Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"GLOBAL"


“GLOBAL”

“As minhas beldades se foram
Se mudaram – para o istmo do Panamá
E eu, que cresci menino pobre de pés descalços
Quando ainda não havia o que fazer, a não ser colher café, numa fazenda, lá nos cafundós do Paraná
Me vi, meio tosco, desempregado, logo eu, um ator metido à Romeu
Que só quem conhece é quem compra, todas as minhas façanhas ladinas

Deixo então aqui, o meu leniente protesto
Pois quero rever as amigas, coisa melhor não há...
Essas minhas beldades de fazerem inveja ao mais rico sheik ou sultão
Se foram, se mudaram, dizem, para não ter mais confusão
Estão desde ontem, no canal que não é o global, mas aquele que divide a Terra ao meio
Pra baixo, homens pobres, inconsequentes
Pra cima, ricaços impertinentes, lá para as bandas do Panamá!”

*Global*
By Julio Cesar Mauro
19/09/2019



Julio Cesar Mauro
Enviado por Julio Cesar Mauro em 19/09/2019
Código do texto: T6748800
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Cesar Mauro
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 59 anos
59 textos (544 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 13:20)
Julio Cesar Mauro