Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"UM TIO CHAMADO GERALDO LACERDA DE OLIVEIRA - GEREBA"

“UM TIO CHAMADO GERALDO LACERDA DE OLIVEIRA “JEREBA”

TUDO COMEÇOU NUMA BELA CIDADE HISTÓRICA DO INTERIOR DE MINAS GERAIS, QUEM A CONHECE NÃO ESQUECE JAMAIS, VIRA DIAMANTINENSE DE CORAÇÃO, ENCANTADO PELA BELEZAS DE SEUS CASARÕES, SUAS VIELAS TORTAS COMO NAS RUAS DO MACAU DE BAIXO, DO MACAU DE CIMA, NA CAPISTRANA, NA PRAÇA DO MERCADO, NA PRAÇA DA CADEDRAL, A RUA SÃO FRANCISCO, CAVALHADA E BURGALHAU, SEUS CALÇAMENTOS DE PEDRAS IRREGULARES DE INIGUALÁVEIS E RARAS BELEZAS, SUAS IGREJAS TODAS MARAVILHOSAS CADA UMA COM SUAS HISTÓRIAS E LENDAS, SUA TOPOGRAFIA DIFERENCIADA, A IMPONÊNCIA DE SUAS FORMAÇÕES ROCHOSAS DO MORRO DO CRUZEIRO, E DOS SEUS MORROS QUE REFERENCIAM A BELEZA E MAJESTADE DO PICO DO ITAMBÉ, E MUITO OUTROS LUGARES BELOS COM SUAS HISTÓRIAS, QUE TENHO CERTEZA VISITADOS POR TODOS OS SEUS IRMÃOS, NOSSOS PAIS.
TIO GERALDO E SEUS IRMÃOS MOACYR, TIO OLEMAR, TIO ELOY, TIO DIVALDO E A PRINCESINHA DO GRUPO TIA SINHÁ, ERAM COMO OS TRÊS MOSQUETEIROS, UM POR TODOS E TODOS POR UM, ERA A MARCA DÊLES.
TIO GERALDO UMA UM HOMEM FELIZ, AMIGO LEAL, SOLIDÁRIO, HUMILDE, UM BOM PAI SEMPRE CARINHOSO COM SUA ESPOSA E SEUS FILHOS COMO OS AMAVA E PRINCIPALMENTE COM SEUS SOBRINHOS, ERA QUERIDO POR TODOS QUE COM ELE CONVIVEU, UM GRANDE HOMEM UMA QUERIDA PESSOA, INESQUECÍVEL, SEMPRE AMADO E QUERIDO POR TODOS.
MESMOS NAS ADVERSIDADES DA VIDA SEMPRE TEVE SEU MOMENTO DE EQUILIBRIO, SUA ALEGRIA ERA SUA MARCA REGISTRADA, ACEITAVA TUDO, MAS NUNCA PERDEU SUA DIGNIDADE E SEU SONHO QUE AMAVA MUITO O DE SER “GARIMPEIRO”, ERA A RAZÃO DE SUA VIDA, COMO LUTOU COM UMA TENACIDADE INQUEBRANTÁVEL PELOS GARIMPOS QUE MEXEU E ACREDITAVA, ESTA TENACIDADE É A MARCA TAMBÉM DOS SEUS IRMÃOS OS LACERDA DE OLIVEIRA.
ERA E SEMPRE FOI UM HOMEM FELIZ, QUEM O CONHECIA FICAVA CATIVADO, A ALEGRIA SEMPRE FOI SUA MARCA, SEU FORTE, SEUS CASOS, SUAS BRINCADEIRAS E TROTES, MUITOS INFELIZMENTE SUMIRAM, PERDERAM E PERDERÃO PELOS TEMPOS, POR ISSO TENTAMOS AINDA QUE COM DIFICULDADES, PRESERVAR ALGUNS DESTES MOMENTOS.
SÃO TANTOS MOMENTOS, TANTOS CASOS, TANTOS TROTES, TANTAS BRINCADEIRAS QUE NÓS NÃO IMAGINAMOS O QUE PERDEMOS DESTE MOMENTOS MÁGICOS, O TEMPO É TERRÍVEL VAI APAGANDO, DELETANDO OS BELOS E MUITOS MEMORÁVEIS MOMENTOS DE NOSSAS VIDAS.
