Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ô SEU DOTÔ

Refrão:
Ô seu dotô, faça o favo di mi atendê
Eu sei qui eu não marquei hora para falá cum você
Mas mermo assim, eu peço um pôco di atenção
Iguarzinha a qui eu te dei pra ganhá a eleição
Pois os os meus fio, tão tudo de tudo de pé nu chão
E se a barriga tá vazia, é purquê nos farta o pão
Sei qui é dificir, guverná uma nação
Mai imagina cume duro, suportá ingratidão

Mais é tanto muleque na rua brigano cum a fomi
Muitos sonharo um dia, im ser homi de bem
Hoje consome o cráqui qui também les consome
Pois farta é sigurança e saúde tamém

E vem o sinhô botá banca, du deu gabinete
Mandano acessô mi dizê qui num vai mi atendê
Homi, eu só vim Le pedi qui o sinhô me arrespeite
Vossa esselência um cacete,eu falo é você

Refrão:
Ô seu dotô, faça o favo di mi atendê
Eu sei qui eu não marquei hora para falá cum você
Mas mermo assim, eu peço um pôco di atenção
Iguarzinha a qui eu te dei pra ganhá a eleição
Pois os os meus fio, tão tudo de tudo de pé nu chão
E se a barriga tá vazia, é purquê nos farta o pão
Sei qui é dificir, guverná uma nação
Mai imagina cume duro, suportá ingratidão

Veja u sinhô qui eleganti de ternu i gravata
Já nem si parece cum aquele qui mi visitô
Mai inquanto o sinhô si alimenta, nessa mesa farta
Na mesa lá em casa só farta, farta tudo doto

Eu qui num sou istudado e num tenho diproma
Mai sei percebê quando arguém mi ingana
Vô ti isperá querê voto e saí da redoma
Aí seu dotô eu mi vingo i ti dô uma banana

Refrão:
Ouça doutor,e me atende  por favor
Eu sei que eu não marquei hora pra falar com o senhor
Ainda assim, lhe peço um pouco de atenção
Da mesma forma a que eu te dei pra vencer a eleição
Sabe os os meus filhos, pois não é moda os pés nu chão
E se a barriga incomoda, é porque nos falta o pão
Sei qui é difícil, governar pra uma nação
Mai imagina cume duro, dar nosso voto pra ladrão

A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)
Enviado por A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc) em 22/09/2011
Reeditado em 22/09/2011
Código do texto: T3234560
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)
Salvador - Bahia - Brasil
249 textos (39614 leituras)
11 áudios (1396 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 17:01)
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)