Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PAI DE JESUS NA HISTÓRIA DOS HOMENS E MULHERES DE FÉ E NA IGREJA

PAZ DE JESUS - NOSSA LUZ
NOSSO IRMÃO DIANTE DO PAI
ELE NOS CONDUZ
ELE NÃO PERMITE QUE A ALMA
AO CHÃO CAIA
E A QUE CAI
ELE LEVANTA
COM SUA CRUZ
DE AMOR ETERNO E INFINITO
POIS DEUS É O DEUS DA VITÓRIA - UMA CLAMA
ETERNA DE BÊNÇÃOS E GRAÇAS
NO MUNDO FINITO

“De fato, Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”
(João 3, 16).
_________________

Um certo Galileu - Padre Zezinho

 Tom: C

         C           G
Um certo dia à beira-mar
                      C
Apareceu um jovem galileu
                   G
Ninguém podia imaginar
Que alguém pudesse amar
                  C
Do jeito que ele amava
                           G
Seu jeito simples de conversar
Tocava o coração
              C
De quem o escutava

Refrão:
                            Dm
E seu nome era Jesus de Nazaré
    G7                       C F    Em   G7
Sua fama se espalhou e todos vinham ver
    C                    Dm/F
O fenômeno do jovem pregador
          C/E   G   C
Que tinha tanto a...mor.
                         G
Naquelas praias, naquele mar
                          C
Naquele rio, em casa de Zaqueu
                         G
Naquela estrada, naquele sol
E o povo a escutar
                C
Histórias tão bonitas
                            G
Seu jeito amigo de se expressar
Enchia o coração
               C
De paz tão infinita

E seu nome era Jesus de Nazaré
    G7                       C F    Em   G7
Sua fama se espalhou e todos vinham ver
    C                    Dm/F
O fenômeno do jovem pregador
          C/E   G   C
Que tinha tanto a...mor.

Refrão
                      G
Em plena rua, naquele chão
                            C
Naquele poço e em casa do Simão
                         G
Naquela relva, no entardecer

O mundo viu nascer
                 C
A paz de uma esperança
                       G
Seu jeito puro de perdoar

Fazia o coração
                C
Voltar a ser criança

E seu nome era Jesus de Nazaré
    G7                       C F    Em   G7
Sua fama se espalhou e todos vinham ver
    C                    Dm/F
O fenômeno do jovem pregador
          C/E   G   C
Que tinha tanto a...mor.

Refrão
G#  C#
                     G#
Um certo dia ao tribunal
                         C#
Alguém levou o jovem galileu
                         G#
Ninguém sabia qual foi o mal

E o crime que ele fez
                   C#
Quais foram seus pecados
                            G#
Seu jeito honesto de denunciar

Mexeu na posição
                   C#
De alguns privilegiados
                         D#m  G#
E mataram a Jesus de Nazaré
     D#m       G#            C#   F#  Fm
E no meio de ladrões puseram su...a   cruz
      C#                      D#m/F#
Mas o mundo ainda tem medo de Jesus
          C#/F  G#  A      E   D   C#
Que tinha tanto a...mor...

     C#              G#
VITORIOSO! RESSUSCITOU!
                             C#
Após três dias à vida Ele voltou
                          G#
Ressuscitado, não morre mais
                                         C#
Está junto do Pai pois Ele é o Filho Eterno
                     G#
Mas Ele vive em cada lar
                                     C#
E onde se encontrar um coração fraterno
                            D#m
Proclamamos que Jesus de Nazaré
  G#            D#m    G#    C#       F# Fm
Glorioso e triunfante, Deus conosco está!
         C#                       D#m/F#
Ele é o Cristo e a razão da nossa fé
     C#   G#   A   E   D   C#
E um dia voltará!
Configurações
mover
minimizarnormalgrandefixar playerfechar
clipesvídeo-aulavocê tocando

expandir lista
afinador
rolagem
dicionário
favoritar cifra
add a minhas pastas
letra
imprimir
corrigir
baixar cifra
Texto Colunas
diminuir
 
aumentar
uma
 
duas
Alterar tom
½ tom ½ tom
afinação acordes na letra
mais »
Cifra  Cifra Simplificado  Cifra V2
163.950 exibições
Email

http://www.cifraclub.com.br/padre-zezinho/um-certo-galileu/

____________________

O PAI DE JESUS NA HISTÓRIA DOS HOMENS E MULHERES DE FÉ E NA IGREJA

Se Deus é amor infinito por que Ele precisa de nossas consolações?

