Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maria Santíssima - Medianeira das graças em nome de Jesus, Único Mediador e Salvador.

Maria Santíssima - Medianeira das graças em nome de Jesus, Único Mediador e Salvador.

JESUS, EU CONFIO EM TI.

Jaculatória ou preces de fé e amor a Deus em nome de Jesus!

Jesus, Maria e José: minha família vossa é!

Ó meu Jesus crucificado por minha culpa - estou arrependido por ter pecado. Peço a graça da perseverança no bem e na hora da minha morte. Amém.

Ó meu bom Jesus de Amor ferido,
nunca houvera te ofendido,
ó meu doce bom Jesus
 nunca Te pregues na cruz.
Amém.

A oração de joelhos
comove a Deus-Pai
atrai graças mil,
afasta de nós o mal.

DOCE CORAÇÃO DE MARIA, SEDE MINHA SALVAÇÃO.

SÃO JOSÉ, VALEI-NOS! SE O ANJO DO SENHOR,
VALEU A TI, VALEI-NOS COM CERTEZA.

 ___ São Miguel, São Gabriel e São Rafael, defendei-nos do mal, ajude-nos a viver na graça de Deus até o dia em que o Senhor Deus nos chamar. Amém. Aleluia!

Alegria pura vinda do Coração de Jesus, Maria e José,
minha alma e corpo vosso é!

______

Segredo para Enfrentar Tempestades

De: "Associação Devotos de Fátima" <atendimento@adf.org.br>

É aí que temos que entregar o leme de nossas vidas nas mãos de Nossa Senhora de Fátima. Deixar que ELA nos conduza.

Clique e faça isso agora mesmo.

Inscrevendo-se neste Grupo de Oração em honra de Nossa Senhora de Fátima, é como se você suplicasse a Ela: "Ó Virgem Maria, assuma o controle do meu barco".

Será um divisor de águas.

Quem melhor do que a Virgem Santíssima, nossa Mãe Celeste, para saber o que é melhor para nós? Para nos levar até águas calmas e cristalinas?

Pois então.

Veja aqui como deixar o leme de sua vida nas mãos de Nossa Senhora.

Conte com minhas orações.

Carlos Lanna
Coordenador de Apostolado
Associação Devotos de Fátima


Caso não consiga visualizar esse e-mail Clique neste link.

Segredo para Enfrentar Tempestades

De: "Associação Devotos de Fátima" <atendimento@adf.org.br>
_________

VATICANO II -  DOCUMENTO DA IGREJA CATÓLICA ROMANA - ANOS 1960

"CONSTITUIÇÃO DOGMÁTICA
"LUMEN GENTIUM" - LUZ DOS POVOS: A IGREJA É SEMPRE!
SOBRE A IGREJA

 
CAPÍTULO VIII

A BEM-AVENTURADA VIRGEM MARIA MÃE DE DEUS
 NO MISTÉRIO DE CRISTO E DA IGREJA


 III. A VIRGEM SANTÍSSIMA E A IGREJA
"A natureza da sua mediação

 III. A VIRGEM SANTÍSSIMA E A IGREJA

"O influxo salutar de Maria e a mediação de Cristo"

"60. O nosso mediador é só um, segundo a palavra do Apóstolo: «não há senão um Deus e um mediador entre Deus e os homens, o homem Jesus Cristo, que Se entregou a Si mesmo para redenção de todos (1 Tim. 2, 5-6). Mas a função maternal de Maria em relação aos homens de modo algum ofusca ou diminui esta única mediação de Cristo; manifesta antes a sua eficácia. Com efeito, todo o influxo salvador da Virgem Santíssima sobre os homens se deve ao beneplácito divino e não a qualquer necessidade; deriva da abundância dos méritos de Cristo, funda-se na Sua mediação e dela depende inteiramente, haurindo aí toda a sua eficácia; de modo nenhum impede a união imediata dos fiéis com Cristo, antes a favorece."


"62. Esta maternidade de Maria na economia da graça perdura sem interrupção, desde o consentimento, que fielmente deu na anunciação e que manteve inabalável junto à cruz, até à consumação eterna de todos os eleitos. De facto, depois de elevada ao céu, não abandonou esta missão salvadora, mas, com a sua multiforme intercessão, continua a alcançar-nos os dons da salvação eterna (185). Cuida, com amor materno, dos irmãos de seu Filho que, entre perigos e angústias, caminham ainda na terra, até chegarem à pátria bem-aventurada.

