Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO SEU ANIVERSÁRIO

Felicidades uma ova.

Ariano, você é metido a honesto, sincero e se acha um líder natural. O problema é que você faz tudo ao contrário e não consegue influenciar ninguém. Você gosta de chegar a um determinado lugar e "botar pra quebrar". Isso faz de você um ignorante completo. Na verdade, você arruma confusão em todo lugar que passa, simplesmente porque você quer fazer as coisas do seu jeito, nem que seja na base da porrada. O que você quer mesmo é poder. Você quer chegar ao poder nem que tenha que f... todos em sua volta. A sorte dos outros signos do zodíaco é que você nunca consegue chegar ao poder. Falta inteligência.
(Signo maldito)



"Uma das piores partes da vida é comemorar o aniversário depois dos 20 anos. Quando criança, tudo se resume a docinhos, bolo de chocolate e balões. Depois de adulto você torce para contar os anos de trás para frente. O que você ganha em aniversário de gente grande? Nada. Ou melhor, "meus parabéns, feliz aniversário, tudo de bom, felicidades..." e tudo isso nas redes sociais. Ninguém faz questão de ir a sua casa te dar um abraço. Quer saber? Por que as pessoas não depositam 1 milhão na sua conta? Ou te presenteiam com um perfume da Chanel, bolsas da Louis Vitton, uma Ferrari, uma passagem para Las Vegas com tudo pago? Não. Tudo se resume a 'felicitações'. Me desculpa, mas pegue suas palavras copiadas e as engulam."
Angel acordou possessa na manhã do dia 16 de abril, perto dos 30,  ao ver muitos recados no facebook e chamadas perdidas no iphone. Ela parou de contabilizar a idade depois que completou 21 anos. Nunca fez questão de se lembrar deste dia. Se pudesse, faria com que virasse feriado só para ela não ter de encarar a mesmice a cada ano, pessoas apáticas desejando o indesejável.
A última recordação boa que ela teve de festa de aniversário foi aos 10 anos. Vestida de branco, sapatinho de boneca e laços vermelhos nos cabelos. Todos os amiguinhos da vizinhança estavam presentes. Todos amiguinhos que ela amava. Depois disso, a cada ano, sua mãe a traumatizava com festas surpresas com pessoas que ela odiava como convidados. Foi ai, que ela adotou para si inconscientemente esse ódio pelo seu aniversário. "Comemorar mais um dia de velhice, falta de saúde, corpo sentindo a força da gravidade e inúmeros problemas de uma vida adulta não é nada feliz".
Juntando esses pensamentos pessimistas e a genética danificada, Angel começou a assombrar as pessoas durante a semana que precedia seu aniversário. O primeiro ataque foi aos 22 anos. Faltando três dias para a data, ela começou a ter insônias e sua agitação aumentou. Uma descarga de adrenalina a fez quebrar os vidros do carro de um dos convidados desagradável da tal festa surpresa de anos atrás. Ela nunca se sentiu tão bem em toda sua vida. No dia seguinte, resolveu escrever uma carta anônima para a mãe de sua ex-melhor amiga do passado, revelando todos os podres que ela teve de acobertar só para se manter no meio das meninas populares do grupo. Sempre levando a culpa das coisas erradas que as colegas faziam, essa vingança estava apenas começando. Samantha já estava casada, e morava no mesmo prédio que sua mãe, e quando a Sra Gomez recebeu a carta e foi lendo aquilo, a casa caiu. Mal sabia Samantha o que estava por vir. Aquela carta era só o começo.
No ano seguinte, Angel conseguiu juntar algumas fotografias que a mesma tirou do esposo de Samantha a traindo com a colega de igreja, no mesmo vinga-presente, ela conseguiu vídeos de Thiago em boates gays, outro colega desagradável do passado, e fez questão de mandar para o padre de sua Paróquia. As fofocas no bairro corriam a solta, e ninguém conseguia imaginar quem estava por trás de maquiavélicas lembranças. Enquanto isso, as mães dos filhos "moralmente" prejudicados, se reuniram para tentar desvendar o mistério.
- São lembranças do passado. Alguém do mesmo circulo de amizade de nossos filhos está fazendo isso. Quem pode ser? Perguntou Dalva Gomez.
- Isso é culpa nossa. Sempre acobertamos nossos filhos demais sobre as injustiças que eles faziam quando adolescentes, agora alguém está querendo nos cobrar isso. Será que o padre já sabe? Perguntou Marileia.
- Se ele soubesse, já teria ligado para nós. Mas não podemos ficar sentadas e esperar isso acontecer. Retrucou Simone.
Na manhã de seu aniversário atual, Angel resolveu faltar o trabalho para articular o massacre do ano. Mas neste mesmo momento, resolvi acabar com esta história ridícula.
A mensagem principal é: não deseje parabéns, presenteie com um carro. Vocês me irritam!
Gabriella Gilmore
Enviado por Gabriella Gilmore em 16/04/2014
Código do texto: T4771030
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gabriella Gilmore
Governador Valadares - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
448 textos (55395 leituras)
16 áudios (1274 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 19:25)
Gabriella Gilmore