ANDORINHA

Revivendo um sonho bom,

Lembrando aquela amada

Que eu amei um dia...

Luzes, flores, alvorada...

Canta a passarada

Toda em meu jardim;

Sonhos lindos de verão,

Tanta alegria no meu coração,

Solenemente toda a natureza encena essa

Beleza p’ra mim.

Cai o orvalho delicado

Em pétalas, em flores a acariciar...

Brilho, luz do sol dourado a iluminar —

O céu azul — entre os amores...

Quando se traz lembranças da paixão...

Só p’ra você, amor — eu fiz esta canção!

Passando por momentos tão preciosos que senti e vivi...

Se torna tão presente a recordação de ti.

Cantando esta canção eu tenho a esperança

De ver-te novamente — o teu olhar só para mim.

E, para o meu encanto, tu surges então, tão linda...

Que és a mais bela flor do meu jardim...

Me enlaço em teus braços...

Me entrego aos teus abraços...

Te amarei p’ra sempre — jamais te esqueci.

(Paulo Costa e Madalena Romagnolo)

2002.

Pacco
Enviado por Pacco em 14/02/2009
Reeditado em 09/08/2012
Código do texto: T1438690
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.