Deus basta a si mesmo: não é carência ontológica e nem existencial.
Ele em Jesus, face humana de Deus e rosto divino no homem de Deus, quis ser próximo, relacionar-se com todos, sentir a vida, amar como
os humanos, perdoar como  Deus, servir com coragem, ouvir nossas queixas e queixumes, entender as contradições e dificuldades da paradoxal vida dos humanos em todas as suas nuanças.

O pecado não o impediu de perscrutar as almas e corações em suas dores e sofrimentos, solidão e doenças, morte e angústias sobre o sentido da vida e as limitações de toda ordem natural, social, psicológica, moral, política, metafísica...

Por isso, disse certa vez: "Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor; mas Eu vos tenho chamado amigos, pois tudo o que ouvi de meu Pai Eu compartilhei convosco."  João 15:15

A amizade de Jesus é tão sublime como um mistério de amor que pede nossa adesão na fé. Ele não nos trai - é um Amor Perfeito, divino e sobrenatural, profundamente inaugurado na vida com os seus apóstolos e discípulos na terra.

Até as mulheres puderam perceber e deixarem tocar pela amizade pura e inocente de Jesus, seu olhar, suas mãos, seu lado aberto na cruz, a ida de Maria Madalena ao túmulo e se tornando a primeira testemunha viva da Ressurreição de Jesus. Após a aproximação ao mestre amoroso, pela conversão, todas as mulheres e em todos os tempos sentiram o seu coração bondoso, que acolhe, que perdoa, que ama perfeita e solicitamente:

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e meu fardo é leve." João 20, 22-23.

A antropologia cristã e a psicologia moderna sobre a amizade nos apresenta a inteligência e a afetividade evangélica de Jesus. Ele é profundamente humano em tudo, exceto no pecado. A humanidade total de Jesus é perfeita - por vontade de Deus - seu Pai.

Ora, Jesus mesmo nos convoca à amizade com Ele em união com a Santíssima Trindade, o que chamamos universo da graça divina, inaugurada no Batismo, quando nos tornamos de Jesus e de Deus. A ordem na graça não anula nossa natureza humana, o Batismo nos redime porque deleta o pecado original em nós.

Há lindas passagens bíblicas que nos revela a amizade perfeita de Jesus pelos seus amigos e pelas santas mulheres, antes como os homens todos pecadores e pecadoras: é o caso de Pedro, Felipe, Tomé, Judas (mesmo sendo o traidor), Madalena, Nicodemos, Paulo, dentre tantos.
E ainda hoje, como fez a Pedro, a cada um Jesus pergunta: se o amamos de verdade!

   
"E já era a terceira vez que Jesus se manifestava aos seus discípulos, depois de ter ressuscitado dentre os mortos.

¶ E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros.
Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.

Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas.

Na verdade, na verdade te digo que, quando eras mais moço, te cingias a ti mesmo, e andavas por onde querias; mas, quando já fores velho, estenderás as tuas mãos, e outro te cingirá, e te levará para onde tu não queiras.

E disse isto, significando com que morte havia ele de glorificar a Deus. E, dito isto, disse-lhe: Segue-me." João 21:14-19

Mas, por que após o Batismo, somos sujeito ao pecado?

Porque sendo limitados e inclinados ao mal, estamos sujeitos a nos afastar de Deus e de seu santo projeto sobre nós.

A graça santificante nos orienta no bem e na ética humanos. E Deus, infinitamente bom e sábio, nos convida após a cada não ao seu projeto de amor, a retornar à graça pelo arrependimento de nossos pecados e fragilidades até o fim de nossas vidas.

Por isso, Jesus confiou à Igreja a graça do perdão pelos sacramentos. Especialmente, na confissão dos pecados ou Penitência, Deus mesmo em Jesus pela absorvição dos pecados na figura do Padre, em Persona Christi, nos perdoa perfeitamente: "Disse-lhes outra vez: A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós.
Depois dessas palavras, soprou sobre eles dizendo-lhes: Recebei o Espírito Santo.

Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos." João 20:21-23
_______________
 
Ouça áudio do Padre Paulo Ricardo:

Se Deus é amor infinito por que Ele precisa de nossas consolações?

http://blog.cancaonova.com/tododemaria/como-corresponder-ao-amor-e-a-amizade-de-deus/
________________

A crise da Igreja não te assusta?

•A Igreja caminha a dois mil anos e cai e levanta: é guiada pelo Espírito Santo. Se fosse por homens, já teria fechado as portas... Ela nasceu na crise da Sexta-Feira Santa, no Calvário.

