Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fanzine - Produza do seu - legal.


                                ATIVIDADE EM SALA DE AULA
ESTUDOS HÍBRIDOS
                                ESCOLA INTEGRAL

PROF. João Bosco
NOME:
DATA:2021

Habilidade e evolução do fanzine:

Engloba a ementa ou observação de estudos abaixo:

         Estudo de gêneros digitais, a partir de obras, pasquim, poemas, poeminhos, haikais,músicas, canções, HQ, chats, telefilms, charge, cartum, mene, gift, avatar, post, blog, franzine (songfic, fanzinoteca, fanfic, e-zines,simzines ou fanzine pequeno...) , ao evidenciar sua produção textual e de imagens, sua recepção, titologia, níveis de linguagem (formal e informal, dependendo do público-alvo ou ledor) etc.


PROPOSTA PARA O ALUNO

       Criar fanzines e compartilhar histórias de sua imaginação ou de sua vida ou seu projeto de vida.
       Ou crítica à realidade do mundo e do seu bairro.
Ou criar uma narrativa engraçada ou com ensinamentos de sabedoria.
      Ou invente uma canção, poeminha, trovinha, etc., dedique o poema a alguém que você gosta.

MATERIAL: cola escolar, régua, 4 FOLHAS A4, dobrar ao meio, usar o lápis grafite, colorir, usar recursos diferentes visuais e balões com textos, pequenos textos, figurinhas, etc.

Entregar: na próxima aula, começar agora.

Bom trabalho.

___________

Para isso, pesquise o que é FRANZINE. Veja abaixo, as sugestões ...
         Fanzine da Revisão

CMSP - SP

AULA LINDA EDUCAÇÃO ESTADUAL
https://repositorio.educacao.sp.gov.br/#!/midia?videoPlay=981&id=412

__________


                  Criar fanzines e compartilhar histórias

                   "Início de conversa:

          “Faça você mesmo, faça para entender, crie um mundo novo.” Essa frase de Redson Pozzi, músico brasileiro engajado ao movimento punk rock, define o espírito do fanzine.

                 Os fanzines, termo criado pela união de duas palavras em inglês − fanatic (fã) e magazine (revista) −, surgiram na década de 1930 como publicações amadoras de baixo custo feitas artesanalmente por fãs de ficção científica para divulgar seus textos. Ao longo do tempo, com os movimentos juvenis dos anos 1960, e em face da censura, os fanzines se expandiram e abarcaram outros grupos − como punks, feministas, veganos, aficionados por jogos eletrônicos, cinéfilos − e gêneros textuais − quadrinhos, resenhas de cinema, literatura, poesia, fotografia e demais expressões artísticas.


            Produzidos artesanalmente e reproduzidos por meio de fotocópia (xérox), mimeógrafos e recentemente a digitalização, são publicações feitas em pequenas tiragens, sem fins lucrativos, que priorizam a criatividade, o (re)uso de materiais disponíveis e a troca de exemplares."


                  http://www.plataformadoletramento.org.br/acervo-experimente/1064/criar-fanzines-e-compartilhar-historias.html
_________


                                  Fanzine

               "Um fanzine (aglutinação de fã e magazine ou zine) é uma publicação não profissional e não oficial, produzido por entusiastas de uma cultura particular, para o prazer de outros que compartilham seu interesse."

(...)

"Às vezes, as editoras de quadrinhos profissionais fizeram insinuações para o fandom através de prozines, neste caso revistas similares aos fanzines lançadas pelas principais editoras. The Amazing World of DC Comics e a revista FOOM da Marvel começaram e cessaram a publicação na década de 1970."

https://pt.wikipedia.org/wiki/Fanzine#:~:text=Um%20fanzine%20(aglutina%C3%A7%C3%A3o%20de%20f%C3%A3,outros%20que%20compartilham%20seu%20interesse.

__________

O que é Fanzine? | FANZINE EXPO
                  fanzineexpo.wordpress.com › o-que-e-fanzine
Por Fabrizio Yamai A palavra fanzine vem da contração da expressão em inglês fanatic magazine, que significa em português revista de fãs. E o que isso ...

COMO FAZER UM FANZINE
           www.c7s.com.br › wp-content › uploads › 2018/06 › c...
PDF
                         Consiste em dobrar uma folha de papel sulfite ao meio. Três folhas dobradas deste modo produz um fanzine de 9 páginas + Capa. 21x15cm ...

Criar fanzines e compartilhar histórias - Experimente
            ...www.plataformadoletramento.org.br › criar-fanzines-e-...
16 de jun. de 2016 — Essa frase de Redson Pozzi, músico brasileiro engajado ao movimento punk rock, define o espírito do fanzine. Os fanzines, termo criado pela ...

fanzine como mídia alternativa
        - Revistas USPwww.revistas.usp.br › alterjor › article › viewPDF
O Fanzine é uma revista de publicação alternativa, independente feita de fãs de um determinado assunto, objeto ou arte e voltado para fãs do mesmo conteúdo. ( ...
de DJF Assumpção · ‎2011 · ‎Citado por 1 · ‎Artigos relacionados

"RESUMO:
            Este artigo visa à criação de um veículo impresso, alternativo e independente, voltado para os profissionais de publicidade local, com o intuito de servir de referência, e com um conteúdo diferenciado, pois o mercado publicitário de Belém ainda é carente quando se trata de mídia impressa voltada a publicidade. Assim, discute o Fanzine, como mídia alternativa com a função suprir a necessidade dessa carência, dando oportunidade aos publicitários da área de Belém em ter um material impresso onde possam se informar, entreter, descobrir como esta mídia pode ser utilizada de modo satisfatório no mercado belemense.

