Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

carvão






o poema não tem pressa
ilhas    lembranças   montanha
onde havia varandas

onde florescia a distância
onde a estrela desabrochava
o poema pousa e espera

a palavra escura sofre mas se torna

em futuro diamante o claro silêncio









Francisco Zebral
Enviado por Francisco Zebral em 02/08/2020
Reeditado em 02/08/2020
Código do texto: T7023779
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Francisco Zebral
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
7795 textos (452713 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 15:49)
Francisco Zebral