•Continuou nas catacumbas e na arena dos leões, entre os bárbaros, nos filósofos iluministas, na Revolução Francesa e no marxismo. Na traição, no comodismo e na fraqueza de muitos de seus filhos.

•Mas a Igreja não é só isso. É a Igreja dos santos, dos heróis, dos mártires. É a Igreja do povo simples e bom. É a Igreja de Jesus.

__________________________

O que a Bíblia ensina a respeito da Trindade?

 Pergunta: "O que a Bíblia ensina a respeito da Trindade?"

Resposta:

A coisa mais difícil a respeito do conceito cristão da Trindade é que não há maneira de explicá-lo adequadamente.

A Trindade é um conceito impossível de ser totalmente compreendido por qualquer ser humano, quanto mais explicado. Deus é infinitamente maior do que nós, por isso não devemos esperar que sejamos capazes de compreendê-Lo totalmente.

A Bíblia ensina que o Pai é Deus, que Jesus é Deus e que o Espírito Santo é Deus. A Bíblia também ensina que há um só Deus. Mesmo podendo compreender alguns fatos sobre a relação das diferentes pessoas da Trindade umas com as outras, no geral, a Trindade é incompreensível à mente humana. Entretanto, não significa que não seja verdade ou fora dos ensinamentos da Bíblia.

Ao estudar este assunto, lembre-se de que a palavra “Trindade” não é usada nas Escrituras. Este é um termo usado em uma tentativa de descrever o Deus Triuno, e o fato de haver 3 pessoas co-existentes e co-eternas perfazendo um só Deus.

Compreenda que DE JEITO ALGUM se sugere aqui que haja 3 Deuses.

A Trindade é UM Deus feito de 3 pessoas - DEUS UNOTRINO.

Não há nada errado em usar o termo “Trindade”, mesmo que esta palavra não se encontre na Bíblia.

É mais prático dizer a palavra “Trindade” do que dizer “3 pessoas co-existentes e co-eternas perfazendo um só Deus”. Se isto for problema para você, considere isto: a palavra avô também não é usada na Bíblia. Mesmo assim, sabemos que havia avôs na Bíblia.

Abraão foi avô de Jacó. Então, não fique obcecado com termo “Trindade”. O que realmente importa é que o conceito REPRESENTADO pela palavra “Trindade” existe nas Escrituras.

Terminada esta introdução, mostraremos versículos bíblicos na discussão sobre a Trindade.

1) Há um só Deus: Deuteronômio 6:4; I Coríntios 8:4; Gálatas 3:20; I Timóteo 2:5.

2) A Trindade consiste de três Pessoas: Gênesis 1:1; 1:26; 3:22; 11:7; Isaías 6:8; 48:16; 61:1; Mateus 3:16-17; 28:19; II Coríntios 13:14.

Nas passagens do Velho Testamento, algum conhecimento de hebraico é de grande ajuda. Em Gênesis 1:1, é usado o substantivo plural “Elohim”. Em Gênesis 1:26; 3:22; 11:7 e Isaías 6:8, o pronome plural equivalente a “nós” é usado. “Elohim” e “nós” se referem a mais de duas pessoas, NÃO há dúvidas. Em português, temos apenas duas variações quanto ao número, singular e plural. Em hebraico, temos três formas: singular, dual e plural. Dual é para dois, APENAS. Em hebraico, a forma dual é usada para coisas que vêm em pares, como olhos, orelhas e mãos.

A palavra “Elohim” e o pronome “nós” são formas de plural – definitivamente mais de dois, e devem estar se referindo a três ou mais (Pai, Filho, Espírito Santo).

Em Isaías 48:16 e 61:1, o Filho está falando enquanto faz referência ao Pai e ao Espírito Santo. Compare Isaías 61:1 com Lucas 4:14-19 para ver que é o Filho falando. Mateus 3:16-17 descreve o acontecimento do batismo de Jesus. Nele se vê o Deus Espírito Santo descendo sobre o Deus Filho enquanto o Deus Pai proclama Seu prazer no Filho. Mateus 28:19 e II Coríntios 13:14 são exemplos de 3 pessoas distintas na Trindade.

3) Os membros da Trindade são distintos uns dos outros em várias passagens: No Velho Testamento, “SENHOR” é diferenciado de “Senhor” (Gênesis 19:24; Oseias 1:4).

 O “SENHOR” tem um “Filho” (Salmos 2:7, 12; Provérbios 30:2-4). Espírito é distinto de “SENHOR” (Números 27:18) e de “Deus” (Salmos 51:10-12). Deus o Filho é diferenciado de Deus o Pai (Salmos 45:6-7; Hebreus 1:8-9). No Novo Testamento, João 14:16-17 é onde Jesus fala ao Pai sobre enviar um Ajudador, o Espírito Santo.

