Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bons dias de sol.

Uns vem
Pessoas falam em vão
Sem companhia
Outros apenas são o que são

Existem dias de sol
E tão poucos indiferentes
Aos meus dias de cão



Estou calmo,
ao chão
Minhas raízes brotam
Se proliferam,
Pela vasta conexão

As vidas me vem, eu me vou
Assim como sou,
talvez esperto
ou um idiota de certo

Sobre mil estrelas,
na noite se acorda o vento friu
Pode ser um dia inteiro
Ou no mês de janeiro

Posso viver no inferno
E, morrer no inverno
meu futuro quem sabe
Apenas quero a tese
Liberdade a ganhar
Gente fultil ao meu redor

Ganhar faz parte de perder
Já me arrependi
Mais ficar calado é pior que pedir pra sofrer
Ter sorte não te leva além
Buscar o que quer só se conquista quem é forte
Assim como sou também
Nos meus dias de sol.
Á alma é barata
Enviado por Á alma é barata em 03/03/2011
Código do texto: T2826583

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Á alma é barata
Suzano - São Paulo - Brasil, 33 anos
162 textos (4862 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 18:33)
Á alma é barata