Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JESUS É A VIDEIRA, E NÓS SOMOS SEUS RAMOS PELA GRAÇA DIVINA

JESUS É A VIDEIRA, E NÓS SOMOS SEUS RAMOS PELA GRAÇA DIVINA E NO MISTÉRIO SALFÍVICO DA PAIXÃO, DA CRUZ E DA RESSURREIÇAO.

“Eu sou a videira, vós as ramas; quem está em Mim, e Eu nele, esse dá muito fruto; porque sem Mim nada podeis fazer.” João 15:5

“Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o  que quiserem, e vos será feito. Disse Jesus!” (João, 15-7)
Como Moisés ouvira de Javé o: “EU SOU O QUE SOU”,
“diga ao Faraó, eu vos envio porque escutei o clamor do meu povo que sofre no Egito.” (Êxodo 3, 6. 11. 14) Esse clamor ainda hoje é escutado porque cristãos sofrem no mundo todo e ainda no Egito e na Arábia, na Oceania, dentre outros lugares.
Eu sou! Jesus é a videira, cuja seiva nos alimenta pela graça. Trata-se de estar unido a Ele. E não longe, peão pecado. Nós nos unimos a Jesus pela Eucaristia, sacramento da unidade cristã, sacramento da sua amizade radical e total. É o Cristo Total do Vaticano II (1962-1965).
E Jesus ainda nos diz em outras passagens: “Eu sou! Eu sou a Luz do mundo.” (Jo 8,7) “Eu sou a porta estreita das ovelhas!” (Jo 10, 9) “Eu sou a pedra angular!” (Mateus 21,42) “Eu sou a rocha da tua casa.” (Mateus 7:24 a 27) “Eu sou o Bom Pastor!” (Jo 10,11) “Eu sou o caminho, a verdade e a vida!” (Jo 10,6) “Eu sou o Pão do Céu e da Vida!”  (Jo 6, 7) Ele é o Filho do Deus Vivo (Mateus 16,16) e não do Deus morto que muitos declararam ao longo do tempo na filosofia, por exemplo. Ele caminha conosco: é o Emanuel! (Mt 1, 23) O salvador! Eu sou o médico dos enfermos. (Mateus, 9-35) Jesus é “o Kyrios, o Senhor” (Lc  5.4, 5, 6, 8) Ele é o Cordeiro imolado por nós!  “Cristo e  Messias (Mt 16, 2) vem do grego (Χριστός, Christós: ‘O Ungido ou Consagrado’) e traduz o termo hebraico mashiach.”
Penso que Jesus é de fato, o Eu sou do Pai no Amor do Espírito Santo. É a pericorese, palavra grega que nos ensina que o eu humano e Divino de Jesus é um só com o Pai e um só Com o Paráclito. Pericorse era o nome da brincadeira de Rodas antiga no mundo antigo: uma roda em que todos dançam e uma criança é coloca ao centro, cantando e dançando também. Jesus é o centro da nossa vida e fé? Como o sabemos? Jesus é o centro de nossa vida quando o colocamos no lugar que ele merece – dentro de nosso coração. Ele é a pedra fundamental da Igreja – no arco, a pedra fundamental é a que segura todas as outras rochas, e suporta o peso de todas as outras pedras.
Jesus, “verdadeiro homem e verdadeiro Deus, procede do Pai e do Espírito Santo. E com o Pai e o Espírito é adorado” (Credo Nicenoconstantinopolitano) e louvado eternamente por nós e em nós. Ele, Jesus, falou conforme as Escrituras e em uníssono com os profetas até João Batista. Hoje nos fala pela sua Igreja nas coisas santas! Perdoemos os erros históricos da nossa Igreja quando dirigida por homens limitados e pecadores como nós somos. Perdoemos as perseguições na história e na colonização. Perdoemos a inquisição, a colonização de negros e indígenas. A Igreja é santa por causa de Jesus, seu fundador! A Igreja é pecadora em Pedro, em Paulo, santos mártires da Igreja Primitiva. A Igreja é pecadora por causa de mim e de você. Não é uma Igreja de anjos, porque Jesus não veio salvar anjos, mas ser o médico de almas e de pessoas como eu e você. A Igreja é povo de Deus em três dimensões comunicáveis: triunfante nos mártires e santos, santas e virgens, militante como nós na história, padecente no purgatório como misericórdia justa de Deus para todo pecador! Oremos pelo povo de Deus como o fez Paulo VI (1968): “Cremos na Igreja una, santa, católica e apostólica, edificada por Jesus Cristo sobre a pedra que é Pedro. Ela é o Corpo Místico de Cristo, sociedade visível, comunidade espiritual. Igreja terrestre. A Igreja é a herdeira das promessas divinas e filha de Abraão segundo o Espírito, por meio daquele povo de Israel, cujos livros sagrados guarda com amor. E crendo, por outra parte, na ação do Espírito Santo que suscita em todos os discípulos de Cristo o desejo desta unidade, esperamos que os cristãos que ainda não gozam da plena comunhão com a única Igreja, se unam afinal num só rebanho sob um único Pastor. Cremos que a Igreja é necessária para a Salvação, pois só Cristo é o Mediador e caminho da salvação.Cremos que o Pão e o Vinho consagrados pelo sacerdote se convertem no Corpo e Sangue de Cristo que assiste gloriosamente no céu. Cremos ainda que a misteriosa presença do Senhor, debaixo daquelas espécies que continuam aparecendo aos nossos sentidos do mesmo modo que antes, é uma presença verdadeira, real e substancial. ...Independentemente do nosso espírito, o pão e o vinho deixaram de existir depois da consagração, de sorte que o Corpo adorável e o Sangue do Senhor Jesus estão na verdade diante de nós, debaixo das espécies sacramentais do pão e do vinho(31), conforme o mesmo Senhor quis, para se dar a nós em alimento e para nos associar pela unidade do seu Corpo Místico(32).”
CREDO DO POVO DE DEUS - 30 de junho de 1968, Papa Paulo VI.
http://www.vatican.va/holy_father/paul_vi/motu_proprio/documents/hf_p-vi_motu-proprio_19680630_credo_po.html e http://www.deciomedeiros.com.br/teologia/profissaodefedopapapaulovi.html

Para refletir: você locou sua vida em Jesus e acredita que Jesus cuida de você? Ele é a rocha na qual sua vida com obra de Deus deve estar firme!
J B Pereira e J B PEREIRA e outros sites como https://www.bibliaonline.com.br/acf/ex/3
Enviado por J B Pereira em 04/07/2014
Reeditado em 08/07/2014
Código do texto: T4870070
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2301 textos (1289608 leituras)
14 e-livros (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/19 01:47)
J B Pereira