Isto demonstra que Jesus não considerava a Si mesmo como sendo o Pai ou o Espírito Santo. Considere também todas as outras vezes, nos Evangelhos, onde Jesus fala ao Pai. Estava Ele falando consigo mesmo? Não. Ele falava com uma outra pessoa na Trindade, o Pai.

4) Cada membro da Trindade é Deus: O Pai é Deus: João 6:27; Romanos 1:7; I Pedro 1:2. O Filho é Deus: João 1:1, 14; Romanos 9:5, Colossenses 2:9; Hebreus 1:8; I João 5:20. O Espírito Santo é Deus: Atos 5:3-4; I Coríntios 3:16 (Aquele que habita é o Espírito Santo: Romanos 8:9; João 14:16-17; Atos 2:1-4).

5) A subordinação dentro da Trindade: As Escrituras mostram que o Espírito Santo é subordinado ao Pai e ao Filho, e o Filho é subordinado ao Pai. Esta é uma relação interna, e não nega a divindade de nenhuma das pessoas da Trindade.

Esta é simplesmente uma área que nossas mentes finitas não conseguem compreender, em vista do Deus infinito.

Em relação ao Filho, veja: Lucas 22:42; João 5:36; João 20:21; I João 4:14. Em relação ao Espírito Santo veja: João 14:16; 14:26; 15:26;16:7 e principalmente João 16:13-14.

6) As tarefas dos membros individuais da Trindade: O Pai é a fonte máxima ou causa de: 1) o universo (I Coríntios 8:6; Apocalipse 4:11); 2) revelação divina (Apocalipse 1:1); 3) salvação (João 3:16-17); e 4) as obras humanas de Jesus (João 5:17;14:10). O Pai PRINCIPIA todas estas coisas.

O Filho é o agente através do qual o Pai faz as seguintes obras:

1) A criação e manutenção do universo (I Coríntios 8:6; João 1:3; Colossenses 1:16-17);

2) divina revelação (João 1:1; Mateus 11:27; João 16:12-15; Apocalipse 1:1);

3) salvação (II Coríntios 5:19; Mateus 1:21; João 4:42). O Pai faz todas estas coisas através do Filho, que funciona como Seu agente.

O Espírito Santo é o meio pelo qual o Pai faz as seguintes obras:

1) criação e manutenção do universo (Gênesis 1:2; Jó 26:13; Salmos 104:30);

2) divina revelação (João 16:12-15; Efésios 3:5; II Pedro 1:21);

3) salvação (João 3:6; Tito 3:5; I Pedro 1:2);

4) feitos de Jesus (Isaías 61:1; Atos 10:38). Então faz assim o Pai todas estas coisas pelo poder do Espírito Santo.

Nenhuma das ilustrações populares são descrições completamente apuradas da Trindade.

O ovo (ou maçã) falha porque a casca, a clara e a gema são partes do ovo, e não são o ovo, cada qual separadamente.
O Pai, Filho e Espírito Santo não são partes de Deus, cada um Deles é Deus.

A ilustração da água é de alguma forma melhor, mas ainda falha em adequadamente descrever a Trindade. Líquido, vapor e gelo são estados da água.

O Pai, Filho e Espírito Santo não são formas ou estados de Deus, mas cada qual separadamente é Deus.

Então, enquanto estas ilustrações podem nos dar uma ideia da Trindade, esta não se faz totalmente precisa.

Um Deus infinito não poderá ser totalmente descrito por uma ilustração finita.

Em vez de focalizar na Trindade, tente focalizar na grandeza de Deus e Sua natureza infinitamente maior que a nossa.

“Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos! Por que quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro?” (Romanos 11:33-34).

_______________________

Leia mais: http://www.gotquestions.org/Portugues/Trindade-Biblia.html#ixzz393jzVwRz

________________

AS REPRESENTAÇÕES ABAIXOS SÃO SIMBOLICAMENTE IMPERFEITAS QUANDO SE TENTA MOSTRAR O MISTÉRIO DA SANTÍSSIMA TRINDADE.


Por quê? Porque somos imperfeitos e nossa imaginação é imperfeita para traduzir me imagem e linguagem humanas o mistério de Deus.

Deus é infinitamente perfeito; nós, imperfeição.

Três velas acessas em uma única chama: Deus é um só verdadeiro em seu poder (o símbolo de fogo), as velas são três, representando imperfeitamente a Trindade Santa de Deus.