AS BRINCADEIRAS, OS CASOS, OS CAUSOS E PRINCIPALMENTE OS TROTES QUE ELE APRONTAVA COM TODOS, NÃO RESPEITAVA NINGUEM NEM AS IDADES, PODIAM TER CERTEZA QUE EM ALGUM MOMENTO ELE APRONTAVA ALGUMA COISA COM ALGUÉM, QUE FICAVA MARCADO SEMPRE NA VIDA DE QUEM ELE APRONTAVA, MUITOS CHEGARAM AO CUMULO DA IRREPONSABILIDADE, ISTO ERA COISAS DÊLE, ERA UMA LENDA, ERA GERALDO LACERDA DE OLIVEIRA.
 GOSTÁVA MUITO DE FAZER SUA FAMOSA “TOMATADA” DELICIOSA, QUE TODOS ADORAVAM, UM MINGAU DOCE DE FUBÁ COM PEDAÇOS GRANDE DE QUEIJO DO SERRO, QUE DERRETIA NO MINGAU ERA UMA DELICIA, INESQUECÍVEIS.
SEUS CASOS, SUAS HISTÓRIA E SEUS TROTES;

1º CASO
TROTE COM A VOVÓ GERMANA.
SEI DE ALGUNS CASOS QUE PAPAI CONTAVA COMO O DO      TELEFONEMA PARA A VOVÓ GERMANA DIZENDO QUE ERA DA TELEFÔNICA E QUE PRECIVAVA FAZER UM TESTE NO TELEFONE, SE ELA PODERIA RESPONDER AS PERGUNTAS:
POSSO SIM.
A SENHORA ESTÁ ME ESCUTANDO:
ESTOU SIM.
PODE DAR DOIS PASSOS PARA TRÁZ, JÁ DEI.
PODE DAR TRÊS PASSOS PARA A DIREITA, JÁ DEI.
PODE DAR TRÊS PASSOS PARA A ESQUERDA, JÁ DEI.
PODE DAR UM PULINHO, JÁ DEI.
A SENHORA PODE DAR UMA RODADINHA, JÁ DEI.
PODE IR NA COZINHA IR VER SE O ARROZ ESTÁ PRONTO, DEIXOU
           O TELEFONE E FOI NA COZINHA E VOLTOU BRAVA FALANDO,
           MOÇO NÃO ESTOU FAZENDO ARROZ E DESLIGOU O TELEFONE.
2º - CASO
TROTE COM O TIO NINICO E JUSCELINO:
TIO GERALDO PEGA O TELEFONE E LIGA PARA O TIO NINICO, IMITANDO A VOZ DE JUSCELINO KUBSTICHEK DE OLIVEIRA NOSSO PRIMO, QUANDO ERA GOVERNADOR DE MINAS GERAIS, DIZENDO COM A VOZ EM TOM DE DESESPERO PARA O TIO NINICO:
             NINICO, É O JUSCELINO, PRECISO MUITO DE SUA AJUDA, ESTOU PRECISANDO DA AJUDA DOS AMIGOS, E PARENTES, O PALÁCIO DA LIBERDADE ESTÁ TOTALMENTE CERCADO, SITIADO, AS FORÇAS CONTRARIAS COMO A UDN – UNIÃO DEMOCRÁTICA NACIONAL ESTAO QUERENDO APRONTAR COMIGO. TIO NINICO DESLIGOU O TELEFONE E FOI NO AMIGO DELE O TELEGRAFO E EXPLICOU TUDO PARA ÊLE QUE ESTAVA ACONTECENDO, O TELEGRAFO DIZIA NINICO NÃO É POSSÍVEL NÃO EXISTE NADA, COMUNICAÇÃO NENHUMA, ELE RETRUCAVA O NÔNO NÃO ME TELEFONARIA PARA FALAR ISTO SEM NÃO ESTIVESSE DE FATO ACONTECENDO. TEM ALGUMA COISA O NONO ME CONVOCOU IMEDIATAMENTE PRECISO IR PARA BELO HORIZONTE, PEGOU O TREM E FOI PARA BELO HORIZONTE. CHEGANDO NO PALÁCIO DA LIBERDADE TUDO ESTAVA TRANQUILO E CALMO, ELA JÁ CHEGA PERGUNTANDO PELO JUSCELINO QUEDÊ O NÔNO, O PESSOAL DA SEGURANÇA DO PALÁCIO, JÁ O CONHECIAM MUITO BEM, ESTÁ TUDO LEGAL SEU NINICO, ESTÁ TRANQUILO. AÍ APARECE O JUSCELINO DE PIJAMA O QUE FOI QUE ACONTECEU NINICO, O QUE ESTÁ FAZENDO, AQUI UMA HORA DESTA NO PALÁCIO, ACONTECEU ALGUMA COISA? NÔNO, RECEBI UM TELEFONEMA SEU DIZENDO QUE O PALÁCIO ESTAVA CERCADO, SITIADO PEDINDO AJUDA DOS AMIGOS E PARENTES, POR ISTO ESTOU AQUI. JUSCELINO DISSE RINDO, NINICO, NINICO DO CÉU, AQUI ESTÁ TUDO NORMAL E CALMO, E VOCE AINDA NÃO ENTENDEU, NINICO, QUE ISTO É COISA DO GERALDO LACERDA.
