Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÁBADO - NOSSA SENHORA DOS POVOS - SERVA, MÃE E RAINHA EM NOME DE JESUS, FILHO DE DEUS E DA IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM MARIA (SERMÃO DE STO. ANSELMO), "MÃE DO SENHOR JESUS". MADRE CECÍLIA E FREI SIGRIST : OS MISSIONÁRIOS DOS POBRES EM PIRACICABA, SP

"Imaculada Maria de deus
Coração pobre acolhendo Jesus
Imaculada Maria do povo
Mãe dos aflitos que estão junto à Cruz"
https://www.letras.mus.br/catolicas/imaculada/

________

Oração à Imaculada Conceição feita por Nhá Chica
       Virgem da Conceição, Vós fostes aquela Senhora que entrastes no céu vestida de sol, calçada de lua, coroada de estrelas e cercada de anjos...
Vós prometestes ao Anjo Gabriel que socorreríeis a todo aquele que invocasse Vosso Santo Nome.


Agora é a ocasião.
Valei-me, Senhora da Conceição! (3 vezes)
(Faça seu pedido)
Salve Rainha, mãe de misericórdia...

Fazer essa novena por 9 dias seguidos, no mesmo horário.

________________________________________

Oração à Imaculada Conceição feita por Nhá Chica

       Virgem da Conceição, Vós fostes aquela Senhora que entrastes no céu vestida de sol, calçada de lua, coroada de estrelas e cercada de anjos...
Vós prometestes ao Anjo Gabriel que socorreríeis a todo aquele que invocasse Vosso Santo Nome.


Agora é a ocasião.
Valei-me, Senhora da Conceição! (3 vezes)
(Faça seu pedido)
Salve Rainha, mãe de misericórdia...

Fazer essa novena por 9 dias seguidos, no mesmo horário.

http://www.devocaoefeblog.com.br/2013/05/oracoes-e-novena-de-nha-chica.html
Enviado por J B Pereira em 22/10/2017
Código do texto: T6149740
Classificação de conteúdo: seguro
J B Pereira e http://www.devocaoefeblog.com.br/2013/05/oracoes-e-novena-de-nha-chica.html

https://www.recantodasletras.com.br/oracoes/6149740
____________

Blessed John Duns Scotus: “Marian Doctor”
BY JEAN HEIMANN · NOVEMBER 8, 2017

Oração

"Pai Celestial, Você encheu John Duns Scotus com sabedoria e através de sua vida e ensinamento nos deu um testemunho do Seu amor Encarnado. Que possamos entender mais profundamente o que ele ensinou para que possamos viver em crescente caridade."

Oração pela Canonização do Beato John Duns Scotus

"Ó Senhor Altíssimo, Todo-Poderoso e gracioso, Que exalta os humildes e confunde os orgulhosos de coração, concede-nos a grande alegria de ver o beato João Duns Scotus canonizado. Ele honrou o teu filho com os mais sublimes louvores; ele foi o primeiro a defender com sucesso a Imaculada Conceição da Virgem Maria; ele viveu em obediência heroica ao Santo Padre, à Igreja e à Ordem Seráfica. Ó Santo Padre, Deus de infinito amor, ouve, suplico-Te, nossa humilde oração, através dos méritos do teu Filho Unigênito e da sua Mãe, Porta do Céu e Esposa do Espírito Santo."

http://www.jeanmheimann.com/2017/11/blessed-john-duns-scotus-marian-doctor/
___________

ORAÇÃO PELA CANONIZAÇÃO DO BEATO DUNS SCOTO

J B Pereira – portal Recanto das Letras. 07/12/2014.
O Deus de eterno Amor, que escolhestes Duns Scoto para defender as verdades sobre a Imaculada Conceição da Virgem Maria, nos vo-lo suplicamos que Scoto seja elevado à glória dos altares como amor e fidelidade à Igreja e veneração sincera a Virgem Imaculada. Com ele, reconhecemos nosso Salvador nascido de Maria de tal modo que Deus permaneça no centro de nossas vidas e que tenhamos santo respeito à Igreja e à Virgem Maria. Amém.
Reze um Pai-Nosso, uma  Ave-Maria, um Glória ao Pai.
Beato Duns Scoto, rogai por nós para que sejamos dignos  das Promessas de Cristo.
Tudo por Jesus, nada sem Maria. Nada sem Maria, tudo por Jesus. Amém.
________________________
Duns Scoto e a Imaculada Conceição
http://www.franciscanos.org.br/?p=4351
https://www.youtube.com/watch?v=SZb1vjrcJZM

https://www.recantodasletras.com.br/oracoes/5092121
_______________

Fé de Duns Scotus - Beato da Igreja - defensor da Imaculada Conceição no século XIV
http://www.youtube.com/watch?v=SZb1vjrcJZM

Duns scotus – DVD

http://www.youtube.com/watch?v=MkxqMPV1Tsc

Cine Família | Beato Duns Scoto - Dia 08 de Dezembro de 2013, às 14:45, na Rede Aparecida
 
Cine Família | Beato Duns Scoto - Dia 08 de Dezembro de 2013, às 14:45, na Rede Aparecida
01 de Dezembro de 2013 às 16h00.

https://www.recantodasletras.com.br/oracoes/4718251
_______________

Bula "Ineffabilis Deus" - Dogma da Imaculada Conceição
Pio IX

Posição e privilégios de Maria nos desígnios de Deus

Deus inefável, "cuja conduta toda é bondade e fidelidade", cuja vontade é onipotente, e cuja sabedoria "se estende com poder de um extremo ao outro (do mundo), e tudo governa com bondade", tendo previsto desde toda a eternidade a triste ruína de todo o gênero humano que derivaria do pecado de Adão, com desígnio oculto aos séculos, decretou realizar a obra primitiva da sua bondade com um mistério ainda mais profundo, mediante a Encarnação do Verbo. Porque, induzido ao pecado — contra o propósito da divina misericórdia — pela astúcia e pela malícia do demônio, o homem não devia mais perecer; antes, a queda da natureza do primeiro Adão devia ser reparada com melhor fortuna no segundo."

