Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Figuras de linguagem (=conotação ou linguagem figurada ou de duplo sentido, cheia de ambiguidades), tropos, estilo ou retórica Figuras semânticas em http://pt.wikipedia.org/wiki/Figura_de_linguagem

Figuras de estilo / figuras de Retórica (Portugal) ou figuras de linguagem (Brasil) são estratégias que o escritor pode aplicar no texto para conseguir um efeito determinado na interpretação do leitor. São formas de expressão mais localizadas em comparação às funções da linguagem, que são características globais do texto. Podem relacionar-se com aspectos semânticos, fonológicos ou sintáticos das palavras afetadas. É muito usada no dia-a-dia das pessoas, nas canções e também é um recurso literário.
Alguns exemplos:
A vida é um palco iluminado. (metáfora)
Já disse mais de um milhão de vezes! (hipérbole)
As velas do Mucuripe / saíram para pescar. (Metonímia)
O único sentido oculto das coisas é elas não terem sentido oculto nenhum. (paradoxo)
Ouviram do Ipiranga as margens plácidas... (hipérbato)
Índice  [esconder]
1 Classificação
1.1 Figuras de palavras (figuras semânticas ou tropos) e/ou figuras de pensamento
1.2 Figuras de construção (ou figuras sintáticas)
2 Figuras de linguagem mais usadas
3 Ver também
4 Referências
[editar]Classificação

Embora haja mais de uma maneira de classificá-las, as figuras de linguagem podem ser divididas em:
[editar]Figuras de palavras (figuras semânticas ou tropos) e/ou figuras de pensamento
Alegoria
Ambiguidade
Antífrase
Antítese
Antonomásia ou perífrase
Apóstrofe
Cacofonia
Catacrese
Comparação por símile
Comparação simples
Disfemismo
Eufemismo
Enumeração
Gradação
Hipálage
Hipérbato
Hipérbole
Ironia
Litotes
Metáfora
Metalepse
Metonímia (ou sinédoque)
Onomatopeia
Oximoro
Paradoxo
Personificação (ou prosopopeia)
Sinestesia
[editar]Figuras de construção (ou figuras sintáticas)
Aliteração
Anacoluto
Anadiplose
Anáfora
Analepse
Assíndeto
Assonância
Circunlóquio
Clímax
Diácope
Elipse
Epizêuxis
Inversão ou hipérbato
Pleonasmo
Polissíndeto
Sínquise
Silepse
Zeugma
Zoomorfização (ou animalização)
[editar]Figuras de linguagem mais usadas

Antítese e Paradoxo
Paradoxo é a aproximação de ideias contrárias.
Ex.: Já estou cheio de me sentir vazio.
Antítese consiste na exposição de palavras contrárias.
Ex.: Ele não odeia, ama.
Na explicação do professor Paulo Hernandes fica evidente a diferença entre estas duas figuras de linguagem frequentemente confundidas:
"Como podemos ver, na antítese, apresentam-se ideias contrárias em oposição. No paradoxo, as ideias aparentam ser contraditórias, mas podem ter explicação que transcende os limites da expressão verbal."
Catacrese
É a figura de linguagem que consiste na utilização de uma palavra ou expressão que não descreve com exatidão o que se quer expressar, mas é adotada por não haver outra palavra apropriada - ou a palavra apropriada não ser de uso comum.
Ex.: Não deixe de colocar dois dentes de alho na comida.
Sinestesia
Consiste na fusão de impressões sensoriais diferentes.
Ex.: Aquela criança tem um olhar tão doce.
Comparação
Como o próprio nome diz, essa figura de linguagem é uma comparação feita entre dois termos com o uso de um conectivo.
Ex.: O Amor queima como o fogo.
Metáfora
É a figura de palavra em que um termo substitui outro em vista de uma relação de semelhança entre os elementos que esses termos designam
Ex.: O José é uma "raposa".
Essa semelhança é resultado da imaginação, da subjetividade de quem cria a metáfora.
Metafora¹
Sem conectivo
Disfemismo ou Cacofemismo
É uma figura de estilo (figura de linguagem) que consiste em empregar deliberadamente termos ou expressões depreciativas, sarcásticas ou chulas para fazer referência a um determinado tema, coisa ou pessoa, opondo-se assim, ao eufemismo. Expressões disfêmicas são freqüentemente usadas para criar situações de humor.
Ex.: Comer capim pela raiz.
Hipérbole ou Auxese[1]
É a figura de linguagem que consiste no exagero.
Ex.: "Rios te correrão dos olhos, se chorares!"
Metonímia ou Transnominação
É a figura de linguagem que consiste no emprego de um termo por outro, dada a relação de semelhança ou a possibilidade de associação entre eles. Definição básica: Figura retórica que consiste no emprego de uma palavra por outra que a recorda.
Ex.: Lemos Machado de Assis por interesse. (Ninguém, na verdade, lê o autor, mas as obras dele em geral.)
Personificação ou Prosopopeia [2]
É uma figura de estilo que consiste em atribuir a objetos inanimados ou seres irracionais sentimentos ou ações próprias dos seres humanos.
Ex.: O Sol amanheceu triste e escondido.
Perífrase[3]
Consiste no emprego de palavras para indicar o ser através de algumas de suas características ou qualidades.
Ex.: Ele é o rei dos animais. (Leão)
Ex.: Visitamos a cidade-luz. (Paris)
Ironia[4]
Consiste em apresentar um termo em sentido oposto.
Ex.: Meu irmão é um santinho (malcriado).
Eufemismo[5]
Consiste em suavizar um contexto.
Ex.: Você faltou com a verdade (Em lugar de mentiu).
[editar]Ver também

Figura sintática
Kenning (em outras culturas e línguas)
Referências

↑ Significado de Auxese
↑ Significado de Prosopopéia
↑ Significado de Perífrase
↑ Significado de Ironia
↑ Significado de Eufemismo
[Esconder]
v • e
Figuras de linguagem, estilo ou retórica
Figuras semânticas Alegoria • Anagrama • Ambiguidade • Antífrase • Antítese • Antonomásia • Apóstrofe • Arcaísmo • Cacofonia • Capicua • Catacrese • Comparação • Disfemismo • Estrangeirismo • Eufemismo • Gradação • Hipálage • Hipérbole • Ironia • Metáfora • Metalepse • Metonímia • Neologismo • Onomatopeia • Oximoro • Palíndromo • Pangrama • Paradoxo • Perífrase • Prosopopeia • Sarcasmo • Sinestesia
Figuras sintáticas Aliteração • Analepse • Anacoluto • Anadiplose • Anáfora • Assíndeto • Assonância • Circunlóquio • Clímax • Colisão • Diácope • Eco • Elipse • Epístrofe • Epizêuxis • Hiato • Hipérbato • Metonímia • Paranomásia • Parequema • Pleonasmo • Polissíndeto • Prolepse • Silepse • Sínquise • Solecismo • Tautologia • Zeugma • Zoomorfização
http://pt.wikipedia.org/wiki/Figura_de_linguagem
Enviado por J B Pereira em 04/02/2013
Código do texto: T4123592
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2826 textos (1569261 leituras)
35 e-livros (529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/04/21 21:43)
J B Pereira