Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BIOGRAFIA e OBRA ATUAL DO PAPA FRANCISO & Lista oficial de papas na wikipedia 04/01/2021.

           O Santo Padre ou modo carinho para se dirigir ao Papa

            O Romano Pontífice, como sucessor de Pedro, é o perpétuo e visível princípio e fundamento da unidade quer dos Bispos quer da multidão dos fiéis.
                 LUMEN GENTIUM, 23

                 http://www.vatican.va/holy_father/index_po.htm
 
__________

          http://www.vatican.va/holy_father/inde
 
                   Francisco  a partir de 13.III.2013
                   Franciscus ou Bispo: Jorge Mario Bergoglio
 

Bento XVI - Papa emérito vivo, que renunciou livremente.


                        PAPAS MODERNOS FALECIDOS:

João Paulo II - Declarado santo da Igreja, perdoou ao que o atirou na praça de São Pedro, combateu o bloco comunista e o capitalismo corrosivamente selvagem.

João Paulo I - 33 dias no pontificado

Paulo VI - CONCLUSÃO DO VATICANO II
João XXIII - INAUGURA VATICANO II - ANOS 1960
              Pio XII
              Pio XI
              Bento XV
Pio X
Leão XIII

___________

                Lista oficial de papas na wikipedia 04/01/2021.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_papas

           "Não existe uma lista oficial de papas, mas o Anuário Pontifício, publicado anualmente pelo Vaticano, contém uma lista que é geralmente considerada a mais correta.
           Em 2001, foi feito um estudo rigoroso pela Igreja Católica sobre a história do papado.[2] Também é utilizada como fonte a Lista de papas da Enciclopédia Católica.[3]"

__________

 Nº 261 São João XXIII, O.F.S.
                Ioannes Vicesimus Tertius

[nota 39]
Beatificado em 2000. Italiano, nome original Angelo Giuseppe Roncalli.

Foi o Papa que declarou oficial a abertura do Concílio Vaticano II. Canonizado em 2014.

  28 de outubro de 1958 a 03 de junho de 1963 Italiano

Pontificado por 04 anos, 218 dias

_________

 Nº  262 São Paulo VI, O.F.S.
                 Paulus Sextus

21 de junho de 1963 a 6 de agosto de 1978      Italiano

Pontificado por 15 anos, 46 dias.

[nota 40]
Proclamado servo de Deus em 2003. Italiano, nome original Albino Luciani.

Proclamado beato em 2014. Canonizado em 2018. Italiano, nome original Giovanni Battista Enrico Antonio Maria Montini.

Seu papado encerrou as reformas do Concílio Vaticano II.

_________

 Nº  263 Venerável João Paulo I
               Ioannes Paulus Primus

26 de agosto de 1978 a
28 de setembro de 1978 Italiano

Pontificado por 33 dias.

[nota 41]
Proclamado servo de Deus em 2003.

Italiano, nome original Albino Luciani.

_________

 Nº  264 São João Paulo II
                 Ioannes Paulus Secundus

16 de outubro de 1978 a 02 de abril de 2005 Polonês

Pontificado por 26 anos, 168 dias.

[nota 42]
Beatificado em 2011. Canonizado em 2014.

Polaco/Polonês, nome original Karol Wojtyla.

_________

 Nº 265 Bento XVI
               Benedictus Decimus Sextus

19 de abril de 2005 a 28 de fevereiro de 2013 Alemão

Pontificado por 7 anos, 315 dias.

[nota 43]
Alemão, nascido Joseph Alois Ratzinger.

Abdicou do pontificado no dia 28 de fevereiro de 2013.
Declaração de Renúncia em 2013.

__________

                   Nº  266  Francisco, S.J.
                                   Franciscus

Desde 13 de março de 2013 Argentino

Pontificado por 7 anos, 295 dias.

[nota 44]
             Argentino, nascido Jorge Mario Bergoglio.

Único papa jesuíta e nascido no continente americano até o presente.

__________

                 Comentários

                                  J B Pereira

Demitiu a chefia do Banco do Vaticano por corrupção.

Incluiu, na liturgia e nas missas, o nome de São José, Casto Esposo da Virgem Maria após ao nome da Maria Santíssima.

Fez sínodo da Amazônia.

Escreveu encíclicas instigantes sobre Carta Encíclica Lumen Fidei (29 de junho de 2013), ecologia em: Lodato Sí em 24 de maio de 2015,O Nome de Deus é Misericórdia (o 1º livro-entrevista do papa Francisco: no Ano da misericórdia em 8 de dezembro de 2015), Fratelli Tutti (Todos irmãos) em 03 de outubro de 2020, sobre famílias e respeito às minorias, contra o racismo, etc.

__________

O nome de Deus é misericordia (Português) Capa comum – 13 janeiro 2016
https://www.amazon.com.br/Nome-Deus-%C3%89-Miseric%C3%B3rdia/dp/8542206347
___________

FONTE sobre as encíclicas do Papa Francisco:
http://www.vatican.va/content/francesco/pt/encyclicals.index.html
Tem maior interesse por punir, no clero, os pedófilos.

__________

                                   Bulas

http://www.vatican.va/content/francesco/pt/bulls.index.html

Misericordiae Vultus - Bula de proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia (11 de abril de 2015)

___________

                                     Exortações Apostólicas

http://www.vatican.va/content/francesco/pt/apost_exhortations.index.html

        “Querida Amazonia”: Exortação Apostólica pós-sinodal ao povo de Deus e a todas as pessoas de boa vontade (2 de fevereiro de 2020)


"Christus vivit": Exortação Apostólica pós-sinodal aos Jovens e a todo o Povo de Deus (25 de março de 2019)

Gaudete et exsultate: Exortação Apostólica sobre a chamada à santidade no mundo atual (19 de março de 2018)

Amoris laetitia: Exortação Apostólica Pós-Sinodal sobre o amor na família (19 de março de 2016)

Evangelii Gaudium: Exortação Apostólica sobre o anúncio do Evangelho no mundo atual (24 de novembro de 2013)

______________

                            BIOGRAFIA PAPA FRANCISO

http://www.vatican.va/content/francesco/pt/biography/documents/papa-francesco-biografia-bergoglio.html

          "O primeiro Papa americano é o jesuíta argentino Jorge Mario Bergoglio, 76 anos, arcebispo de Buenos Aires. É uma figura de destaque no continente inteiro e um pastor simples e muito amado na sua diocese, que conheceu de lés a lés, viajando também de metro e de autocarro, durante os quinze anos do seu ministério episcopal.

«O meu povo é pobre e eu sou um deles», disse várias vezes para explicar a escolha de morar num apartamento e de preparar o jantar sozinho. Aos seus sacerdotes sempre recomendou misericórdia, coragem apostólica e portas abertas a todos. A pior coisa que pode acontecer na Igreja, explicou nalgumas circunstâncias, «é aquilo ao que de Lubac chama mundanidade espiritual», que significa «pôr-se a si mesmo no centro». E quando citava a justiça social, convidava em primeiro lugar a retomar nas mãos o catecismo, a redescobrir os dez mandamentos e as bem-aventuranças. O seu programa é simples: se seguirmos Cristo, compreenderemos que «espezinhar a dignidade de uma pessoa é pecado grave».

Não obstante a índole reservada — a sua biografia oficial é de poucas linhas, pelo menos até à nomeação como arcebispo de Buenos Aires — tornou-se um ponto de referência devido às suas tomadas de posição fortes durante a dramática crise económica que abalou o país em 2001.

Nasceu na capital argentina no dia 17 de Dezembro de 1936, filho de emigrantes piemonteses: o seu pai Mário trabalhava como contabilista no caminho de ferro; e a sua mãe Regina Sivori ocupava-se da casa e da educação dos cinco filhos.

Diplomou-se como técnico químico, e depois escolheu o caminho do sacerdócio, entrando no seminário diocesano de Villa Devoto. A 11 de Março de 1958 entrou no noviciado da Companhia de Jesus. Completou os estudos humanísticos no Chile e, tendo voltado para a Argentina, em 1963 obteve a licenciatura em filosofia no colégio de São José em San Miguel. De 1964 a 1965 foi professor de literatura e psicologia no colégio da Imaculada de Santa Fé e em 1966 ensinou estas mesmas matérias no colégio do Salvador, em Buenos Aires. De 1967 a 1970 estudou teologia, licenciando-se também no colégio de São José.

A 13 de Dezembro de 1969 foi ordenado sacerdote pelo arcebispo D. Ramón José Castellano. De 1970 a 1971 deu continuidade à sua preparação em Alcalá de Henares, na Espanha, e a 22 de Abril de 1973 emitiu a profissão perpétua nos jesuítas. Regressou à Argentina, onde foi mestre de noviços na Villa Barilari em San Miguel, professor na faculdade de teologia, consultor da província da Companhia de Jesus e também reitor do colégio.

No dia 31 de Julho de 1973 foi eleito provincial dos jesuítas da Argentina, cargo que desempenhou durante seis anos. Depois, retomou o trabalho no campo universitário e, de 1980 a 1986, foi novamente reitor do colégio de São José, e inclusive pároco em San Miguel. No mês de Março de 1986 partiu para a Alemanha, onde concluiu a tese de doutoramento; em seguida, os superiores enviaram-no para o colégio do Salvador em Buenos Aires e sucessivamente para a igreja da Companhia, na cidade de Córdova, onde foi director espiritual e confessor.

O cardeal Antonio Quarracino convidou-o a ser o seu estreito colaborador em Buenos Aires. Assim, a 20 de Maio de 1992 João Paulo II nomeou-o bispo titular de Auca e auxiliar de Buenos Aires. No dia 27 de Junho recebeu na catedral a ordenação episcopal precisamente do cardeal. Como lema, escolheu Miserando atque eligendo e no seu brasão inseriu o cristograma IHS, símbolo da Companhia de Jesus.

Concedeu a sua primeira entrevista como bispo a um pequeno jornal paroquial, «Estrellita de Belén». Tendo sido imediatamente nomeado vigário episcopal da região Flores, a 21 de Dezembro de 1993 foi-lhe confiada inclusive a tarefa de vigário-geral da arquidiocese. Portanto, não constituiu uma surpresa quando, a 3 de Junho de 1997, foi promovido arcebispo coadjutor de Buenos Aires. Nem sequer nove meses depois, com o falecimento do cardeal Quarracino, sucedeu-lhe a 28 de Fevereiro de 1998 como arcebispo, primaz da Argentina e ordinário para os fiéis de rito oriental residentes no país e desprovidos de ordinário do próprio rito. Três anos mais tarde, no Consistório de 21 de Fevereiro de 2001, João Paulo II criou-o cardeal, atribuindo-lhe o título de São Roberto Bellarmino. Convidou os fiéis a não virem a Roma para festejar a púrpura, mas a destinar aos pobres o dinheiro da viagem. Grão-chanceler da Universidade católica argentina, é autor dos livros Meditaciones para religiosos (1982), Reflexiones sobre la vida apostólica (1986) e Reflexiones de esperanza (1992).

Em Outubro de 2001 foi nomeado relator-geral adjunto da décima assembleia geral ordinária do Sínodo dos bispos, dedicada ao ministério episcopal. Uma tarefa que lhe foi confiada no último momento, em substituição do cardeal Edward Michael Egan, arcebispo de Nova Iorque, obrigado a permanecer na pátria por causa dos ataques terroristas de 11 de Setembro. No Sínodo, sublinhou de modo particular a «missão profética do bispo», o seu «ser profeta de justiça», o seu dever de «pregar incessantemente» a doutrina social da Igreja, mas também de «expressar um juízo autêntico em matéria de fé e de moral».

Entretanto, na América Latina a sua figura tornava-se cada vez mais popular. Não obstante isto, não perdeu a sobriedade da índole, nem o estilo de vida rigoroso, que chegou a ser definido quase «ascético». Com este espírito, em 2002 recusou a nomeação a presidente da Conferência episcopal argentina, mas três anos mais tarde foi eleito para tal cargo e depois confirmado por mais um triénio em 2008. Entretanto, em Abril de 2005, participou no conclave durante o qual tinha sido eleito Bento XVI.

Como arcebispo de Buenos Aires — diocese com mais de três milhões de habitantes — pensou num projecto missionário centrado na comunhão e na evangelização, com quatro finalidades principais: comunidades abertas e fraternas; protagonismo de um laicado consciente; evangelização destinada a cada habitante da cidade; assistência aos pobres e aos enfermos. O seu objectivo era reevangelizar Buenos Aires, «tendo em consideração os seus habitantes, o modo como ela é e a sua história». Convidou sacerdotes e leigos a trabalharem juntos. Em Setembro de 2009 lançou a campanha de solidariedade a nível nacional, em vista do bicentenário da independência do país: duzentas obras de caridade a realizar até 2016. E, em chave continental, alimenta fortes esperanças, no sulco da mensagem da Conferência de Aparecida, de 2007, chegando a defini-la «a Evangelii nuntiandi da América Latina».

Até ao início da sede vacante foi membro das Congregações para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, para o Clero, para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica; do Pontifício Conselho para a Família, e da Pontifícia Comissão para a América Latina."

                       © Copyright - Libreria Editrice Vaticana

http://www.vatican.va/content/francesco/pt/biography/documents/papa-francesco-biografia-bergoglio.html

___________

Amazon Serviços de Varejo do Brasil Ltda. | CNPJ 15.436.940/0001-03
Av. Juscelino Kubitschek, 2041, Torre E, 18° andar - São Paulo

                       https://www.amazon.com.br/Nome-Deus-%C3%89-Miseric%C3%B3rdia/dp/8542206347


Deus é Jovem
            Papa Francisco

O amor é contagioso (Português) Capa comum – 21 março 2017
Bergoglio (papa Francisco) Jorge Mario (Autor)

Ave Maria: O santo padre comenta o mistério de maria com as palavras da oração mais amada
               Papa Francisco

Quem sou eu para julgar?
                 Papa Francisco

O amor é contagioso
              Bergoglio (papa…

Pai Nosso
             Papa Francisco

Lições do Papa Francisco: Inspirações para uma vida melhor
                Jorge Mario Bergoglio…

A felicidade nesta vida: Uma meditação apaixonada sobre a existência terrena
              Jorge Mario Bergoglio…

365 dias com o Papa Francisco: Orações diárias para serem feitas a partir de pensamentos do Papa Francisco
                 Papa Francisco

O amor é contagioso
            Papa Francisco

Carta Encíclica "Lumen Fidei": Carta Encíclica dos Santos Padres Bento e Francisco sobre a fé
            Jorge Mario (Papa…

Exortação Apostólica "Querida Amazonia": Exortação Apostólica Pós-sinodal do Santo Padre Francisco sobre a Amazônia
               Jorge Mario (Papa…

Exortação Apostólica Pós-sinodal do Papa Francisco: Christus Vivit Para os Jovens e Para Todo o Povo de Deus
                 Papa Francisco

Lições do Papa Francisco: Inspirações para uma vida melhor
             Jorge Mario Bergoglio…


Devocional com Papa Francisco: Meditações diárias para uma vida com Deus
Bergoglio (papa…

Exortação Apostólica do Papa Francisco: Gaudete et Exsultate - Sobre o …
Papa Francisco

Carta Encíclica "Laudato Si' - Louvado sejas": Carta Encíclica do…
Jorge Mario (Papa…

Vamos Sonhar Juntos: O Caminho Para Um Futuro Melhor
Papa Francisco


Exortação Apostólica "Amoris Laetitia - A alegria do amor":…
Jorge Mario (Papa…


Exortação Apostólica "Evangelii Gaudium - A alegria do Evangelho":…
Jorge Mario (Papa…

O futuro da fé: Entrevistas com o sociólogo Dominique…
Papa Francisco

Querido Papa Francisco: O Papa responde às cartas de crianças do…
Jorge Mario (Papa…


Vamos Sonhar Juntos: O Caminho Para Um…
Papa Francisco

Exortação Apostólica "Gaudete et Exsultate - Alegrai-vos e exultai":
Jorge Mario (Papa…

Orações com Papa Francisco: Preces para todas as ocasiões
Jorge Mario Bergoglio…



https://www.amazon.com.br/Nome-Deus-%C3%89-Miseric%C3%B3rdia/dp/8542206347
______________
J B Pereira e https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_papas
Enviado por J B Pereira em 04/01/2021
Reeditado em 04/01/2021
Código do texto: T7152055
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2752 textos (1546127 leituras)
35 e-livros (505 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/21 10:49)
J B Pereira