Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

... gol contra a vida uterina indefesa. A mãe não quer o bebê... Este é o culpado do sistema não funcionar...

            Faça o bem ao embrião e à mãe e honre a vida uterina.
            Não faça a mal a ninguém, nem ao embrião e nem a mãe...

Sou a favor da vida do nascituro e do direito do nascituro de nascer. 
Avençamos  humana e eticamente em soluções contra o aborto e vençamos as violências contra o embrião e o feto no útero e na consciências contra as ideologias abortistas. 


Respeito é a condição do amor entre todos... Todos têm o direito à VIDA. 
Os sinais de morte estão glamourificados, (re)maquiados e endossado pelo sistema de mortes e de sacrificar os pobres, negros, mulheres, embriões humanos, a vida está a um fio de colapso e caos... e nos tornamos indiferente a dor e violentes, injustos, ovelhas vestidas por trás lobos de terno e armados até aos dentes... com leis insanas contra a vida, a família, as mulheres no feminícidios, contra os embriões nas indústrias de beleza e do aborto... Tudo ficou "normal", descartável,


O povo que descarta crianças e mulheres, desgraça a sua família e entra por decadência e corrupção secular. 


J B PEREIRA

______________

Viver sim, abortar não! Direito do nascituro nascer; direito e dever de ser mãe e ser pai... Deus é Pai e Mãe... Nosso! & CANAL REGINA FIDEI A ORDEM MAIS DIFÍCIL QUE O PADRE PIO OBEDECEU
https://www.recantodasletras.com.br/oracoes/7115251

_____________

                          Tesouro da Escritura ou BÍBLIA

                  Lucas 17:2
2 Seria melhor que tal pessoa fosse atirada ao mar com uma pedra de moinho amarrada ao pescoço, do que induzir um destes pequeninos a pecar. Repreender e perdoar os irmãos

               English Revised Version _ Lucas 17:2
It were well for him if a millstone were hanged about his neck, and he were thrown into the sea, rather than that he should cause one of these little ones to stumble.

Lucas 17,
1 "Então Jesus declarou aos seus discípulos:
- É inevitável que fatos ocorram que levem o povo a tropeçar na fé, mas ai da pessoa por meio de quem vêm os escândalos!

2 Seria melhor que tal pessoa fosse atirada ao mar com uma pedra de moinho amarrada ao pescoço, do que induzir um destes pequeninos a pecar. Repreender e perdoar os irmãos

3 Tende cuidado de vós mesmos. Se teu irmão pecar contra ti, repreende-o e, caso ele venha a se arrepender, perdoa-lhe. …"



Mateus 18:3-5,10,14
"- E disse: “Com toda a certeza vos afirmo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no Reino dos céus. …"

Mateus 18:6
"Entretanto, se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe seria amarrar uma pedra de moinho no pescoço e se afogar nas profundezas do mar."

https://bibliaportugues.com/luke/17-2.htm
____________________


Mateus 18:6
- Entretanto, se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que creem em mim, melhor lhe seria amarrar uma pedra de moinho no pescoço e se afogar nas profundezas do mar.

https://bibliaportugues.com/luke/17-2.htm
___________

" Deputados argentinos aprovam projeto de lei que legaliza o aborto"


"Câmara dos Deputados da Argentina aprova descriminalização do aborto; projeto segue para o Senado
Depois de 20 horas de discursos e discussões, os deputados aprovaram o projeto de lei com 131 votos. Outros 117 legisladores foram contrários ao texto, e 6 se abstiveram."

"A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou um projeto de lei que legaliza o aborto no país nesta sexta-feira (11). O texto, agora, será avaliado pelo Senado do país."
Por G1

Imagem de mulheres que apoiam a descriminalização do aborto do lado de fora do Congresso argentino, em 11 de dezembro de 2020 — Foto: Agustin Marcarian/Reuters

11/12/2020 07h40
Atualizado há 11 horas

___________________

Marcos 9:42
“ - Se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que creem em mim, seria melhor que fosse lançado no mar com uma pedra de asno amarrada ao pescoço."

https://bibliaportugues.com/luke/17-2.htm

------

... gol contra a vida uterina indefesa. A mãe não quer o bebê... Este é o culpado do sistema não funcionar...

J B PEREIRA
11/12/2020.

Esqueceram do outro e da prata da vida, escolheram ser da contramão, dar o tiro no pé e furar gol contra... Não entendo a Argentina que sempre lutou por seu povo e seu gente corajosa do bem e contra o mal...

J B PEREIRA

Agradaram as mulheres abortistas e muito dinheiro podre para aprovar lei contra embrião humano no seio materno e não em proveta...

O verde pobre das leis do aborto na Argentina sem prata sem brilho desta geração de homicídas legalistas abortitas, com o cunho e punho da lei de homens (que fingem ser das mulheres, escondem o patriarcalismo...)