"O Proto-Evangelho

22. Por tal motivo, ao explicar as palavras com que, desde as origens do mundo, Deus anunciou os remédios preparados pela sua misericórdia para a regeneração dos homens, confundiu a audácia da serpente enganadora e reergueu admiravelmente as esperanças do gênero humano, dizendo: "Porei inimizades entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela", eles ensinaram que, com esta divina profecia, foi clara e abertamente indicado o misericordiosíssimo Redentor do gênero humano, isto é, o Filho Unigênito de Deus, Jesus Cristo; foi designada sua beatíssima Mãe, a Virgem Maria; e, ao mesmo tempo, foi nitidamente expressa a inimizade de um e de outra contra o demônio.

23. Em conseqüência disto, assim como Cristo, Mediador entre Deus e os homens, assumindo a natureza humana destruiu o decreto de
condenação que havia contra nós, cravando-o triunfalmente na Cruz, assim também a Santíssima Virgem, unida com Ele por um liame estreitíssimo e indissolvível, foi, conjuntamente com Ele e por meio d’Ele, a eterna inimiga da venenosa serpente, e esmagou-lhe a cabeça com seu pé virginal.

Figuras bíblicas de Nossa Senhora

24. Deste nobre e singular triunfo da Virgem, da sua excelentíssima inocência, pureza e santidade, da sua imunidade do pecado original, e da inefável abundância e grandeza de todas as suas graças, virtudes e privilégios, viram os mesmos Padres uma figura na arca de Noé, que, construída por ordem de Deus, ficou completamente salva e incólume do naufrágio comum; na escada que Jacó viu, da terra, chegar até ao céu: escada por cujos degraus os Anjos subiam e desciam, e em cujo topo estava o próprio Senhor; na sarça que, embora vista por Moisés arder no lugar santo, por todos os lados, em chamas crepitantes, contudo não se consumia nem sofria dano algum, mas continuava a ser bem verde e florida; naquela torre inexpugnável, posta defronte do inimigo, da qual pendem mil escudos e toda a armadura dos fortes; naquele jardim fechado, que não devia ser violado ou danificado por nenhuma fraude ou por nenhuma insídia; naquela resplandecente cidade de Deus, que tem os seus fundamentos sobre as montanhas santas; naquele augusto templo de Deus que, refulgente dos divinos esplendores, está cheio da glória do Senhor; e, enfim, em todas aquelas outras inúmeras figuras em que os Padres divisaram (e lhe transmitiram o ensinamento) o claro prenúncio da excelsa dignidade da Mãe de Deus, da sua ilibada inocência e da sua santidade, nunca sujeita a qualquer mancha.

Expressões dos Profetas

25. Os mesmos Padres, para descreverem esse maravilhoso complexo de dons divinos e a inocência original da Virgem, Mãe de Jesus, recorreram também aos escritos dos Profetas, e celebraram a mesma augusta Virgem como uma pomba pura; como uma Jerusalém santa; como o trono excelso de Deus; como arca santificada; como a casa que a eterna sabedoria para si mesma edificou; e como aquela Rainha que, cumulada de delícias e apoiada ao seu Dileto, saiu da boca do Altíssimo absolutamente perfeita, bela, caríssima a Deus, e jamais poluída por mancha de culpa.

A "Ave-Maria" e o "Magnificat"

26. Depois, quando os mesmos Padres e os escritores eclesiásticos consideravam que, ao dar à beatíssima Virgem o anúncio da
altíssima dignidade de Mãe de Deus, por ordem do próprio Deus, o Anjo Gabriel lhe chamara cheia de graça, ensinaram que com esta singular e solene saudação, até então nunca ouvida, se demonstrava que a Mãe de Deus era a sede de todas as graças de Deus, era exornada de todos os carismas do Espírito Divino; antes, era um tesouro quase infinito e um abismo inexaurível dos mesmos carismas; de modo que, ela não somente nunca esteve sujeita à maldição, mas foi também, juntamente com seu Filho, participante de perpétua benção: digna de, por Isabel movida pelo Espírito de Deus, ser dita: "Bendita és entre as mulheres e bendito o fruto do teu ventre".

27. Destas interpretações se infere, clara e concorde, a opinião dos Padres. A gloriosíssima Virgem, pela qual "grandes coisas fez Aquele que é poderoso", resplendeu de tal abundância de dons celestes, de tal plenitude de graça e de tal inocência, que se tornou como que por milagre de Deus por excelência, ante a culminância de todos os seus milagres, e digna Mãe de Deus; de modo que, colocada, tanto quanto é possível a uma criatura, como a mais próxima de Deus, ela se tornou superior a todos os louvores dos homens e dos Anjos.

Paralelo com Eva

28. Por conseqüência, para demonstrar a inocência e a justiça original da Mãe de Deus, eles não somente a compararam muitíssimas vezes a Eva ainda virgem, ainda inocente, ainda incorrupta e ainda não enganada pelas mortais insídias da serpente mentirosa, como também a antepuseram a ela com uma maravilhosa variedade de palavras e de expressões. De fato, Eva escutou infelizmente a serpente, e decaiu da inocência original, e tornou-se escrava da serpente; ao contrário, a beatíssima Virgem aumentou continuamente o dom tido na sua origem, e, bem longe de prestar ouvido à serpente, com o divino auxílio quebrou-lhe completamente a violência e o poder."

