Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Textos e questões em http://www.vestibulinhoetec.com.br/download/prova_ant/84.pdf

Caro candidato,
1. Responda a todas as questões contidas neste caderno e, depois, transcreva as alternativas assinaladas para esta Folha
de Respostas Intermediária.
2. Preencha os campos desta Folha de Respostas Intermediária, conforme omodelo a seguir:
3. Não deixe questões embranco.
4. Marque comcuidado e assinale apenas uma resposta para cada questão.
5. Posteriormente, transcreva todas as alternativas assinaladas nesta Folha de Respostas Intermediária para a Folha de
Respostas Definitiva, utilizando caneta esferográfica de tinta preta ou azul.

________
GABARITO OFICIAL - retificado
Processo Seletivo Vestibulinho Etec - 2º SEM/12

Exame: 17/06/12
Questão - Alternativa e Critério p/ desempate em três colunas em http://www.vestibulinhoetec.com.br/download/prova_ant/85-ret.pdf

1 D C1 26 E C1
2 D C2 27 E C2
3 A C1 28 C C1
4 B C2 29 B C1
5 D C2 30 A C1
6 D C3 31 E C1
7 C C5 32 B C1
8 D C1 33 D C1
9 C C2 34 C C2
10 A C2 35 B C1
11 C C2 36 E C1
12 Anulada C1 37 B C2
13 B C1 38 A C4
14 D C3 39 B* C2
15 A C1 40 E C3
16 E C4 41 D C1
17 D C5 42 E C5
18 B C1 43 C C2
19 A C1 44 B C5
20 A C3 45 D C3
21 D C4 46 E C1
22 C C1 47 A C1
23 D C1 48 D C4
24 C C1 49 E C3
25 D C1 50 C C2
 * Alternativa retificada
CRITÉRIOS PARA DESEMPATE
1. C1 - aplicar conhecimentos desenvolvidos no ensino fundamental para a compreensão da realidade
e para a resolução de problemas;
2. C2 - interpretar diferentes tipos de textos como crônicas, poesias, charges, tabelas, gráficos, mapas,
imagens e outras formas de representação;
3. C3 - analisar criticamente argumentos apresentados nas questões;
4. C4 - reconhecer e relacionar diferentes formas de linguagens, abordagens e técnicas de
comunicação e expressão;
5. C5 - avaliar ações e resoluções de acordo com critérios estabelecidos.


_______
Um outro olhar

O que vem à sua cabeça quando você ouve as
palavras poluição, trânsito, problemas com saneamento básico, lixo, enchentes, necessidade de áreas
verdes, contrastes entre bairros centralizados e bairros
periféricos? Provavelmente vêm imagens das situações
enfrentadas por quem mora em espaços urbanos.
E para pensar um pouco sobre essas condições, a
que todos estamos ligados, é que escolhemos o tema
cidades para este Vestibulinho.
Refletir a respeito das questões urbanas e não
nos deixarmos levar pelo comodismo ou por atitudes
individualistas são bons caminhos para transformarmos
as cidades em um lugar em que valha a pena viver.
Bom trabalho!
__________________
Perfeição

Celebrar a juventude sem escolas
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade
Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta
De hospitais
Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
(http://www.vagalume.com.br/legião-urbana/perfeicao Acesso: 09.05.2012. Adaptado)
___________________________

A imagem mostra a escultura do poeta Carlos Drummond de Andrade, criada pelo artista mineiro Leo Santana, instalada em Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro.
(http://www.biografia.inf.br/carlos-drummond-de-andrade-poeta.html
Acesso em: 10.02.2012.)
A escultura foi feita em bronze, em tamanho natural,
em comemoração ao centenário de nascimento do
escritor. Nela observamos a frase do poeta: “No mar
estava escrita uma cidade”.

Quando o bronze se encontra exposto ao ar, ocorre
o fenômeno da oxidação, formando na superfície do
metal uma camada cinzento-esverdeada de sais de
cobre que, de certa forma, evita maiores estragos na
escultura.
No entanto, a ação continuada da chuva ácida dissolve
parte dessa camada protetora e permite uma corrosão
mais profunda.

