Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"TABERNA"


“TABERNA”

“Maledicentes, inconsequentes, leio assim os comentários
Feitos em alto e bom som, mesmo de trás pra frente
Sentado à mesa numa adega aqui em Olivares
Já bebi tanto vinho que até me esqueço
Quem são realmente os meus pares

Vestido de camisa branca de linho e grossas perneiras
Botas de cano alto tão lustradas
Que até ofuscam os olhos
De qualquer dama faceira...

Não ligo para tais comentários
Pois eles não passam de vis ‘homenagens’
À minha má criação...

E para quem finalmente quiseres comigo beber
Vou logo dizendo, deixe os bons modos de lado
E me despeço dos meus amigos e queridos irmãos
Com um até breve e até mais ver...!”

*Taberna*
By Julio Cesar Mauro
19/09/2019
Julio Cesar Mauro
Enviado por Julio Cesar Mauro em 19/09/2019
Código do texto: T6748812
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Cesar Mauro
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 59 anos
56 textos (516 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/19 01:20)
Julio Cesar Mauro