"Asseveraram também que a gloriosíssima Virgem foi a reparadora de seus progenitores; a vivificadora dos pósteros; aquela que o Altíssimo, desde todos os séculos, escolhera e preparara para si; que foi por Deus prenunciada, quando Ele disse à serpente: "Porei inimizades entre ti e a mulher"; que sem dúvida esmagou a cabeça da venenosa da mesma serpente. Por isto eles afirmaram que a mesma beatíssima Virgem foi, por graça, imune de toda a mancha de pecado e livre de todo contágio de corpo, de alma e de intelecto; que, tendo estado unida e junta com Deus por uma eterna aliança, ela nunca esteve nas trevas, mas sim numa luz perene; e, portanto, plenamente digna de vir a ser habitação de Cristo, não pelas disposições do seu corpo, mas pela graça original."


"Imaculada

30. A estas, depois, eles juntaram outras nobilíssimas expressões. Falando da Conceição da Virgem, atestaram que a natureza cedeu ante a graça: parou trêmula, e não ousou avança. A Virgem Mãe de Deus não devia ser concebida por Ana antes que a graça afirmasse o seu poder: porquanto devia ser concebida aquela primogênita da qual seria depois concebido o primogênito de toda criatura. Professaram que a carne da Virgem, se bem derivada de Adão, não lhe contraiu as manchas; que, por isto, a beatíssima Virgem foi aquele tabernáculo construído por Deus, formado pelo Espírito Santo, e verdadeiramente de púrpura, o qual aquele novo Beseleel teceu de ouro e com variedade de bordados; que ela foi de fato e justamente celebrada, por ser a obra-prima de Deus, por haver escapado aos dardos inflamados do maligno, e porque, bela por natureza, e absolutamente imune de toda mácula, na sua Conceição Imaculada ela apareceu no mundo como uma aurora de perfeito esplendor. Com efeito, não era conveniente que aquele vaso de eleição fosse ofuscado pelo defeito que ofusca os outros, porque ele foi diferentíssimo dos outros, e, se com eles teve de comum a natureza, não teve de comum a culpa; antes, convinha que o Unigênito, assim como teve nos céus um Pai exaltado pelos Serafins como três vezes santo, assim também tivesse na terra uma Mãe à qual nunca faltasse o esplendor da santidade.

31. E esta doutrina estava tão arraigada na mente e alma dos antigos, que, falando da Mãe de Deus, eles costumavam usar termos
verdadeiramente extraordinários e singulares. Chamavam-lhe freqüentissimamente: Imaculada, em tudo e por tudo Imaculada; inocente, antes espelho de inocência; ilibada, e ilibada em todos os sentidos; santa e longíssima de toda mancha de pecado; toda pura e toda intacta, antes o exemplar da pureza e da inocência; mais bela do que a beleza, mais graciosa do que a graça, mais santa do que a santidade; a única santa, a puríssima de alma e de corpo, que ultrapassou toda integridade e toda virgindade; a única que se tornou sede de todas as graças do Espírito Santo; tão alta que, inferior só a Deus, foi superior a todos; por natureza, mais bela, mais graciosa e mais santa que os próprios Querubins e Serafins e do que todas as falanges dos Anjos; superior a todos os louvores do céu e da terra. E ninguém ignora que esta linguagem foi como que espontaneamente introduzida também nas páginas da santa Liturgia e dos ofícios eclesiásticos, nos quais volta muitíssimas vezes com tom quase dominante. Nessas páginas, de feito, a Mãe de Deus é invocada e exaltada como única pomba de incorruptível beleza, e como a rosa sempre fresca. É invocada e louvada como puríssima, sempre imaculada e sempre bem-aventurada; antes, como a própria inocência que nunca foi lesada, e como a segunda Eva, que deu à luz o Emanuel.

Consenso unânime e Petições para a Definição do Dogma

32. Nada de admirar, pois, se os Pastores da Igreja e o povo fiel sempre se comprazeram em professar com tanta piedade, devoção e amor a doutrina da Imaculada Conceição da Virgem Mãe de Deus, que, a juízo dos Padres, está contida na Sagrada Escritura, foi transmitida por tantos dos seus importantíssimos testemunhos, é expressa e celebrada por tantos ilustres monumentos da veneranda antiguidade, e é proposta e confirmada pelo mais alto e mais autorizado magistério da Igreja. Nada de admirar, pois, se Pastores e fiéis sempre demonstraram nada terem de mais doce e de mais caro do que honrarem, venerarem, invocarem e exaltarem por toda parte com fervorosíssimo afeto a Virgem Mãe de Deus, concebida sem o pecado original.

33. Por isto, desde os tempos mais antigos, bispos, eclesiásticos, Ordens regulares, e mesmo imperadores e reis apresentaram vivas
instâncias a esta Sé Apostólica a fim de que fosse definida como dogma de fé católica a Imaculada Conceição da Santíssima Mãe de Deus. Pedidos que foram reiterados mesmo nos nossos tempos e apresentados especialmente ao Nosso Predecessor, de feliz memória, Gregório XVI, e a Nós mesmo, pelos bispos, pelo clero secular, por Famílias religiosas, como também por soberanos e por povos fiéis.

34. Portanto Nós, bem conhecendo e atentamente considerando todas estas coisas com singular alegria do Nosso coração, logo que, por imperscrutável disposição da Divina Providencia, fomos elevados a esta sublime Cátedra de Pedro, e, embora imerecedor, tomamos em mão o governo de toda a Igreja, certamente nada tivemos mais a peito — dada a terníssima veneração, piedade e afeto que desde os primeiros anos nutrimos para com a Santíssima Virgem Maria Mãe de Deus — do que levar a cumprimento tudo aquilo que ainda podia estar nos votos da Igreja, para que fosse aumentada a honra da beatíssima Virgem e resplendessem de nova luz as suas prerrogativas."