(http://www.notapositiva.com/pt/trbestbs/quimica/11chuvasacidas.htm#vermais Acesso em: 10.02.2012.Adaptado)

Pensando nisso, assinale a alternativa que preenche, correta
e respectivamente, a frase a seguir.
O bronze é uma liga metálica constituída principalmente por
____________ e ___________, sendo que sua oxidação
é um fenômeno ___________.
(A) ferro ... carbono ... químico
(B) ferro ... carbono ... físico
(C) cobre ... carbono ... físico
(D) cobre ... estanho ... físico
(E) cobre ... estanho ... químico
Questão 36
Leia os poemas de Carlos Drummond de Andrade.
Poema 1
Poema 2
(BARBOSA, Rita de Cássia. Literatura Comentada: Carlos Drummond de Andrade. São Paulo: Nova Cultura, 1988.Adaptado)
Considerando as duas cidades descritas nos poemas de
Drummond, pode-se concluir corretamente que
(A) as duas cidades são iguais, pois apresentam as mesmas
características no que diz respeito às escalas sociais e
econômicas.
(B) as duas são cidades distintas, classificadas conforme
suas características sociais, políticas e econômicas e
apresentam diferente hierarquia urbana.
(C) ambas as cidades são tecnicamente avançadas, ou
seja, locais onde se desenvolvem pesquisas de ponta e,
devido a essa característica, polarizamo país.
(D) o ritmo de vida agitado na cidade grande traz benefícios
à população, sobretudo na área ambiental, e esse ritmo
deveria ser adotado nas cidades pequenas.
(E) a cidade pequena atualmente está desconectada do
cotidiano globalizado, apresentando um ritmo lento que
compromete o desenvolvimento das metrópoles.

____________

OUTRAS DISCIPLINAS EM SEGUIDA:
Questão 20: É muito importante lembrarmos que o período medieval teve também um desenvolvimento urbano. Segundo o historiador Jacques Le Goff,
“a cidade da Idade Média é uma sociedade abundante, concentrada em um pequeno espaço, um lugar de produção e de trocas em que se
mesclam o artesanato e o comércio alimentados por uma economia monetária. É também o berço de um novo sistema de valores nascido da
prática laboriosa e criadora do trabalho, do gosto pelo negócio e pelo dinheiro”.
(LEGOFF, Jacques.Por amor às cidades. São Paulo: Ed. Unesp, 1998, p. 25.Adaptado)
De acordo com Jacques LeGoff, é válido afirmar que
(A) o novo sistema de valores citado é o capitalismo, que tem como base as atividades da burguesia.
(B) as cidades desenvolvidas na Idade Média fortaleceram o sistema feudal, incentivando a agricultura.
(C) a principal atividade econômica das cidades medievais era a produção monocultora para exportação.
(D) as cidades medievais eram prósperas comercialmente devido ao incentivo da Igreja à prática da usura.
(E) o proletariado surge nesse período, pois comas cidades medievais têminício as atividades industriais.

questão 25: O historiador Sérgio Buarque de Holanda analisou as diferen-
ças entre as cidades construídas, no início da colonização do
continente sul-americano, por espanhóis e portugueses. Segundo
esse autor, “para muitas nações conquistadoras, a construção de
cidades foi o mais decisivo instrumento de dominação que conheceram”. Além disso, o autor observou que “ao contrário da colonização portuguesa, que foi antes de tudo litorânea, a espanhola
preferiu as terras do interior e os planaltos”.
(HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil.
SãoPaulo:Cia. das Letras, 1995, p. 95-99.Adaptado)
Sobre as opções de portugueses e de espanhóis para a
localização das cidades coloniais, é correto afirmar que
(A) as condições geográficas não foram levadas em
consideração na escolha dos locais para a fundação das
cidades.
(B) a dominação europeia nas Américas utilizou as estruturas urbanas construídas anteriormente pelos indígenas.
(C) os territórios portugueses e os territórios espanhóis
foram igualmente urbanos, pois ambos eram colônias de
povoamento.
(D) a colonização portuguesa baseou-se em feitorias comerciais litorâneas, e a espanhola baseou-se na extração de
minerais no interior.
(E) as cidades coloniais portuguesas seguiram o modelo de
construção católico, e as espanholas seguiram o modelo
arquitetônico protestante.