             PALAVRAS-CHAVE: Mídia Alternativa; Fanzine; Publicidade e
                                                  Propaganda."

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CHINEM, Rivaldo. Imprensa Alternativa Jornalismo de Oposição e Inovação. São Paulo: Atica, 1995. Fanzine. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Fanzine. Acesso em: 12/05/2011

GAZY, Andraus. Gênese, história e importância das publicações independentes do Brasil e do mundo: Os Fanzines e as Revistas Alternativas. Disponível em: http://fanzinespt.com/refer.html. Acesso em: 06/04/2011

GUIMARÃES, Edgard. Algo sobre Fanzines. Disponível em:
http://kplus.cosmo.com.br/materia.asp?co=41&rv=Literatura . Acesso em: 10/02/ 2011

LOURENÇO, Denise. Fanzine: Procedimentos Construtivos em Mídia Tática Impressa. 2006. 171f. Dissertação (Mestrado em Comunicação Semiótica)- Pontifícia Universidade Católica. São Paulo 2006.

MAGALHÃES, Henrique. O que é Fanzine. Coleção primeiros passos, nº 283 São Paulo, Brasiliense, 1993

MAGÁN, Mon. Del recorta y pega a la autoedición. PEZ. Buceando en la edición Independente. Malaga, janeiro 2009, v 5.3, n 5, 40f, p 12 a17
MARTINS, José. Grandes Marcas, Grandes Negócios: Como as pequenas e medias empresas devem criar e gerenciar uma marca vendedora. São Paulo: Negocio Editora, 1997.

MORENA, Carolina; FERREIRA, Demetrios & MARQUES, Renata. Fanzine na mão e no papel. Rio Grande do Norte, 2006. Apresenta entrevista com autores de Fanzines, sobre como estruturar um. http://www.overmundo.com.br/overblog/Fanzine-na-mao-eno-papel. Acessado em 15/02/2011.

NOBLAT, Ricardo. A arte de fazer um jornal diário. 5º Ed. São Paulo: Contexto, 2004.

Revista ALTERJOR Grupo de Estudos Alterjor: Jornalismo Popular e Alternativo (ECA-USP) Ano 02– Volume 02 Edição 04 – Julho-Dezembro de 2011 Avenida Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo, CEP: 05508-900

NÓBREGA, Barbosa, M.F. Introdução ao Marketing para Empresa de Pequeno Porte. Edição eletrônica, disponível http//wwww.eumed.net/libros/2006a/mfnb. Acesso
em 16/06/2011

PEREIRA, M, Renata; MEDEIROS, B, Rafael; COSTA E SILVA, M, Leandro & ROCHA, A, Rui. Fanzine Lado R. Intercom – Sociedade Brasileira de estudos interdisciplinares de comunicação. X Congresso de ciências da comunicação da região Nordeste, 2008, São Luis, Maranhão. Fanzine Lado R. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2008

SCALZO, Marília. Jornalismo em revista. São Paulo: Contexto, 2003.

TAHARA, Mizuho. Contato imediato com mídia. São Paulo: Global, 1995.

VASCONCELLOS, M, Elisabeth. No Média Ganha Mercado. Movendo Idéias. Belém, v8, n14, p. 60 – 63, Nov 2003.

VIEIRA, Marcelo & ZOUAIN, Deborah. Pesquisa qualitativa em administração. 2º Ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

WOITOWIEZ, Karina. Recortes da Mídia Alternativa: Historias e Memórias da Comunicação no Brasil. Paraná, UEPG, 2000.

______________

FANZINE COMO MÍDIA ALTERNATIVA:
               UMA ANÁLISE DO CENÁRIO BELEMENSE
Douglas Junio Fernandes Assumpção1
          Eduardo Menezes Pina2
José Calasanz Piedade de Souza Junior3

___________

Educação básica: Brasil continua abaixo da média da OCDE
         Resultados do último Pisa mostram que o desempenho dos brasileiros não mudou; estagnação com grandes distâncias entre alunos ricos e pobres

            "A condição socioeconômica dos alunos brasileiros é um fator preditivo de desempenho no Pisa, exame realizado pela OCDE com alunos de 15 anos. Quanto maior a renda do estudante, melhor a sua performance na prova – e o fosso que separa alunos de diferentes classes sociais está se aprofundando. Em 2009, havia uma defasagem de 84 pontos entre jovens ricos e pobres, indicador que saltou para 97 pontos na prova de leitura de 2018. Na média dos países da OCDE, o gap é de 89 pontos."

MARINA KUZUYABU, 13 DE ABRIL DE 2020
           https://revistaeducacao.com.br/2020/04/13/educacao-basica-alunos-pisa/

___________

Aprendendo Inteligência - Prof Pierluigi Piazzi (Sinpro-SP 2008)
          https://www.youtube.com/watch?v=RlSCoYwnxr4

___________
J B Pereira e http://www.plataformadoletramento.org.br/acervo-experimente/1064/criar-fanzines-e-compartilhar-historias.html
Enviado por J B Pereira em 26/01/2021
Reeditado em 26/01/2021
Código do texto: T7168967
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2826 textos (1569232 leituras)
35 e-livros (529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/04/21 20:54)
J B Pereira