"A Definição do Dogma

41. Por isto, depois de na humildade e no jejum, dirigirmos sem interrupção as Nossas preces particulares, e as públicas da Igreja, a Deus Pai, por meio de seu Filho, a fim de que se dignasse de dirigir e sustentar a Nossa mente com a virtude do Espírito Santo; depois de implorarmos com gemidos o Espírito consolador; por sua inspiração, em honra da santa e indivisível Trindade, para decoro e ornamento da Virgem Mãe de Deus, para exaltação da fé católica, e para incremento da religião cristã, com a autoridade de Nosso Senhor Jesus Cristo, dos bem-aventurados Apóstolos Pedro e Paulo, e com a Nossa, declaramos, pronunciamos e definimos:
Doctrinam, quæ tenet, beatissimam Virginem Mariam in primo instanti suæ conceptionis fuisse singulari omnipotentis Dei gratia et privilegio, intuitu meritorum Christi Jesu Salvatoris humani generis, ab omni originalis culpæ labe præservatam immunem, esse a Deo revelatam atque idcirco ab omnibus fidelibus firmiter constanterque credendam.
A doutrina que sustenta que a beatíssima Virgem Maria, no primeiro instante da sua Conceição, por singular graça e privilégio de Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha de pecado original, essa doutrina foi revelada por Deus, e por isto deve ser crida firme e inviolavelmente por todos os fiéis.

42. Portanto, se alguém (que Deus não permita!) deliberadamente entende de pensar diversamente de quanto por Nós foi definido, conheça e saiba que está condenado pelo seu próprio juízo, que naufragou na fé, que se separou da unidade da Igreja, e que, além disso, incorreu por si, "ipso facto", nas penas estabelecidas pelas leis contra aquele que ousa manifestar oralmente ou por escrito, ou de qualquer outro modo externo, os erros que pensa no seu coração."

"45. Enfim, para que esta Nossa definição da Imaculada Conceição da beatíssima Virgem Maria possa ser levada ao conhecimento da Igreja universal, estabelecemos que, como perpétua lembrança dessa definição, fique esta Nossa Carta Apostólica, e ordenamos que às suas transcrições ou cópias, mesmo impressas, contanto que subscritas por mão de algum tabelião público e munidas do selo de algum dignitário eclesiástico, se preste absolutamente a mesma fé que prestaria à presente, se fosse exibida ou mostrada.
Ninguém, portanto, se permita infringir este texto da Nossa declaração, proclamação e definição, nem contrariá-lo e contravir-lhe. E, se alguém tivesse a ousadia de tenta-lo, saiba que incorre na indignação de Deus onipotente e dos bem-aventurados Pedro e Paulo, seus apóstolos.
Dado em Roma, junto a S. Pedro, no ano mil e oitocentos e cinqüenta e quatro da Encarnação do Senhor, a 8 de dezembro de 1854, nono ano do Nosso Pontificado.
    Para citar este texto:
"Bula "Ineffabilis Deus" - Dogma da Imaculada Conceição"
MONTFORT Associação Cultural
http://www.montfort.org.br/bra/documentos/decretos/20060220/
Online, 09/12/2018 às 20:02:36h"

http://www.montfort.org.br/bra/documentos/decretos/20060220/

________________

"Ninguém Te Ama Como Eu"
https://www.youtube.com/watch?v=G9kKYe_Jm3c

"Pelos prados e campinas" (Salmo 23) -
Gênero: Cristã/Gospel
"O Senhor é meu Pastor e nada me faltara..."
https://www.youtube.com/watch?v=DaI-IFva_ls

Flavio Buarque
09 de set de 2009

Instagram : @flavio_buarque
Caso seja católico tenho uma página no Instagram voltado a curiosidades Católicas: @fatosdocatolicismo

https://www.youtube.com/watch?v=DaI-IFva_ls

___________
Gênero: Cristã/Gospel

"És Água Viva - Padre Zezinho - YouTube
https://www.youtube.com/watch?v=az8o33h5KyM

Artista: Padre Zezinho
Álbum: Sol nascente, sol poente

Data de lançamento: 1990

____

"Te Amarei Senhor" - Gênero: Cristã/Gospel

https://www.youtube.com/watch?v=Anh0ZKq2PsE

__________________

Oferecimentos Espirituais

Oferecimento (Nossa Senhora Auxiliadora)

Oferecimento de vida dirigido em especial as mães de família, com excelentes promessas da Virgem Maria

Sete Oferecimentos do Sangue de Jesus Cristo

https://sites.google.com/site/zeroxdois/home/oferecimentos

_________

Algumas Jaculatórias

Jaculatórias com indulgências*

Jaculatórias e Antífonas a São Miguel

https://sites.google.com/site/zeroxdois/home/jaculatorias
________

MUITOS TIPOS DE ORAÇÕES E TERÇOS

https://sites.google.com/site/zeroxdois/home/tercos
________

Via-Sacras/Crucis/Matris
Via-Sacra Reparadora

Via-Sacra Eucarística de São Pedro Julião Eymard

Via-Sacra pelas Almas do Purgatório

Via-Crucis - Santo Afonso Maria Ligório

Via-Matris - o Caminho da Mãe Dolorosa

https://sites.google.com/site/zeroxdois/home/via-sacras
_______


Desagravo espirituais

05 Primeiros Sábados de Desagravo ao Imaculado Coração de Maria
Ato de desagravo ao Imaculado Coração de Maria I
Ato de desagravo ao Imaculado Coração de Maria II
Ato de desagravo ao Sagrado Coração de Jesus
Ato de desagravo de Pio XI
Ato de desagravo e Consagração ao Coração de Jesus
Desagravo ao Sagrado Coração de Jesus