 ESTA É UMA DAS LENDAS DO TIO GERALDO, DAÍ PARA FRENTE NÃO SABEMOS O QUE ACONTECEU, MAS DIZEM QUE O TIO NINICO QUANDO FALAVAM SOBRE ESTE ASSUNTO, ELE BATIA NO PEITO SEM DAR O BRAÇO PARA TORCER DIZENDO E AFIRMANDO, “É E EU NÃO CONHEÇO A VOZ DO NÔNO! ”.
3º CASO
DO PORTUGUÊS COMENDO AMENDOIM TORRADO.
 OUTRO CASO QUE O PAPAI CONTAVA MUITO E A GENTE DAVA BOAS RISADAS, ERA O CASO DO PORTUGUÊS AMIGO DO TIO GERALDO, QUE JOGAVAM BARALHO COM OS AMIGOS NO CLUBE ACAIACA, QUANDO ESTAVAM JOGANDO O PORTUGUÊS FICAVA COMENDO AMENDOIM E FICAVA CUSPINDO A CASCA NO TIO GERALDO E ÊLE FICAVA PUTO DA VIDA. E UM DIA DISSE PARA A TURMA DO BARALHO, EU VOU ACABAR COM ISTO, E TODOS PERGUNTARAM COMO ELE IA FAZER ISTO, DISSE ESPEREM E VERÃO. ENTÃO FOI NUM PASTO ONDE UM CONHECIDO DÊLE CRIAVA CABRITO, E PECOU UM MONTE DE CÔCO DE CABRITO, ENCHEU UM SAGUINHO E VOLTOU PARA O CLUBE E DERRAMOU TUDO NO BOLSO DO PALETÓ DO PORTUGUÊS. ENTÃO O PORTUGUÊS COMEÇOU A COMER O AMENDOIM, E FOI O DIA INTEIRO JOGANDO E COMENDO CÔCO DE CABRITO, DIZENDO E CUSPINDO TÁ XOCO, TÁ XOCO, TÁ XOCO, A TURMA ENTENDEU O QUE ESTAVA ACONTECENDO E RIRAM MUITO, E GOZARAM MUITO  O PORTUGUÊS QUE NUNCA MAIS JOGOU COM A TURMA COMENDO AMENDOIM, SÃO COISAS DO TIO GERALDO.
4º CASO
O CASO DA DINAMITE NO CLUBE ACAIACA.