Questão 27: Na segunda metade do século XIX, a Europa industrializada precisava acomodar uma população que, ano a ano, crescia. Algumas indústrias
construíam vilas operárias, geralmente próximas das empresas, para que funcionários e familiares morassem. Mas, poucos trabalhadores
aceitavam essa oferta, pois achavam que, quando voltassem para casa, encontrariam mais um regulamento pendurado na porta referindo-se
a quase todas as suas ações da vida particular; não seriam mais, portanto, os donos em sua própria casa. Assim,muitos operários preferiam
morar em bairros periféricos com pouca estrutura urbana.
(ARIÈS, Philippe & DUBY,Georges. História da vida privada vol. 4. São Paulo: Cia. das Letras, 2009, p. 293.Adaptado)
Analisando as informações contidas no texto, pode-se concluir corretamente que
(A) os donos das fábricas ofereciam as moradias aos operários, em respeito à legislação trabalhista da época.
(B) os operários optavam pelas periferias, pois ali havia conjuntos habitacionais garantidos para a classe trabalhadora.
(C) os operários rejeitavam a moradia nas vilas operárias devido à motivação religiosa, já que nas vilas não havia igrejas.
(D) as vilas operárias eram oferecidas pelos governos, pois a Constituição determinava que esta era uma obrigação do Estado.
(E) o cotidiano da fábrica era cheio de regras e de restrições, as quais seriam estendidas às vilas operárias construídas pelas
empresas.

Questão 34: A cidade dos animais

Desde a Antiguidade, praticamente todas as grandes civilizações mantiveram coleções de animais
em cativeiro, uma vez que esse hábito era sinal de riqueza e de poder dos governantes da época. Esse
costume continuou entre os nobres até o século XVIII, quando se formaram os primeiros zoológicos nas
cidades europeias.
À medida que o espírito científico aumentava durante os séculos XVIII e XIX, os zoológicos passaram a ser vistos como locais de estudo e não apenas lugares para diversão. Com o desenvolvimento de
pesquisas sobre o comportamento dos animais na natureza, observou-se a necessidade de melhorar
esses espaços com elementos que os tornassem semelhantes aos habitats naturais dos animais.
Na cidade do Rio de Janeiro, em 1888, fundou-se, com animais vindos de diversos países, o primeiro
zoológico brasileiro. O seu imponente portão de entrada permite o acesso a uma área com riachos, lagos
artificiais,muito verde e diferentes espécies de animais, entre elas, algumas hoje ameaçadas de extinção,
como o urubu-rei, a ararajuba e o cachorro-do-mato-vinagre.
(http://www.remea.furg.br/edicoes/vol13/art09.pdfAcesso em: 19.02.2012.Adaptado)
(Portão da entrada do zoológico do Rio
de Janeiro - http://www.riototal.com.br/riolindo/tur005-zoologico_entrada.jpgAcesso
em: 19.04.2012.)

Sobre os zoológicos, pode-se afirmar corretamente que
(A) ajudam na preservação dos animais, pois modificam totalmente suas posições nas cadeias alimentares.
(B) são utilizados, hoje em dia, exclusivamente como áreas de recreação e de lazer para os habitantes da cidade.
(C) servem para informar as pessoas sobre a necessidade de conservação da biodiversidade e sobre a existência de fauna
ameaçada de extinção.
(D) realizam projetos para alterar profundamente o habitat natural dos animais, impondo mudanças no comportamento biológico
das espécies a fim
de adaptá-las à vida no cativeiro.
(E) beneficiam as pessoas que vivem em áreas rurais e, por esse
motivo, possuem pouco ou nenhum contato coma natureza,
o que significa conscientizá-las sobre a preservação das espécies locais.
Em 1858, a cidade do Rio de Janeiro recolhia, sozinha,mais impostos do que várias cidades brasileira.


http://www.vestibulinhoetec.com.br/download/prova_ant/85-ret.pdf
Enviado por J B Pereira em 27/04/2013
Código do texto: T4262909
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2826 textos (1569582 leituras)
35 e-livros (529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/04/21 16:38)
J B Pereira