https://sites.google.com/site/zeroxdois/home/desagravo-e-reparacao

_______

Reparação Espirituais

Ato de Reparação ao Imaculado Coração de Maria
Ato de Reparação ao Sacratíssimo Coração de Jesus
Oração Reparadora ao Santíssimo Sacramento
Oração Reparadora de Fátima
Reparação das blasfêmias contra o Imaculado Coração de Maria

https://sites.google.com/site/zeroxdois/home/reparacao
___________

Devoção Singelas e Sinceras

Devoção as gotas de Sangue de Cristo
Devoção as Cinco Chagas Jesus Cristo
Devoção das Sete Excelências da Virgem do Carmo
Devoção ao nome de Jesus
Devoção do dia 19 de cada mês
Devoção dos Trinta Dias a São José
Palavras de Jesus, sobre devoção a Sagrada Face
Seqüência Devotíssima ao Espírito Santo

https://sites.google.com/site/zeroxdois/home/adoracao-e-devocao

Hinos espirituais e litúrgicos

Hino ao Espírito Santo I
Hino ao Espírito Santo II
Hino a Trindade Santíssima
Hino Pontifício
Hino Veni Creator

https://sites.google.com/site/zeroxdois/home/hinos-e-responsorios

___________

ATO DE DESAGRAVO A N. SENHORA   – Para o 1 º Sábado do mês.

30/05/2018
 
  "Virgem bendita, Mãe de Deus, do céu, onde estais como Rainha, volvei benigna no vosso olhar sobre este pobre pecador, vosso servo.

Bem que conheça a sua indignidade, ele, para reparar as ofensas que vos fazem as línguas ímpias e blasfemas, do íntimo de seu coração, vos bendiz e exalta como a mais pura, a mais bela, a mais santa de todas as criaturas.

Bendiz o vosso santo Nome, bendiz as vossas sublimes prerrogativas de verdadeira Mãe de Deus, sempre Virgem, concebida sem mancha de pecado, de corredentora do gênero humano. Bendiz o eterno Padre, que vos escolheu de modo particular como Filha; bendiz o Verbo Incarnado que, revestindo-se da natureza humana no vosso seio puríssimo, vos fez sua Mãe; bendiz o Divino Espírito, que vos quis como Esposa. Bendiz, exalta e agradece à Trindade Santíssima, que desde toda a eternidade vos escolheu e vos amou com amor de predileção, a ponto de elevar-vos a mais sublime altura sobre todas as criaturas.

Ò Virgem Santa e misericordiosa alcançai o arrependimento para aqueles que vos ofendem, e aceitai este pequeno obséquio do vosso servo, obtendo do vosso Divino Filho, também para ele, o perdão de seus pecados. Assim seja.

Obs.: 500 dias de indulgência; plenária no 1º sábado nas condições do costume

http://www.oimaculadocoracaotriunfara.com.br/ato-de-desagravo-n-senhora-para-o-1o-sabado-do-mes-2/

_____________

Ato de Consagração ao Imaculado Coração de Maria

Pelo Papa Pio XII

Oh! Rainha do Santíssimo Rosário, auxilio dos cristãos, refugio
do gênero humano, vencedora de todas as batalhas de Deus!
Ante vosso Trono nos prostramos suplicantes, seguros de impetrar misericórdia e de alcançar graça e oportuno auxilio e defesa nas presentes calamidades, não por nossos méritos, mas sim unicamente pela imensa bondade de vosso maternal Coração.
Nesta hora trágica da história humana, a Vós, a vosso Imaculado Coração, nos entregamos e nos consagramos, não apenas em união
com a Santa Igreja, corpo místico de vosso Filho Jesus, que sofre e sangra em tantas partes e de tantos modos atribulada, mas sim também com todo o mundo dilacerado por atrozes discórdias, abrasado em um incêndio de ódio, vítima de suas próprias iniquidades.
Que vos comovam tantas ruínas materiais e morais, tantas dores, tantas angustias de pais e mães, de esposos, de irmãos, de crianças inocentes;
Tantas vidas cortadas em flor, tantos corpos despedaçados na horrenda carnificina, tantas almas torturadas e agonizantes, tantas em perigo de perderem-se eternamente.
Vós, Oh! Mãe de misericórdia, consegui-nos de Deus a paz; e, ante tudo, as graças que podem converter-se em um momento os humanos corações, as graças que reparam, conciliam e asseguram a paz.
Rainha da paz, rogai por nós e dai ao mundo em guerra a paz por quem suspiram os povos, a paz na verdade, na justiça, na caridade de Cristo.
Dai a paz das armas e a paz das almas, para que na tranqüilidade
da ordem se dilate o reino de Deus.
Concedei vossa proteção aos infiéis e a quantos jazem ainda nas sombras da morte; concedeis a paz e fazei que brilhe para eles o sol
da verdade e possam repetir com nós ante o único Salvador do mundo: glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade.
Dai a paz aos povos separados pelo erro ou a discórdia, especialmente
a aqueles que vos professam singular devoção e nos quais não havia casa onde não se achasse honrada vossa venerada imagem (hoje quiçá oculta e retirada para melhores tempos), e fazei que retornem ao único redil de Cristo sob o único verdadeiro Pastor.
Obtende paz e liberdade completa para a Igreja Santa de Deus; contei
o dilúvio inundante do neopaganismo, fomentai nos fiéis o amor
à pureza, a prática da vida cristã e do zelo apostólico, a fim de que aumente em méritos e em número o povo dos que servem a Deus.
Finalmente, assim como foram consagrados ao Coração de vosso Filho Jesus a Igreja e todo o gênero humano, para que, postas nele todas
as esperanças, fosse para eles sinal e prenda de vitória e de salvação;
De igual maneira, Oh! Mãe nossa e Rainha do Mundo, também nos consagramos para sempre a Vós, a vosso Imaculado Coração, para
que vosso amor e patrocínio acelerem o triunfo do Reino de Deus,
e todas as gentes, pacificadas entre si e com Deus, Vos proclamem
bem-aventurada e entoem convosco, de um extremo a outro da terra,
o eterno Magníficat de glória , de amor, de reconhecimento ao Coração de Jesus, no qual apenas se podem achar a Verdade, a Vida e a Paz."

