Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Aedo poético

Ser cantor sem clichê,
no talento esquecido em vão,
sem saber o porque!

Ser poeta sem trivialidade,
na imortalidade das rosas
que embelezam em vão!

Ser um trovador que passa pelo mundo cheio de dor!

Ser um aedo impedido de amar como quer!
TCintra
Enviado por TCintra em 14/05/2021
Código do texto: T7255449
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
TCintra
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 58 anos
524 textos (7828 leituras)
1 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/21 13:49)
TCintra