A toalha dobrada em três partes: um todo é o Deus (não se divide com as três pessoas). Três dobras, maneira imperfeita de se referenciar a Trindade.

Três rostos siameses: maneira imperfeita de representar também a Deus.

_____________

Cantiga por um casal fiel
Padre Zezinho
Sou nome era José, o carpinteiro,
trabalhava dia e noite e noite e dia.
Casou-se com Maria, tão meiga e tão singela,
e dizem que mulher não haverá igual a ela!

Menina diferente era Maria,
que vivia como Deus a inspirava.
Não era uma criança que não sabe o que a espera:
sabia muito bem que o amanhã não é quimera!

As vezes penso em José,
querendo compreender a sua fé,
ou fico a imaginar quem foi Maria
e a vejo sempre ao lado de José.

Por vezes uma angustia me persegue
e pergunto pra Maria e pra José:
Por que será que o mundo não consegue
entender o que se deu em Nazaré?

Seu nome era José, o carpinteiro,
trabalhava de manhã a sol se pôr.
Vivia com Maria, louvando o seu Senhor
e dizem que ninguém jamais viveu tão grande amor!

Figura singular era Maria,
em amor ninguém no mundo a superava.
Vivera suspirando pela vinda do Messias,
porém que se fizesse, filho seu não esperava!

As vezes penso em José,
querendo compreender a sua fé,
ou fico a imaginar quem foi Maria
e a vejo sempre ao lado de José!

Por vezes uma angustia me persegue
e pergunto pra Maria e pra José:
Por que será que o mundo não consegue
entender o que se deu em Nazaré?

http://letras.mus.br/padre-zezinho/600043/

_________________

Cantiga Por Um Ateu
Padre Zezinho
PlayPLAYLetra

http://letras.cifras.com.br/padre-zezinho/cantiga-por-um-ateu

Um grande amigo meu
Que a sua fé perdeu,
No dia de Natal me procurou.
Contou-me a sua vida
Tão cheia de incertezas
Com tanta honestidade
Que me fez chorar.
E a lágrima teimosa caindo no meu rosto
Lavou meu preconceito de cristão.

Eu sei que da verdade eu não sou dono,
Eu sei que não sei tudo sobre Deus.
Às vezes, quem duvida e faz perguntas,
É muito mais honesto do que eu.

Ao grande amigo meu
Que a sua fé perdeu,
No dia de Natal me confessei.
Contei-lhe a minha vida
Tão cheia de procuras
Com tantas esperanças
Que ele até sorriu.
E aquele riso aberto
Nos trouxe bem mais perto,
Lavou seu preconceito de ateu.

Por este amigo meu
Que a sua fé perdeu,
Naquele mesmo dia eu fui rezar.
E a minha prece amiga
Gerou esta cantiga
Que eu fiz pensando muito
Em meu país cristão.
Às vezes muita gente
Não crê no que acredita
E afasta o seu irmão da religião.


Link: http://www.vagalume.com.br/padre-zezinho/cantiga-por-um-ateu.html#ixzz39rC6Cvba

________________

Alô Meu Deus
Padre Zezinho
PlayPLAYLetra

Alô Meu Deus...
Fazia tanto tempo que eu não mais te procurava...
Alô Meu Deus...
Senti saudades tuas e acabei voltando aqui...
Andei por mil caminhos...
E como as Andorinhas eu vim fazer meu ninho em tua casa e repousar...
Embora eu me afastasse e andasse desligado,
Meu coração cansado resolveu voltar!

Eu não me acostumei nas terras onde andei ( 2X )

Alô Meu Deus...
Fazia tanto tempo que eu não mais te procurava...
Alô Meu Deus...
Senti saudades tuas e acabei voltando aqui...
Gastei minha herança comprando só matéria...
Restou-me a esperança de outra vez te encontrar...
Voltei arrependido, meu coração ferido,
E volto convencido que este é o meu lugar!

Eu não me acostumei nas terras onde andei ( 2X )

Link: http://www.vagalume.com.br/padre-zezinho/alo-meu-deus.html#ixzz39rCXh7fU
___________________
J B Pereira e http://blog.cancaonova.com/tododemaria/como-corresponder-ao-amor-e-a-amizade-de-deus/ e http://letras.mus.br/padre-zezinho/600043/
Enviado por J B Pereira em 31/07/2014
Reeditado em 08/08/2014
Código do texto: T4903821
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2301 textos (1288027 leituras)
14 e-livros (90 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 09:38)
J B Pereira