Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Muito papo e cerveja

Casei e me separei...
Nunca quis ter filhos...
Apareceram umas apaixonadas
que insistiram: dispensei todas...

Falo comigo o tempo todo
e mando para a pqp quem toca a campainha...
Eu sei lá...Talvez eu tenha algum desvio...
Eu sou muito na minha,
sempre comigo mesmo, saio pouco
e nem sei o que é namorar direito.
Conheci uma mulher linda, éramos parceiros...
Faziamos tudo juntos:
namorar, passear, orar, menos morar...
Foram nove anos... Como era bom!
Eu era feliz... Ela feliz...
Eu não gosto de pegação gratuita!
Ficar comigo, já viu, é complicado!
Gosto de muito papo e muita cerveja.
Vou por partes, como Jack,
construindo  pontes emocionais...
Se eu quero e ela quer, mandamos brasa...
Mas, em verdade, nem sei bem
o que são pontes emocionais...
Não tenho problema em sair com elas,
mas para me relacionar
preciso de papo para  me conectar...

Sou feio de  dar dó...
Mas sempre atraca no meu porto
uma mulherada bonita e inteligente,
que eu nem acredito.
E sabe por que? Elas são doidas por um papo...
E eu atraio as bonitas e inteligentes...
Feio na minha cama somente eu... kkk

Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 05/02/2020
Reeditado em 05/02/2020
Código do texto: T6858909
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1695 textos (44649 leituras)
148 áudios (1598 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/04/21 10:21)
Eligio Moura