 Por isso, a Virgem é invocada na Igreja com os títulos de advogada, auxiliadora, socorro, medianeira (186). Mas isto entende-se de maneira que nada tire nem acrescente à dignidade e eficácia do único mediador, que é Cristo (187)."

"Efetivamente, nenhuma criatura se pode equiparar ao Verbo encarnado e Redentor; mas, assim como o sacerdócio de Cristo é participado de diversos modos pelos ministros e pelo povo fiel, e assim como a bondade de Deus, sendo uma só, se difunde variamente pelos seres criados, assim também a mediação única do Redentor não exclui, antes suscita nas criaturas cooperações diversas, que participam dessa única fonte."

"Esta função subordinada de Maria, não hesita a Igreja em proclamá-La; sente-a constantemente e inculca-a aos fiéis, para mais intimamente aderirem, com esta ajuda materna, ao seu mediador e salvador."

"V. MARIA, SINAL DE SEGURA ESPERANÇA E DE CONSOLAÇÃO
 PARA O POVO DE DEUS PEREGRINANTE

"Sinal de Esperança e de consolação

"68. Entretanto, a Mãe de Jesus, assim como, glorificada já em corpo e alma, é imagem e início da Igreja que se há-de consumar no século futuro, assim também, na terra, brilha como sinal de esperança segura e de consolação, para o Povo de Deus ainda peregrinante, até que chegue o dia do Senhor (cf. 2 Ped. 3,10)."

"Medianeira para a unidade da Igreja

"69. E é uma grande alegria e consolação para este sagrado Concílio o facto de não faltar entre os irmãos separados quem preste à Mãe do Senhor e Salvador o devido culto; sobretudo entre os Orientais, que acorrem com fervor e devoção a render culto à sempre Virgem Mãe de Deus (194). Dirijam todos os fiéis instantes súplicas à Mãe de Deus e mãe dos homens, para que Ela, que assistiu com suas orações aos começos da Igreja, também agora, exaltada sobre todos os anjos e bem-aventurados, interceda, junto de seu Filho, na comunhão de todos os santos, até que todos os povos, tanto os que ostentam o nome cristão, como os que ainda ignoram o Salvador, se reúnam felizmente, em paz e harmonia, no único Povo de Deus, para glória da santíssima e indivisa Trindade."

     Roma, 21 de Novembro de 1964.

                                                PAPA PAULO VI

http://www.vatican.va/archive/hist_councils/ii_vatican_council/documents/vat-ii_const_19641121_lumen-gentium_po.html
____________

Discursos São João Paulo II 2000

 "Aspirai aos melhores dons!" (1Co 12,31).

Maria foi a fonte de sabedoria - Nele e com Ela podemos ter acesso
a Jesus, nosso Tesouro inefável e inesgotável de virtudes e amor.

"Acorramos todos, vindos das diversas Igrejas e Comunidades
eclesiais espalhadas pelo mundo, para a festa que se prepara;
tragamos connosco aquilo que já nos une, e o olhar fixo unicamente
em Cristo permita-nos crescer na unidade que é fruto do Espírito"
(Incarnartionis mysterium, 4).

Enquanto juntamente convosco oro à Virgem Maria, para que cada um acolha o dom do Espírito para ser testemunha de Cristo lá onde vive,
de bom grado concedo-vos, queridos Irmãos e Irmãs, e às vossas famílias a minha afectuosa Bênção.

167 Vaticano, 24 de Abril de 2000.

http://www.clerus.org/bibliaclerusonline/pt/hw3.htm
___________

São Luís Maria Grignion de Montfort

TRATADO DA
VERDADEIRA DEVOÇÃO
À SANTÍSSIMA VIRGEM MARIA
“Preparação ao Reino de Jesus Cristo”

Novíssima Versão Portuguesa
Fiel à Edição Original Francesa
2002 - 2003 - 2004 - 2005 - 2006 - 2007

http://www.amen-etm.org/TratadoDaVerdadeiraDevocao.pdf

___________

Maria, medianeira de todas as graças - 11 maio 2011

"O fato da Palavra de Deus, citar Jesus como único mediador entre Deus e os homens não acaba com a co-mediação de outros, inclusive Maria. "

"Maria é medianeira de todas as graças, pois conforme já mostrado e também afirmado por diversos santos, doutores e papas; é Mãe de Cristo e como somos parte do corpo d’Ele, Maria é nossa mãe. Se a graça provém do Verbo, logo a graça passa por Maria, mãe do Verbo. Dessa maneira a Igreja crê que as graças obtidas pelos fieis, chegam também pelas mãos imaculadas da Virgem Santíssima, pois que a ela pode-se recorrer, ante a mediação única que exerce o Senhor Jesus junto ao Pai (I Tm 2,5)."