https://sites.google.com/site/zeroxdois/home/consagracoes/ato-de-consagracao-ao-imaculado-coracao-de-maria-pio-xii

Orações Comuns
Orações Diversas
Outras Orações
Oração por Ocasiões
Jaculatórias
Coroas
Terços
Rosários
Tríduos
Novenas
Ladainhas
Via-Sacras/Crucis/Matris
Consagrações
Oferecimentos
Hinos
Responsórios
Adoração
Devoção
Desagravo
Reparação
Invocações

Alma de Cristo

(Invocações à Sacratíssima 'Alma de Jesus Cristo')

Invocação ao Espírito Santo
Invocação a Santíssima Trindade
Invocação a São José
Invocação do Espírito Santo
Invocação dos dons do Espírito Santo
Invocação dos Méritos do Sangue Preciosíssimo de Jesus
Invocações ao Sagrado Coração
Invocações a Santa Bernadette
Invocações a São Gabriel Arcanjo

Veja mais:

Súplicas
Saudações
Meditações*
Confissão
Documentos
Histórias e outros
Vida dos Santos
Filmes religiosos Online

Santo Antônio de Pádua -               http://pt.gloria.tv/?media=76197
São Maimiliano Maria Kolbe -          http://pt.gloria.tv/?media=94110
O Apocalipse de João -                   http://pt.gloria.tv/?media=85594
Pedro Apostolo -                            http://pt.gloria.tv/?media=85271
Padre Pio -                                    http://pt.gloria.tv/?media=75496
A paixão de Cristo -                        http://pt.gloria.tv/?media=76986
Santa Rita de Cassia -                    http://pt.gloria.tv/?media=82552
Tomé -                                           http://pt.gloria.tv/?media=77506
Antônio Guerreiro de Deus -             http://pt.gloria.tv/?media=75402
Bakhita A Santa -                            http://pt.gloria.tv/?media=85277
Karol o homem que se tornou Papa - http://pt.gloria.tv/?media=82101
O Rei Davi -                                     http://pt.gloria.tv/?media=81629
O Milagre de Fatima -                       http://pt.gloria.tv/?media=74390


FONTE:
https://sites.google.com/site/zeroxdois/home/consagracoes/ato-de-consagracao-ao-imaculado-coracao-de-maria-pio-xii

______________

TRADIÇÕES E ESTUDOS DA BÍBLIA DA IGREJA CATÓLICA

J B PEREIRA

Os costumes santos e puros da nossa Santa Igreja Católica, como:

1. confissão sacramental - perdão dos pecados na confissão;
2. a comunhão sincera na santa missa,
3. orar pelas intenções do Papa,
4.  orar esse ato de desagravo ao Coração da Imaculada Conceição,
como penitência após a confissão e a comunhão eucarística:
pode-se orar:
Pai-Nosso,
Ave-Maria,
Glória ao Pai...,
Salve-Rainha,
5. O terço ou o Rosário.
6. "Lembrai-vos, ó Virgem Maria, de que nunca se ouviu dizer... " - de São Bernado e outras orações da Igreja Católica Romana dedicadas à Virgem Imaculada e cantar bons cantos,
7. Conhecer e adquirIR a Bíblia EDIÇÃO AVE-MARIA, PAULINAS, PAULUS, DE JERUSALÉM, o Novo Testamento, orar os salmos, estudar as Cartas de Paulo,
adquirir: os documentos da Igreja Católica Romana e da CNBB;
- Catecismo Católico,
- Catecismo para jovens chamado YouCat.

Ler mais e com fé a Bíblia, adquirir e ler:
Imitação de Cristo, de Kemps;
o Tratado da Verdadeira devoção da Virgem Maria, de Luís Montfort;
Jesus O Mestre dos mestres, de Augusto Cury.

8. SEGUIR OS MANDAMENTOS DE DEUS.
9. SEGUIR OS MANDAMENTOS DA IGREJA: contribuir com o dízimo...
10. Participar de pastorais da nossa Igreja,
11. Ler, divulgar e adquirir as revistas católicas como:
- Brasil Cristãos,
- Revistas de Nossa Senhora Aparecida,
- Canção Nova,
- livros e obras das Paulinas,
- revista Kairós,
etc.
12. Ouvir as rádios e Tevês Católicas Romanas e da sua diocese ou paróquias.

J B PEREIRA
___________

Novo Testamento: Bíblia ( = Os Livros em grego n plural)

"... O NOME DA VIRGEM era Maria."  (Lc. 1, 27).

Maria no hebraico é "Miriam": Amada por Deus!

_________
Antigo Testamento: Bíblia ou Escrituras
 
"Ecce
Virgo
Concepiet
et
pariet
Filium. Isaías VII, 14.

"Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal:
Eis que
a virgem
conceberá,
e
dará à luz
um filho,
e chamará o seu nome Emanuel.

Isaías 7:14

________

 E o anjo Gabriel disse:
"-  o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo..."
 (Lc 1, 28)
E Isabel, sua parenta, que era estéril, disse:
" - E exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres e bendito
é o fruto do teu ventre."  Lc. 1, 42
E Maria, depois do Sim
(ou " - Fiat Voluntas Tua...." =
" -Seja feita Tua vontade, ó Deus!)
Lucas 1, 38.
Disse Maria:
" - ... porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora,
me proclamarão bem-aventurada todas as gerações..."  Lc. 1, 48.

Esse trecho está no "Magnifica  = " - Minha Alma exulta, glorifica
o Senhor Deus... "
= É o lindo e puro Cântico de Louvor da Virgem Maria, síntese belíssima do Antigo e Novo Testamentos -
Obra magnífica de amor, de sabedoria, de virtudes, de Arte inimitável - da Virgem à Trindade de Deus Uno e Trino,
Poema suavíssimo e puríssimo eternamente grato a Deus que a escolheu eterna e misticamente para ser a Mãe de Jesus, nosso Salvador e Mestre, segundo as Escrituras Sagradas.
Cântico mais belo, lindo, de valor inestimável, incalculável para a nossa salvação, inigualável da Bíblia, para a Igreja Viva!
POESIA DE OURO E DIAMANTE DA VIRGEM IMACULADA PARA O PARAÍSO,
JOIA feminina, maternal, celestial, BONDOSA E MATERNAL DA VIRGEM, BAÚ DA SABEDORIA DA MULHER MAIS PURA, LINDA, BONDOSA E SANTA DA TERRA,
SÍNTESE TEOLOGICAMENTE PERFEITA DA ESCRITURA DE DEUS
PARA os eleitos e as eleitas de todos os tempos e culturas, tempos
e momentos, O MUNDO SEGUNDO SEU PROJETO DE AMOR PARA A IGREJA,
A HUMANIDADE, OS LARES, AS MULHERES, AS VIRGENS CONSAGRADAS, AS SANTAS DE DEUS,
diante desse poema ou cântico
os anjos em coro celestial
cantam - sem cessar, na liturgia infinitamente incrível -
 suavemente e eternamente. Amém!
Três vezes o mais puro e imenso Aleluia!
 
O Cântico (marial ou Mariológico perfeitíssimo) da Virgem
é Obra de quem conhece, ama e vive a Palavra,
Ouve Jesus, admira o Nosso Deus eterna e amorosamente
 - só ele e ninguém mai depois de Jesus viveu tão pura e santamente
as coisas de Deus e dos profetas na Terra e Assunta ao Céu contempla a Face de Jesus e do nosso Deus exemplarmente e nos quer junto dela
para exultar Deus e Jesus, novos Santos de Israel e da Igreja Toda. Amém.)

"46. E Maria disse: Minha alma glorifica ao Senhor,
47. meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador," Lc 1, 46-47.

https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/sao-lucas/

____________

Diocese de Piracicaba

http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?n=600

“Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura” Mc 16,15

Frei Bruno Varriano, OFM,
lança livro “Maria, Mãe da Humanidade”
com citação especial à Madre Cecília
16/01/2018  |  14:29:10

"No próximo domingo, 21 de janeiro, frei Bruno Varriano, OFM,
vem à Diocese de Piracicaba para lançar seu novo livro:
“Maria, Mãe da Humanidade”.
A sessão solene de autógrafos está marcada para 17h30, no Lar Escola Coração de Maria Nossa Mãe (Centro de Espiritualidade e Missão Madre Cecília), na Rua Boa Morte nº 1955, Centro de Piracicaba.
O evento terá a cobertura da TV Canção Nova."

Para irmã Irma Madalena Calgarôto:
“ - Madre Cecília para mim foi uma pessoa aberta ao Espírito Santo desejando sempre fazer a vontade de Deus, a exemplo de Maria,
Mãe de Deus e nossa”, lembra irmã Irma.

"MADRE CECÍLIA - Madre Cecília nasceu em 1852, em Piracicaba, filha de Pedro Liberato de Macedo e Rosa Martins Bonilha, os quais tiveram nove filhos, sendo a quinta filha do casal. Recebeu como nome de batismo Antônia Martins de Macedo. Seu ideal desde jovem era o
de se consagrar a Deus na Vida Religiosa. Não conseguindo realizar
seu projeto, aos 35 anos, por determinação de seu pai, casou-se com Francisco Borges Ferreira e após cinco anos ficou viúva com três filhos: Rosa, João e Antônio. No entanto, em 1890 chegaram a Piracicaba os Frades Capuchinhos, vindos de Trento, Itália. Tomando conhecimento
da chegada dos frades, resolveu ingressar na Ordem Franciscana Secular e foi sua primeira ministra, recebendo o nome de Irmã Cecília, como ficou conhecida.

No dia 6 de janeiro de 1896, Ir. Cecília expressou a ideia de levar
uma vida de oração e trabalho, se dedicar ao apostolado das almas, auxiliando os Capuchinhos nas missões da cidade. Esta inspiração
foi acolhida e incentivada pelo diretor espiritual, frei Luiz Maria de São Tiago, OFMCap, e pelo pároco padre Francisco Galvão Pais de Barros. Assim, no dia 2 de fevereiro de 1898, foi inaugurado o “Asilo Coração
de Maria Nossa Mãe”, para acolher meninas órfãs, pobres e desvalidas. Após dois anos, sob a orientação de frei Bernardino de Lavalle, OFMCap, e aprovação do bispo da cidade de São Paulo, Dom Joaquim Arcoverde de Albuquerque Cavalcanti, no dia 30 de Setembro de 1900, foi fundada a Congregação das Irmãs Franciscanas do Coração de Maria. Madre Cecília faleceu em 6 de setembro de 1950, aos 98 anos, deixando
para suas Irmãs de Congregação grande exemplo de santidade.

