4457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 03:24)
Gumer Navarro