" Maria sempre esteve em comunhão, pois jamais conheceu o pecado e por isso, a intercessão de Maria é a intercessão que excede a petição de todos os demais bem aventurados."

Eduardo Moreira e John Lennon J. da Silva


____________

Senhora dos Povos: Medianeira, advogada Celestial, Correndentora da humanidade juntamente com Jesus, Nosso Senhor e Salvador único.

J B Pereira


Maria é partícipe especialíssima na ordem da graça em função ou em vista dos méritos da Jesus e sua paixão e morte na cruz e sua ressurreição (nunca abandonou Jesus na vida e na morte: coube a Deus eleva-la em corpo e em alma ao céu - é o que se chama Ascensão da Bem-Aventurada Virgem Mãe de Deus.)

Maria, Amada por Deus (em hebraico: "Miriam"), é nossa Mãe Celestial por causa do mandato de Jesus a João, o discípulo Amado:

(Jo 19,26-27).

“Maria é para nós a Mãe na ordem da graça” (LG, 61) em nome de seu filho e em harmonia ou sintonia com Jesus e com a Santíssima Trindade.

"Tudo por Jesus, nada sem Maria!
Com Maria e tudo por Jesus!" (pensamento da Igreja Católica Romana)

"Ave, Cheia de Graças, o Senhor é contigo."
"O nome da Virgem era Maria..."

Três Fiat's (= três sim de Maria, Mãe do Senhor Jesus):
1º) Na encarnação do Verbo de Deus ou no Anúncio do Arcanjo Gabriel:
"Eis aqui a serva do Senhor, faça-se conforme a Vontade de Deus..."

2º). Aos pés da Cruz, entrega seu filho à vontade de Deus para a salvação dos homens - vendo-o humilhado, torturado, crucificado e morto... Antes de morrer, Jesus disse a João:
- Eis aí tua Mãe!
E olhando para a mãe, disse a João Evangelista:
"- Mulher, eis aí seu (novo) filho!"
"A partir daquele instante, o Discípulo Amado A levou para a casa" dele

(para a casa de seu coração interior, para o interior da comunidade = Igreja - "Ecclesia" em latim - Maria se tornou a referência maior ao lado dos apóstolos do amor e seguimento a Jesus morto e ressuscitado...);

3º) Em Pentecostes, Maria e outras mulheres estavam reunidas no Cenáculo, em oração, com os apóstolos a esperar a Descidas do Espírito Santo sobre a igreja e a multidão de Jerusalém.

_____________

X SEL – Seminário de Estudos Literários

UNESP – Campus de Assis
ISSN: 2179-4871
www.assis.unesp.br/sel
sel@assis.unesp.br

O VESTÍGIO DA PARÁBOLA NAS HISTÓRIAS DE MÃE EM SEBASTIÃO BEMFICA MILAGRE E EM MOACYR SCLIAR

José João Bosco Pereira (Mestrando – PROMEL – UFSJ/MG)
Maria Ângela de Araújo Resende (Professora – DELAC – UFSJ/MG)

RESUMO: Este trabalho elucida a História de Mãe de Sebastião Bemfica Milagre (1963) e de Moacyr
Scliar (2006) como parábola deslocada. Como deuterocanônicas, as escrituras fora do cânone são
narrativas da migração na modernidade tardia como superposição de temporalidades e oscilação do
novo. Essas narrativas evidenciam a tensão oralidade-tradição-textualidade. Alguns teóricos explicitam
essa prática: Benjamin (1985), Piglia (1991), Burke (2003), Le Goff (2003) e E. P. Thompson (apud HALL,
2003). Os exegetas Paul (1981), Charpentier (1982), Delorme (1982) e Gruen (1984) analisam o contexto
bíblico da parábola. Enquanto Milagre (1963) tece a haggadah como o narrar o caminho e a
espiritualidade (halakah) na parábola de o Rico e o Pobre, Scliar (apud LAJOLO, 2006) narra a história
dos pais em 1917, à luz da pintura Gestante com livro, de Lasar Segall (1930). Os vestígios da parábola
sobrevivem no Brasil como gênero híbrido de resistência entre ficção e história. Discute-se o locus
alegórico da parábola e da cultura como representação-deslizamento do significante na poesia e no
conto.
PALAVRAS-CHAVE: Parábola; exegese; hibridismo cultural; narrativas parabólicas; literatura brasileira.

