Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUIXOTISMO E QUIXOTISMOS

“Mais Covide menos Covide” (*)

Nada se ganha a persistir nos mesmos erros
Quando os destinatários disso fazem de conta,
Porque a própria coisa lhes é de pouca monta
Nem que a batalha a travar seja feita aos berros…

Mais covide, menos covide, parece coisa tonta
Que envolve os viandeiros nestes vis desterros
E p´ los quais se prevê procela a sete ferros
Já que a aurora da confiança não desponta…

Ao quixotismo tenaz de quem se acha ao leme,
Respondem quixotismos com díspares caminhos
Esquecendo qu´ águas paradas não movem moinhos,
E ficando na triste memória o vento que geme.

Uns seguem convencidos p´ la “melhor razão”
Outros vão assobiando, fazendo ouvidos moucos…
É batalha perdida, é batalha de loucos
E, acima de tudo, é uma “batalha de ilusão”.

Ó viandeiro cidadão, quando chegará a cura?
Quem ousa implementar um exemplo confiante?
Quem pára, escuta, olha e pensa num instante
A arma mais profícua, pra esta conjuntura?

Nesta Mensagem, qu´ é para todas as idades –
Quixote ou Sancho, conforme for o seu desenho,
Mesmo mudando de Rocinante pra Clavilenho –
Ficarão sempre em xeque todas as liberdades!

E não se diga já se há Covide ou não:
Em caso de dúvida mude-se o habitual tribuno,
Nem que haja precisão de pôr lá Malambruno…
Pois, onde ninguém s´ entende aí não há razão!


Frassino Machado
In ODIRONIAS

(*) – Regresso ao Confinamento?
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 25/06/2020
Reeditado em 25/06/2020
Código do texto: T6987620
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
2403 textos (58019 leituras)
20 áudios (1111 audições)
2 e-livros (35 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 19:02)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor