Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu Creio: os Credos da Igreja Católica: história linda de fé desde os tempos dos Apóstolos até hoje, base da Unidade da Igreja Católica Apostólica Romana.

       Paz e bom descanso a você e aos seus familiares. Ame e perdoe sempre em nome de Jesus.
        Amem como fez e orou e ensinou e praticou Jesus! Assim a gente vai para o Céu e estaremos com Jesus, fonte do amor e do perdão ...

J B Pereira

               Depois de refletir sobre "Um credo (também conhecido como confissão, símbolo ou declaração de fé) é uma declaração das crenças compartilhadas da comunidade (muitas vezes religiosa) na forma de uma fórmula fixa que resume os princípios fundamentais.
O termo credo às vezes é estendido a conceitos comparáveis em teologias não cristãs; assim, o conceito islâmico deʿaqīdah (literalmente "vínculo, laço") é frequentemente traduzido como "credo".

https://pt.wikipedia.org/wiki/Credo#:~:text=Um%20credo%20(tamb%C3%A9m%20conhecido%20como,nos%20escritos%20de%20S%C3%A3o%20Paulo.

__________


J B Pereira
                Evangelizador católico Romano

          Paz e Unidade em Jesus, fundador da Minha Igreja: Mt 16, 25-27


          Resolvi com humildade, escrever estas linhas como católico:

      São Paulo fala da Tradição da IGREJA APOSTÓLICA DE QUEM RECEBEU A TRADIÇÃO DE MANTER A IGREJA UNIDA AOS APÓSTOLOS porque PAULO entende e assim o faz: diz tudo com autoridade e fidelidade e unidade à Igreja de Deus, ou seja, a Igreja de Jesus na pessoas dos Apóstolos e na conversão de Paulo como o Apóstolo de Jesus para os gregos.

"I Coríntios, 11

1.Tornai-vos os meus imitadores, como eu o sou de Cristo.

2.Eu vos felicito, porque em tudo vos lem­brais de mim, e guardais as minhas instruções, tais como eu vo-las transmiti.

 11.Com tudo isso, aos olhos do Senhor, nem o homem existe sem a mulher, nem a mulher sem o homem.

12.Pois a mulher foi tirada do homem, porém o homem nasce da mulher, e ambos vêm de Deus.

. 18.Em primeiro lugar, ouço dizer que, quando se reúne a vossa assembleia, há desarmonias entre vós.
(E em parte eu acredito. 19.É necessário que entre vós haja partidos para que possam manifestar-se os que são realmente virtuosos.) 20.Desse modo, quando vos reunis, já não é para comer a ceia do Senhor,*


23.Eu recebi do Senhor o que vos transmiti: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão

24.e, depois de ter dado graças, partiu-o e disse: “Isto é o meu corpo, que é entregue por vós; fazei isto em memória de mim”.
25.Do mesmo modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: “Este cálice é a Nova Aliança no meu sangue; todas as vezes que o beberdes, fazei-o em memória de mim”.
26.Assim, todas as vezes que comeis desse pão e bebeis desse cálice lembrais a morte do Senhor, até que venha.

27.Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpável do corpo e do sangue do Senhor.
28.Que cada um se examine a si mesmo e, assim, coma desse pão e beba desse cálice.

29.Aquele que o come e o bebe sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação.
30.Essa é a razão por que entre vós há muitos adoentados e fracos, e muitos mortos.*
31.Se nos examinássemos a nós mesmos, não seríamos julgados.
32.Mas, sendo julgados pelo Senhor, ele nos castiga para não sermos condenados com o mundo.
33.Portanto, irmãos meus, quando vos reunis para a ceia, esperai uns pelos outros."

I Coríntios, 11 - Bíblia Católica Online
Leia mais em: https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/i-corintios/11/

______________

                 De novo, vejam que São Paulo fala da Tradição da IGREJA APOSTÓLICA DE QUEM RECEBEU A EUCARISTIA E diz tudo com autoridade e fidelidade e unidade à Igreja de Deus, ou seja, a Igreja de Jesus na pessoas dos Apóstolos e na conversão de Paulo como o Apóstolo de Jesus para os gregos.

      "Eu vos transmiti primeiramente
                                         o que eu mesmo havia recebido:

que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras;
4.foi sepultado, e ressurgiu ao terceiro dia, segundo as Escrituras; 5.apareceu a Cefas e, em seguida, aos Doze.*
6.Depois apareceu a mais de quinhentos irmãos de uma vez, dos quais a maior parte ainda vive (e alguns já são mortos);
7.depois apareceu a Tiago, em seguida a todos os apóstolos.
 8.E, por último de todos, apareceu também a mim, como a um abortivo.
9.Porque eu sou o menor dos apóstolos, e não sou dig­no de ser chamado apóstolo, porque persegui a Igreja de Deus.
10.Mas, pela graça de Deus, sou o que sou, e a graça que ele me deu não tem sido inútil. Ao contrário, tenho trabalhado mais do que todos eles; não eu, mas a graça de Deus que está comigo.
11.Portanto, seja eu ou sejam eles, assim pregamos, e assim crestes. 12.Ora, se se prega que Jesus ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns de vós que não há ressurreição de mortos?
13.Se não há ressurreição de mortos, nem Cristo ressuscitou.
14.Se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé."
I Coríntios, 15 - Bíblia Católica Online
 https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/i-corintios/15/

________________

Aqui o CREDO ATANASIANO

                          UM FRAGMENTO...

             Para mostrar a Encarnação de Jesus e seu natal segundo os Evangelhos e os credos da Igreja Católica, mantendo a coerência por seculo dessas narrativas e a unidade de fé apostólica, desde a fundação da Igreja de Deus e dos Apóstolos em nome de Jesus.

                Ora, minha admiração a Rubem Alves continua de pé, mas, meu amor e fidelidade de católico são às narrativas dos Evangelhos e à Igreja Católica Apostólica Romana.

               Creio no Simbolo dos Apóstolos e do Credo Niceno-Constantinopolitano, em que se professa fidedignamente com compêndio da nossa fé católica...
https://www.recantodasletras.com.br/resenhasdelivros/7100990


CREDO ATANASIANO

O Credo Atanásio (Quicumque abutre) é uma declaração de crença cristã focada na doutrina trinitária e na cristologia. É o primeiro credo em que a igualdade das três pessoas da Trindade é explicitamente declarada e difere dos credos Niceno e dos Apóstolos na inclusão de anátemas ou condenações daqueles que discordam do credo.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Credo_de_Atan%C3%A1sio

29.Mas, para alcançar a salvação, é necessário ainda crer firmemente na Encarnação de Nosso Senhor Jesus Cristo.

30.A pureza da nossa fé consiste, pois, em crer ainda e confessar que Nosso Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, é Deus e homem.

31.É Deus, gerado na substância do Pai desde toda a eternidade; é homem porque nasceu, no tempo, da substância da sua Mãe.

32.Deus perfeito e homem perfeito, com alma racional e carne humana.

33.Igual ao Pai segundo a divindade; menor que o Pai segundo a humanidade.

34.E embora seja Deus e homem, contudo não são dois, mas um só Cristo. 35.É um, não porque a divindade se tenha convertido em humanidade, mas porque Deus assumiu a humanidade.

36.Um, finalmente, não por confusão de substâncias, mas pela unidade da Pessoa.

37.Porque, assim como a alma racional e o corpo formam um só homem, assim também a divindade e a humanidade formam um só Cristo.

38.Ele sofreu a morte por nossa salvação, desceu aos infernos e ao terceiro dia ressuscitou dos mortos.

39.Subiu aos Céus e está sentado a direita de Deus Pai todo-poderoso, 40.Donde há de vir a julgar os vivos e os mortos.

41.E quando vier, todos os homens ressuscitarão com os seus corpos, 42.Para prestar conta dos seus atos.

43.E os que tiverem praticado o bem irão para a vida eterna, e os maus para o fogo eterno.

44.Esta é a fé católica, e quem não a professar fiel e firmemente não se poderá salvar. Amém.

))))))))))))))))))))


J B Pereira e https://pt.wikipedia.org/wiki/Credo_de_Atan%C3%A1sio
Enviado por J B Pereira em 31/10/2020
Reeditado em 04/11/2020
Código do texto: T7101053
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2826 textos (1569582 leituras)
35 e-livros (529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/04/21 16:41)
J B Pereira