http://sgcd.assis.unesp.br/Home/PosGraduacao/Letras/SEL/anais_2010/josejoao.pdf

__________

ORAÇÃO

Salve, Regina, Mater misericordiae;
vita, dulcedo et spes nostra, salve.
Ad te clamamus...
illos tuos misericordes oculos ad nos converte
et Iesum, benedictum fructum ventris tui,
nobis post hoc exilium ostende.
Alcançai-nos a graça da fé, da esperança e da caridade,
para que, como Vós, também nós
saibamos perseverar junto da cruz
157 até ao último respiro.
Ao vosso Filho, Jesus, nosso Salvador,
com o Pai e o Espírito Santo,
toda a honra e glória pelos séculos dos séculos.
R. Amen.


http://www.clerus.org/bibliaclerusonline/pt/hw3.htm

_______________

5 razões para você se inscrever no grupo de oração Apóstolos da Cura de Nossa Senhora de Lourdes


1. Estamos afundando num oceano profundo de epidemias, doenças crônicas, viroses e bactérias que surgem repentinamente, adoecem e debilitam até os mais saudáveis.

2. Quando não são as doenças físicas somos acometidos pelas enfermidades espirituais que inesperadamente provocam tristeza, desânimo, depressão, pânico, pensamentos ruins e até a vontade de morrer.

3. Você conhece pessoas que estão debilitadas e já tentaram de tudo, mas nada é capaz de curá-las. Nem os especialistas.

4. As estatísticas são alarmantes. Quer dois exemplos? A depressão é a maior causa de incapacitação no mundo. Além dela, 300.000 pessoas sofrem infartos todos os anos no Brasil. Uma doença que não costuma dar avisos.

5. Diversas doenças físicas podem ser ocasionadas por problemas de ordem espiritual. Quem tem poder para curá-las é Nossa Senhora de Lourdes, Padroeira da Saúde.

Inscreva-se no grupo Apóstolos da Cura para incluir seu nome nas 60 missas anuais e ganhar o acesso a um site para escrever seus pedidos pela saúde.
Por meio de uma pequena doação mensal você se inscreverá neste Grupo de Oração e...

A sua ajuda sustentará a nossa missão de difundir a devoção à Nossa Senhora de Lourdes para pessoas que necessitam de alguma cura. Investiremos em materiais de divulgação dentro e fora da internet.


A cada semana será celebrada uma Missa Especial. Serão mais de 60 por ano. Você receberá, por e-mail, um link para escrever nomes e pedidos de graças em cada uma destas missas.


Todo dia, os religiosos da nossa Associação rezarão mais de 50 terços suplicando à Nossa Senhora para que Ela interceda pelos seus pedidos de graças. Por ano serão quase 20.000 terços rezados por você.


Seu nome será levado até o Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, na França, local onde existe a famosa Gruta das Aparições. Neste lugar a Virgem Maria apareceu à humilde Bernadette Soubirous e revelou esta devoção impressionante.

Você ganhará de presente, por Correio, uma ou mais Medalhas de Nossa Senhora de Lourdes para suplicar pela cura das enfermidades.

Clique para receber estas graças e ajudar a manter este apostolado da Protetora da Saúde.
“Nos perigos, nas angústias, nas incertezas, pensa em Maria, invoca Maria.”
- São Bernardo de Claraval, Doutor da Igreja Católica -

© Este é um projeto apostólico sem fins lucrativos da Associação Devotos de Fátima

https://adf.org.br/apostolosdacura/?origem=9802#motivos
J B Pereira e http://www.amen-etm.org/TratadoDaVerdadeiraDevocao.pdf e https://www.comshalom.org/maria-medianeira-de-todas-as-gracas/
Enviado por J B Pereira em 17/01/2019
Reeditado em 25/01/2019
Código do texto: T6553029
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2479 textos (1486378 leituras)
20 e-livros (211 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 23:49)
J B Pereira