ÊSTE TAMBÉM É OUTRO CASO QUE PAPAI CONTAVA MUITO PARÁ A GENTE, FOI O CASO DA DINAMITE NO CLUBE ACAIACA, NO QUARTINHO QUE ÊLES JOGAVAM QUE NÃO TINHA MAIS QUE NOVE OU DEZ METROS QUADRADO, UMA ÚNICA PORTA ESTREITA E UMA JANELA NO ALTO UNS DOIS METROS DE ALTURA, ERA SÓ A MESA REDONDA E AS CADEIRAS DOS JOGADORES, UMA VEZ ENTREI COM O CRISTIANO LÁ. O QUE O TIO GERALDO FEZ COMBINOU COM UM AMIGO DÊLE PARA ESPALHAR PARA OS AMIGOS QUE TINHA ENCONTRADO COM O TIO GERALDO QUE ESTAVA TODO SUJO, DESPENTEADO, BÊBADO, DESESPERADO QUE TINHA PERDIDO TUDO, QUE ESTAVA ARMADO ATÉ FALANDO EM SUICÍDIO, OS AMIGOS FICARAM DESESPERADOS, OUTROS FALAVAM COITADO DO GERALDO, OUTROS NÃO PODEMOS DEIXAR O GERALDO FAZER ISTO, DE JEITO NENHUM, TEMOS QUE FAZER ALGUMA COISA. DEREPENTE CHEGA O TIO GERALDO, COM OS CABELOS TODO ATRAPALHADO, CARA DE DESESPERADO, COM UMA BANANA DE DINAMITE NA MÃO, DIZENDO MINHA VIDA ACABOU HOJE, EU VOU MORRER COM OS MEUS MELHORES AMIGO. ENTÃO ACENDEU O PÁVIO DA BANANA DE DINAMITE E FICOU SEGURANDO A BANANA E SEM DEIXAR NINGUÉM SAIR DO QUARTINHO, JOGOU A BANANA DE DINAMITE NA MESA E FECHOU A PORTA NÃO DEIXANDO NINGUÉM SAIR, PAPAI CONTAVA QUE FOI UMA LOUCURA, TINHA UM JUIZ DE DIREITO BAIXINHO ELE USAVA SUSPENSÓRIO E QUANDO ESTAVAM JOGANDO DESCEU O SUSPENSÓRIO E NA HORA DA BOMBA A CALÇA CAIU E ELE DESESPERADO TENTAVA ANDAR E ESCALAR A PAREDE ONDE TINHA A JANELA E NÃO CONSEGUIA E GRITANDO SOCORRO E FICAVA ESCORREGANDO APAGA ISTO GERALDO PELO AMOR DE DEUS, APAGA GERALDO, OUTRO AMIGO FICOU COM A CARA NO CANTO DA PAREDE E SÓ GRITAVA, ELE ESTÁ LOUCO, ESTA LOUCO SOCORRO GENTE, OUTRO ESCONDEU DEBAIXO DA MESA, FOI UM DESESPERO SÓ E UMA LOUCURA, AI ELE SAIU CORRENDO, E SUMIU POR MUITO TEMPO A TURMA QUERIA ATÉ MATAR E BATER MUITO NÊLE. ESTE CASO FICOU FAMOSO EM DIAMANTINA.
5º CASO
 EU NA CASA DO TIO GERALDO E TIA ARMINDA.
QUANDO MAMÃE FALECEU TIO GERALDO ME LEVOU PARA DIAMANTINA, ONE FIQUEI UM MÊS COM MEUS PRIMOS FERNANDO, LUCIELENA, ÂNGELA MARIA, MARIA ÂNGELA E CRISTIANO, FOI MARAVILHOSO, INESQUECÍVEL, A CASA ERA MUITO GRANDE ANTIGA E BONITA, TINHA UM PÉ DIREITO MUITO ALTO, ERA CHEIO DE QUARTOS, CONFESSO QUE TINHA ALGUNS LUGARES QUE DAVA MEDO, SABIA QUE TERIA QUE ACOSTUMAR, MAS COMO SEMPRE ÊLE TINHA QUE APRONTAR E APRONTOU COMIGO, COMEÇOU A CONTAR UM CASO DE UMA MOÇA E ME MOSTROU A ÁRVORE QUE ELA TINHA SUICIDADO SE ENFORCANDO E QUE ELA SEMPRE A NOITE ELE APARECIA NA JANELA, AQUILO JÁ ME APAVOROU, QUE NA CASA TINHA ENORMES MORCEGOS, PRINCIPALMENTE NO BANHEIRO, LEMBRO PERFEITAMENTE A TIA ARMINDA E LUCIELENA FICAVAM DESMENTINDO O TIO GERALDO QUE FICAVA RINDO. NO PRIMEIRO DIA NUNCA TOMEI UM BANHO TÃO RÁPIDO NA MINHA VIDA, ACHO QUE NEM MOLHEI, FOI ENTRAR E SAIR ATÉ O TIO ASSUSTOU, SÓ DEU TEMPO PARA MOLHAR O CABELO. E A NOITE PARA IR NO BANHEIRO OU IR NA COZINHA TOMAR AGUA, OLHAVA AQUELE CORREDOR ENORME E CORAGEM PARA IR LÁ, MUITAS VEZES ACORDEI O CRISTIANO PARA IR COMIGO, DEPOIS FUI ACOSTUMANDO E TUDO DEU CERTO. ELE ERA TERRÍVEL QUANDO COMECAVA A CONTAR AS HISTÓRIAS DE FANTASMAS E ASSOBRAÇÕES, TINHA UM JEITO ESPECIAL.
6º CASO
DO DEFUNTO E DA ASSOMBRAÇÃO.
TEM O CASO QUE O TIO GERALDO FEZ COM O FERNANDO SEU FILHO. QUE TINHA MUITO MEDO DE DEFUNTO E ASSOMBRAÇÃO, SEMPRE QUE FERNANDO CHEGAVA A NOITE EM CASA ESTAVA TUDO ESCURO E ELE IA FAZENDO BARULHO PARA ACORDAR TODO MUNDO, ENTÃO TIO GERALDO VOU ACABAR COM ISTO ELE VAI VER SÓ, ANTIGAMENTE AS LAMPADAS ERAM ACENDIDAS NA BOQUILHA DAS LÂMPADAS QUE FICAVAM PENDURADAS NO MEIO DOS QUARTOS MAIS OU MENOS NA ALTURA DAS PESSOAS. TIO GERALDO ENTÃO FICOU ESPERANDO O FERNANDO CHEGAR DA RUA ISTO JÁ ERA MAIS DE DUAS HORAS DA MADRUGADA, CHEGA O FERNANDO CANTANDO E FAZENDO A BARULHEIRA DE SEMPRE, TIO GERALDO JÁ ESTAVA PRONTO ESPERANDO O FERNANDO COM UMA CAPA DE BOIADEIRO UM CHAPELÃO NA CABEÇA DEBAIXO DA LÂMPADA, O FERNANDO FOI ACENDER A LUZ E FOI APALPANDO A CABEÇA E O CHAPELÃO, DEU UM BERRO DE UMA ALTURA QUE ASSUSTOU TODO MUNDO ATÉ A VIZINHANÇA E DESMAIOU, FOI AQUELA CORRERIA NA CASA E O TIO GERALDO FICOU DESORIENTADO RENTANDO ACORDAR O FERNANDO, DEPOIS TUDO DEU CERTO E TODOS FORAM DORMIR. NÃO SEI MAS ACHO QUE O FERNANDO DEU UMA MELHORADINHA DE TER MEDO DE DEFUNTO.
7º CASO
O CASTIGO, TODOS ELES VESTIDOS DE MULHER.
O VOVÕ ELIAS, ERA MUITO SEVERO E BRAVO, TODOS TINHAM MUITO MÊDO DÊLE, ÊLE VIAJAVA MUITO, FICAVA FORA DE CASA POR SEIS MESES OU MAIS A NOSSA BISAVÓ ERA MUITO BRAVA E NENHUM DOS FILHOS DO VOVÔ ELIAS E VOVÓ GERMANA GOSTAVAM DELA, QUANDO ELE CHEGAVA ELA CONTAVA TUDO QUE OS MENINOS FIZERAM DE ERRADO E UM DOS CASTIGOS QUE O VOVÔAPLICAVA NELES É QUE VESTIAM TODOS COM ROUÁS DE MULHER E SEM CALÇA, ERA UMA LOUCURA E OS VESTIDOS ERAM CURTOS QUALQUER MOVIMENTO QUE FIZESSEM APARECIA A BUNDA ERA UMA LOUCURA PARA A TURMA ESCONDER DOS AMIGOS E AMIGAS.
8º CASO
O CARRO VERDE COM A TIA SINHÁ.
LIGAVA PARA A TIA SINHÁ, IMITANDO OUTRA VOZ E PERGUNTAVA PARA ELA SE PODIA IR LÁ FORA OLHAR SE TINHA UM CARRO VERDE NA PORTA, ELA IA LÁ E FALAVA “MOÇO” NÃO TEM NÃO, INSISTIA OLHA DINOVO POR FAVOR, IA A TIA SINHÁ DINOVO OLHAR E FALAVA MOÇO NÃO TEM NÃO, ENTÃO ELE DIZIA “DEVE TER AMADURECIDO”, AÍ ELA ENTENDIA QUE ERA O TIO GERALDO E FALAVA BRAVA “VAI A MERDA GERALDO”, ELA FICAVA UMA FERA.
9º CASO
A CHAVE PREMIADA DO VOLKS.
A GESSY-LEVER CRIOU UMA PROMOÇÃO QUE MECHEU COM O PAÍS INTEIRO, A PROMOÇÃO ERA QUE TINHA UMA CHAVE DE UM CARRO DA MARCA WOLKSVAGEM QUEM A ENCONTRASSE GANHARIA O CARRO. TIO GERALDO CONSEGUIU UMA CHAVE E DEPOIS DE QUEBRAR MUITO SABONETES CONSEGUIU COLOCAR A CHAVE DENTRO DO SABONETE, E COLOCOU O SABONETE NO BANHEIRO, PASSOU UNS DIAS A LUCIELENA ESTAVA TOMANDO BANHO E ENCONTROU A CHAVE E SAIU FEITO DOIDA DO BANHEIRO GRITANDO, ENCONTREI A CHAVE, ENCONTREI A CHAVE DO CARRO, MOSTRANDO PARA TODOS. O FERNANDO PEGOU A CHAVE GRITANDO É A LEGÍTIMA, É LEGITIMA, SAIRAM OS DOIS CORRENDO PELA RUA GRITANDO, ATÉ QUE TIA ARMINDA FALOU PARA OS DOIS, GENTE ISSO É COISA DO SEU PAI. FOI UMA DECEPÇÃO, PARA A TURMA E A RUA.
10º CASO
O SONHO LOTERIA DA DONA ARMINDA
DONA ARMINDA, SOGRA DO TIO GERALDO, HAVIA SONHADO COM UM NÚMERO DA LOTERIA E MOSTROU PARA O TIO GERALDO, COITADA NÃO SABIA O ERRO QUE TINHA COMETIDO. TIO GERALDO GUARDOU O NÚMERO E FOI NUM AMIGO DÊLE DO CORREIO E PEDIU PARA QUE ENVIASSE UM TELEGRAMA COM NÚMERO COMO SE TIVESSE SIDO O SORTEADO PARA O REPONSÁVEL PELA “CENTRAL LOTERICA”. O RESPONSÁVEL IMEDIATAMENTE CONTRATOU UMA CAMIONETE NÁ ÉPOCA CHAMAVAM DE “CHIMBICA”, COLOCOU DONA ARMINDA E SUA AMIGA KITA FIAL, MADRINHA DO TIO OLEMAR, NA CAMIONETE QUE SAIU PELAS RUAS SOLTANDO FOGUETES E GRITANDO E DUAS FAZENDO O “V” DA VITÓRIA E GRITANDO DIAMANTINA É A CAMPEÃ, GANHOU O GRANDE PRÊMIO. A FESTA FOI TOMANDO UMA PROPORÇÃO QUE O TIO GERALDO FICOU COM MÊDO DAS CONSEGUÊNCIAS, FOI NA CENTRAL LOTÉRICA E FALOU PARA O PROPRIETÁRIO QUE AQUILO ERA UM TROTE QUE ELA ESTAVA APRONTANDO COM A SOGRA DÊLE, ERA UMA BRINCADEIRA. O PROPRIETÁRIO DA “CENTRAL LOTÉRICA” E FEZ O TIO GERALDO PAGAR TODA O GASTO QUE TEVE, ALUGUEL DA CAMIONETE, MÚSICOS E FOGUETES.
11º CASO
PAPAI E FAMÍLIA VINDO PARA BELO HORIZONTE.
VÁRIAS VEZES LIGAVA PARA A TIA SINHÁ, DIZENDO QUE PAPAI E A FAMILIA ESTAVA VINDO DE ITAPECERICA PARA PASSAR UNS DIAS LÁ COM ELA. IMEDIATAMENTE TIA SINHÁ DAVA UMA GERAL NA CASA ARRUMAVA TUDO, FAZIA UMA COMIDA MUITO GOSTOSA E NISTO ELA ERA CRACK, ENTÃO TIA GERALDO IA PARA A CASA DA TIA SINHA E ESPERAR O PAPAI E SUA FAMILIA CHEGAR, E NADA DA NOSSA FAMILIA CHEGAR, E JÁ ESTAVA PASSANDO A HORA DO ALMOÇO, ENTÃO ELE FALAVA SINHÁ, ACHO QUE O MOACYR NÃO VEM MAIS JÁ PASSOU DA HORA, PEGAVA O TELEFONE E FINGIA QUE ESTAVA LIGANDO PARA ITAPECERICA E FALANDO COM PAPAI. ENTÃO DIZIA PARA A TIA SINHÁ, QUE NÃO TINHA MAIS JEITO DO PAPAI VIR COM A TURMA, ELA FICAVA MUITO CHATEADA, E FALAVA COM O TIO VAMOS ALMOÇAR GERALDO. ENTÃO ELE ALMOÇAVA AQUELA COMIDINHA SEMPRE GOSTOSA DA TIA SINHÁ. ÊLE NÃO ERA NADA FÁCIL, SEMPRE APRONTANDO.
12º CASO
A CINZA DO CIGARRO DA TIA REGINA.
LEMBRO QUANDO MORAVA NA CASA DO TIO OLEMAR E TIA REGINA, FOI UM GOSTOSO E INESQUECÍVEL MOMENTO DE MINHA VIDA, TIA REGINA DEITADA NA SUA CAMA SEMPRE DE CAMISOLA, FAZENDO SUAS PALAVRAS CRUZADAS, COM UM CIGARRO NA BOCA ERA IMPRESSIONANTE A CINZA FICAVA INTEIRA E NÃO CAIA, CHEGAVA TIO GERALDO E BATIA NA CINZA QUE CAIA SUJANDO SUA CAMISOLA ELA FICA UMA FERA, DIZENDO “MERDA, QUIS PARIU GERALDO, SÓ PODIA SER VOCÊ”. E ÊLE DAVA GRANDES RISADAS.
13º CASO
A BRIGA DO PETECO NO GRUPO ESCOLAR ANTÔNIO CARLOS:
MAIS UM TROTE DO TIO GERALDO AS VITIMAS FORAM O TIO OLEMAR E O PETECO, ELE FICOU SABENDO QUE O PETECO TINHA BRIGADO COM UM COLEGA DELE O ITAMAR NA ESCOLA. OS ALUNOS ESTAVAM TIRANDO FOTOGRAFIAS QUE TODOS OS ALUNOS FAZIAM NA SALA DE AULA QUE DEPOIS SERIAM COLOCADAS NAS MOLDURAS PARA SEREM GUARDADAS COM LEMBRANÇAS DAQUELA ÉPOCA. JÁ TINHA PASSADO MAIS DE UMA SEMANA DA BRIGA FOI QUE ACONTECEU O MAIOR IMBRÓGLIO QUANDO A MÃE DO ITAMAR FOI SEM MAIS NEM MENOS TIRAR SATISFAÇÃO COM A PROFESSORA QUE NEM SABIA DA BRIGA OFENDEU DE TODAS AS MANEIRAS E PROFESSORA DONA LIDIA QUE ERA BEM FORTINHA QUE NÃO AGUENTOU TANTO DESAFORO QUE DEU UM CACETE NA MÃE DO MENINO INCLUSIVE JOGANDO-A NO CHÃO, FOI UMA LOUCURA QUE A TURMA DO DEIXA DISTO, CONSEGUIU RESOLVER E ACALMANAR OS ÂNIMOS, E O PETECO SÓ FICOU DE LONGE VENDO A BAGUNÇA. ACONTECE QUE TIO GERALDO FICOU SABENDO DA BRIGA E ARQUITETOU MAIS UM TROTE, LIGOU PARA O VIZINHA DO PETECO DONA JULIETA, POIS NAQUELA ÉPOCA O TIO NÃO TINHA TELEFONE E DISSE COM UMA VOZ BEM DISFARÇADA DIZENDO PARA O PETECOQUE ERA INSPETOR DA POLICIA POR CAUSA DA BRIGA DELE, E QUE O SR. OLEMAR LACERDA DE OLIVEIRA FILHO TERIA QUE COMPARECER NA ESCOLA AS 15:00 HORAS, POIS TINHA UMA DENÚNCIA CONTRA ELE. O PETECO FICOU DESORIENTADO, TREMENDO DE MEDO E PREOCUPADO COM AS CONSEGUÊNCIAS DO QUE ACONTECERIA, MAS TEVE OUTRO JEITO TEVE QUE FALAR E CONTAR O ACONTECIDO COM O TIO OLEMAR QUE FICOU UMA FERA. NO DIA E HORA MARCADO FORAM OS DOIS PARA A ESCOLA, CHEGANDO LÁ A ESCOLA ESTAVA TODA FECHADA, SÓ TINHA UM PORTÃO ABERTO, ENTRARAM E ENCONTRARAM COM A SERVENTE. O TIO FALOU SOBRE O INSPETOR E A HORA QUE TINHAM QUE COMPARECER, SÓ QUE A SERVENTE DISSE QUE O INSPETOR PIMENTEL SÓ CHEGARIA ÁS 4:00 HORAS, FICARAM OS DOIS ESPERANDO O INSPETOR. ISTO TUDO FOI UMA TERRÍVEL COINCIDÊNCIA QUE APAVOROU E O MEDO TOMOU CONTA MAIS AINDA DO PETECO. O INSPETOR PIMENTEL E FALOU PARA O TIO OLEMAR QUE NÃO TINHA NADA DE BRIGA, ELE ESTAVA NO GRUPO PARA DAR ORIENTAÇÕES PARA OS ALUNOS DE COMO FAZER PARA COMPORTAR E OS CUIDADOS QUE TERIAM QUE TER COM O TRÂNSITO. AÍ OS DOIS VOLTARAM PARA CASA QUANDO CHEGARAM NA ESQUINA DA RUA ANDALUZITA VIRAM NA RUA NANE, CACAU, TIA REGINA, RAQUEL DEDE, LÓLO, OS VIZINHOS E NO MEIO DE TODOS ESTAVA O TIO GERALDO, TODOS RINDO, FOI AÍ QUE ENTENDERAM QUE FOI MAIS UM DOSVÁRIOS TROTES QUE TIO GERALDO APRONTAVA COM TODO MUNDO.
FALAR DE TIO GERALDO É MUITO DIFICIL A GENTE NÃO SE EMOCIONAR E CHORAR DOS MUITOS MOMENTOS QUE NOS DEU DE PRESENTE, RICOS DE ALEGRIA, E MÁGICOS, TENHO CERTEZA QUE OS NOSSOS CHOROS, NOSSAS LÁGRIMAS O INCOMODARIA MUITO, NÃO ACEITARIA, ELE IRADIAVA ALEGRIA ONDE ESTIVESSE, ELE TINHA UM DOM MÁGICO E CATIVANTE, QUE IMPREGNAVA A TODOS, ERA UM SER ESPECIAL, FELIZ QUEM O CONHECEU, TENHO CERTEZA QUE DEIXOU UM LEGADO PARA TODOS NÓS, PRINCIPALMENTE PARA SEUS FILHOS, NETOS, E PARA AS GERAÇÕES FUTURAS DE NOSSAS FAMILIAS E TAMBÉM PARA AS GERAÇÕES QUE VIRÃO E PARA OS QUE O CONHECERAM E CONVIVERAM.
OBRIGADO TIO GERALDO, NOSSO QUERIDO GEREBA, NÓS TE AMAMOS MUITO E SEUS IRMÃOS TIO DIVALDO, TIO ELOI, TIO OLEMAR, TIA SINHÁ E MOACYR PAPAI, TENHO CERTEZA QUE HOJE VOCÊS ESTÃO EM VOLTA DE UMA MESA REDONDA COM UMA TOALHA VERDE AÍ NO CÉU JOGANDO, RINDO E DIVERTINDO COMO SEMPRE NUMA E VÁRIAS E INESQUECÍVEIS PARTIDAS DE BURACO, TRUCO, CAIXETA E POQUER, ALEGRANDO MAIS AINDA O CÉU.
E TODOS VOCÊS LACERDA DE OLIVEIRA ESTÃO E ESTARÃO SEMPRE NOS NOSSOS CORAÇOES.
Colaboração de:
Olemar Lacerda de Oliveira Filho - Peteco
Maria Luiza Azeredo Santos Oliveira - Zoca
Moacyr Lacerda de Oliveira Junior – Suruca
Julice de Araújo Oliveira Carvalho
Plinio Elias de Araújo Oliveira
Sítio São Francisco de Assis
Divinópolis – Minas Gerais
Fevereiro de 2021




PLÍNIO ELIAS ARAÚJO OLIVEIRA
Enviado por PLÍNIO ELIAS ARAÚJO OLIVEIRA em 24/02/2021
Reeditado em 24/02/2021
Código do texto: T7192139
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
PLÍNIO ELIAS ARAÚJO OLIVEIRA
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil, 72 anos
126 textos (935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/04/21 17:48)
PLÍNIO ELIAS ARAÚJO OLIVEIRA

Site do Escritor