Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O HOMEM DAS SETE CHAVES

«Em honra de São Pedro 2020»

Sto. António não ligou nenhuma,
O São João fez orelhas moucas,
Resta agora o São Pedro, em suma,
Com as suas tarefas loucas…

Há sempre alguém que não tem medo
Mesmo qu´ esteja em confinação,
Esse, alguém, chama-se São Pedro
Que tem sete chaves na mão.

“Eu dar-te-ei a Chave do Reino”,
Disse-te Ele, sem nenhum segredo,
Não te exigindo nenhum treino,
Ou não fosses tu o Simão Pedro.

Tu, aproveitando a ocasião,
Não te ficaste por medida,
“Quero sete chaves para a mão
Porque bem difícil está a vida”.

“O Reino não tem sete portas,
Toma mais duas e já te chega…
Dá para entrar nas horas mortas
Mesmo depois duma cegarrega!”

“Eu preciso das sete chaves,
Para usar durante a semana,
E eu, sabendo que Tu o sabes,
Tua incumbência não me engana!”

“Sim, anda tudo tresmalhado
Já quase nada tem concerto:
O pobre mundo está confinado,
Só com sete chaves é que dá certo!”

“Pedro, foi o nome que me deste,
Embora eu achasse fantasia,
De pedra angular, Tu me fizeste
Para resolver esta pandemia…”.

“E eu aceitei o Teu desafio
Coloco apenas esta condição:
Quero, e não acho desvario,
Sete chaves na minha mão!”

“Toma lá, para a segunda, esta”…
“E dá cá outra para a terça,
Para a quarta, a quinta e a sexta…
(Sábado e domingo, descanso a cabeça!”).

“Ah, queres, ao fim-de-semana, relaxar!”...
“Estou farto de estar confinado
Neste medonho Céu d´ espantar
E a sete chaves bem fechado!”

“Ó, não queres chaves. Queres chavões?!”
“Quero, pois, para resolver este impasse:
Uma delas tem que ser a dos milhões
E, já agora, sem máscaras nem disfarce!”

“Toma lá, Pedro, mais esta gracinha:
Para as Chaves, estes sete chaveiros
Para fazeres uma boa figurinha
Diante dos teus belos parceiros…”

O bom do Pedro fez chegar a notícia
Ao amigo Paulo, de longa data,
Fazendo-lhe ver toda a delícia
Que lhe dava esta Concordata.

Paulo de Tarso, co´ a sabedoria
Da sua alta pregação,
Pode ser uma mordomia
E uma excelente solução…

E assim o nosso Homem conseguiu
Sacar do bom Deus, as Sete Chaves:
Tomou-as, caminhou e sorriu,
Pra resolver, cá, assuntos graves.

O pior deles, com certeza, é o Covid
Que parece não querer sair.
Vamos ver se São Pedro decide
Para que possamos em breve sorrir!

«Meu Santo, meu Santo adorado,
Das tuas Chaves, dá-me a sagrada
Que cure este mal amaldiçoado
E deixe a minha alma resgatada!»


Frassino Machado
In ODIRONIAS
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 28/06/2020
Código do texto: T6990346
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
2403 textos (58019 leituras)
20 áudios (1111 audições)
2 e-livros (35 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 18:37)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor