Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O goleiro duro na queda

O Ceres Futebol Clube de São Gonçalo-PB disputava uma partida de futebol duríssima contra um time de Sousa em São Gonçalo, em meados da década de 1980. Não havia arquibancadas, nem alambrado que pudesse separar os torcedores do gramado. O estádio estava lotado, a torcida do Ceres bastante agitada e concentrada no jogo. Em determinado momento, por volta de 25 minutos do primeiro tempo, jogo 0 X 0, entra em cena o apaixonado torcedor do Ceres, Cisso, que havia tomado umas doses a mais da “branquinha”. Sentindo que o Ceres precisava de uma ajudazinha, em um ataque do time, sem que ninguém percebesse, Cisso adentrou em campo por trás da trave adversária, desferiu uma gravata no goleiro e aplicou-lhe uma queda espetacular, levando à torcida ao delírio. O lance ocasionou gol para o Ceres, mas foi devidamente anulado pelo árbitro, pois o goleiro se encontrava esparramado pelo chão. A diretoria do Ceres socorreu o goleiro e retirou Cisso do local. Partida reiniciada, placar insistente em 0 X 0. Aos 40 minutos, quando ninguém mais esperava, eis que Cisso aparece novamente, da mesma forma, pega novamente o goleiro por trás, puxa-o pelo pescoço e joga-o ao chão. Novo delírio da galera e mais um gol do Ceres anulado. Novamente a Diretoria do Ceres socorre o goleiro e retira Cisso, desta vez conduzindo-o para a sua residência, longe do campo.
No segundo tempo, por via das dúvidas, o goleiro achou por bem não arriscar mais. Passou quase todo o período fora da grande área e de costas para o jogo, olhando para a linha de fundo, na expectativa de que Cisso aparecesse mais uma vez.
Josemar Alves Soares
Enviado por Josemar Alves Soares em 13/08/2017
Reeditado em 14/08/2017
Código do texto: T6082534
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Josemar Alves Soares
Sousa - Paraíba - Brasil, 48 anos
39 textos (741 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 06:17)