J B Pereira


A cor verde das bandeirolas poderia ser até de ativistas ecológicos... Não! São de abortistas... contra a vida uterina... o direito do nascituro de nascer... Descontam no embrião os paradoxos pessoais, existenciais, sistêmicos, políticos, feministas, patriarcais... sobre o mínimo dos seres: o embrião humano.
Não é o verde da ecologia, mas o verde da imaturidade histórica e histérica de muitos que não conseguiram amar a vida e defender a vida e o nascituro e o direito de ser mãe... De serem éticos e criativos para encontrar soluções não violentas contra uma vida indefesa e frágil na barriga de mulheres... A humanidade deles apodrece do verde ao podre... Nem fica amarelo e nem sangra de dor ... a dor é comprada pela lei para não sentir dor e aceitar aborto e suas consequências terríveis ... eliminar vidas... e não ir às causas das dores e humores...
Contra o aborto sistêmico e nefasto, perverso e inoportuno, aprovado hoje na Argentina, infelizmente.

Além de leis que já colocam em risco a vida do nascituro e seu direito inerente de nascer, mulheres argentinas votaram e exigiram votar novas regras para abortar e facilitar o aborto.

Que as mulheres sofrem todo tipo de abuso e hipocrisia ideológica e violência estrutural são inegáveis, mas é dar um tiro no pé ou marcar gol contra o próprio time: contra a humanidade e a vida.

As crias e filhotes humanos, bebês e nenéns, embriões e fetos humanos são descartáveis na anti-lógica no sistema político e entre feministas de plantão e radicalistas abortistas.

E mais fácil matar o embrião que ir às causas da fome, do desemprego, do estupro, da violência familiar, da negação dos direitos de ser mulher como feminicídios e o patriarcalismo...

De um lado os direitos do nascituro, de outro, os da mulher ou (não)mãe.

Parece um antinomía (antes conciliávem a natureza e maternidade), tornaram-se construções adversamente estranhas pós-modernas. Não há lugar para os embriões humanos.

Há casais "apaixonados pela vida", mulheres sofrendo por desejar e planejar ser mãe... Mas, há um time raivoso e massificado e ideológico abortista que nega a mulher o direito de ser mãe ou o embrião não passa um produto descartável de um "organismo emancipado e radical" em que o filho ou a filha são obstáculos a imagem, ao sucesso, o existir do feminino-recente construído para deletar o que vem do útero ou enfrentar o patriarcalismo e as moléstias e as hipocrisias sociais descontando no mais frágil e inocente dos seres vivos, o próprio "fruto do seu ventre"...

E triste, lamentável, nojento a antilógica do argumento abortista e do descalabro de descartar a vida uterina com leis em pleno dia em votação em parlamento argentino. A Argentina perde sua prata o brilho dos antescetrais que legaram o cuidado e o respeito ao bem da criança que pode e tem o direito de nascer, alegria da família, coragem da mulher, brilho dos olhos do casal, festa e união da família...

Parece coisa do passado, fotografia amarelecida no Álbum da família argentina... Infelizmente.

Fico aqui triste e oro para que repensem e novas gerações não pratiquem o aborto com tanta facilidade e entusiasmo... como se trocassem de roupa... ou de time de futebol...

Sei que isso é ruim, nocivo, vergonho, criminoso, hediondo crime contra a vida do nascituro, que não tem como se defender da falta de juízo de mães e governos odientos e malvados ou malignos contra a vida humana no útero materno... Mais lastimável ver as mulheres aprovarem esta indecente lei e se acharem livre dos pesos de consciência contra o mal que fazem aos seus embriões... aos seus filhos e às filhas que poderiam e tem o direito de nascer... assim como estes mulheres nasceram porque suas mães se engravidaram, deixaram-nas nascer... cuidaram delas e elas cresceram... poderiam se alegrar com "o fruto do seu ventre..."

________________

Mais do G1
Avanço do coronavírus
Brasil ultrapassa 180 mil mortes por Covid, com 652 nas últimas 24 horas
Média móvel de novos casos diários é a maior desde agosto. Ontem, Bolsonaro afirmou que país vive um 'finalzinho de pandemia'.
Há 47 minutosCoronavírus

_____________


2 Pedro 2:1-3
"Assim como, no passado, surgiram falsos profetas entre o povo, da mesma forma, haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao cúmulo de negarem o Soberano que os resgatou, atraindo sobre si mesmos repentina destruição. …"

J B Pereira e https://g1.globo.com/mundo/noticia/2020/12/11/camara-de-deputados-da-argentina-aprova-descriminalizacao-do-aborto-projeto-segue-para-o-senado.ghtml
Enviado por J B Pereira em 11/12/2020
Reeditado em 11/12/2020
Código do texto: T7133419
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2826 textos (1569232 leituras)
35 e-livros (529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/04/21 20:17)
J B Pereira