Aconselhada por bispos e sacerdotes, a Congregação, após 41 anos
de sua morte, iniciou o Processo de Canonização em 1991 com a exumação dos ossos que foram depositados numa urna na Capela
do Lar Escola. No dia 06 de setembro de 1992, mediante decreto
de então bispo diocesano, Dom Eduardo Koaik, ocorreu o início da fase diocesana no Processo de Canonização. A partir da data foram dados todos os passos para o encaminhamento do processo; foram ouvidas 130 testemunhas que conviveram com a Madre Cecília, realizadas muitas pesquisas e feitos estudos da sua vida e virtudes.
Em 1997, terminado o trabalho de introdução à Causa dos Santos, encerrou-se a primeira etapa do processo, em âmbito diocesano,
 com uma celebração solene em Piracicaba. Assim, no dia 02 de maio
de 1998, foi dada uma declaração pela Congregação dos Santos em Roma para dar prosseguimento ao processo.
Atualmente o processo está na fase de análise documental em Roma."

http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?n=600
__________

MARIOLOGIA OU HIPERDULIA
- VENERAÇÃO ESPECIALÍSSIMA
À VIRGEM MÃE IMACULADA CONCEIÇÃO
NO SEU SÁBADO E NO NOSSO CORAÇÃO.
    AMÉM - JUNTO COM A COMUNHÃO DOS SANTOS E ANJOS DO CÉU...

 “Examinais as Escrituras,
porque vós cuidais ter nelas
a vida eterna,
e são as Escrituras que de mim testificam”
( Jo 5:39).

https://www.recantodasletras.com.br/homenagens/6469347
_______________

MADRE CECÍLIA DO CORAÇÃO DE MARIA E FREI SIGRIST:
OS MISSIONÁRIOS DOS POBRES
- OUT. 2018
- JORNAL EM FOCO
- DIOCESE DE PIRACICABA, SP

"FREI SIGRIST - Francisco Erasmo Sigrist nasceu em Helvétia, Indaiatuba (SP), em 30 de maio de 1932.
Exerceu 15 anos de ministério sacerdotal em Piracicaba.
Depois de ordenado, em janeiro de 1984, foi enviado para o convento
e Paróquia Sagrado Coração de Jesus (Frades), como vice mestre
de noviços e vigário-paroquial.
Em janeiro de 1985 iniciou seu trabalho junto à Fraternidade Nossa Senhora da Glória, uma favela de Piracicaba, onde viveu em busca
da realização social e vida religiosa, até sua morte em 18 de outubro
de 1998.
Na época em que Frei Sigrist iniciou sua peregrinação, a comunidade contava com 30 famílias, que atuavam na construção de suas casas
por meio de mutirão, com verba que ele conseguiu junto à entidades suíças.
Após sua morte, Frei Sigrist foi homenageado pela comunidade,
com o seu nome na principal rua do bairro.
Entre os vários espaços públicos que recebeu seu nome está a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Cristina, em Piracicaba." (colaboração: Claudinei Pollesel)

http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?d=349

__jornal da Diocese de Piracicaba: EM FOCO - ANO XII - OUT. 2018 -
Nº 124. Parabéns à Diocese de Piracicaba pelos 75 anos de FUNDAÇÃO
E SEDE EPISCOPAL PRÓPRIA. "GLORIA TIBI, TRINITAS"

 _FONTE: Diocese de Piracicaba? São 75 anos de evangelização:
Ano Jubilar é aberto na Sé - Catedral e Regiões Pastorais.
Momento de louvor e gratidão A Diocese tem novo escudo episcopal.

Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura? Mc 16,15 Jornal da Diocese de Piracicaba: EM FOCO - ANO XII - OUT. 2018 - Nº 124.

MADRE CECÍLIA - VIDA E OBRA
Ir. Írma Madalena Calgarôto
- responsável pelo processo de canonização.
Centro de Espiritualidade e Missão Madre Cecília
DIOCESE DE PIRACICABA, SP EM FOCO - out. 2018 - nº 124 - p. 4 mcecilia.processo@fcmaria.org;br

(EMAIL PARA RELATAR E ENVIAR GRAÇAS
SOBRE CANONIZAÇÃO
DE MADRE CECÍLIA)

http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?jornal=impresso&id=150

_______________

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016
Ó Virgem, pela tua bênção é abençoada toda a criatura

https://www.icatolica.com/2016/12/o-virgem-pela-tua-bencao-e-abencoada.html

Ícone ou Imagem da imaculada Conceição

https://4.bp.blogspot.com/-4fENvPlirFc/V_ZMdOkB4GI/AAAAAAAAU4s/_7qAOmdAIoo-WfrmxVlNGcw5ep354hsGQCLcB/s1600/9.jpg

Das Meditações
de Santo Anselmo, Bispo
(Oratio 52: PL 158, 955-956) (Sec. XII)


"O céu, as estrelas, a terra, os rios, o dia e a noite, e tudo quanto
está sujeito ao poder ou ao serviço dos homens se alegram, Senhora, porque, tendo perdido a sua antiga nobreza, foram em certo modo ressuscitados por meio de Ti e dotados de uma graça nova e inefável.

Todas as coisas se encontravam como mortas, por terem perdido
a sua dignidade original de servir o domínio e o uso daqueles que louvam a Deus, para que tinham sido criadas; encontravam-se esmagadas pela opressão e desfiguradas pelo abuso que delas faziam
os servos dos ídolos, para os quais não tinham sido criadas.

Agora, porém, como que ressuscitadas, felicitam a Maria, ao verem-se governadas pelo domínio e honradas pelo uso daqueles que louvam
o Senhor.

Perante esta nova e inestimável graça, todas as coisas exultam de alegria, ao sentir que Deus, seu Criador, não só as governa invisivelmente, lá do alto, mas também está visivelmente presente
no meio delas e as santifica com o uso que delas faz.

Tão grandes bens procedem do fruto bendito do ventre sagrado da Virgem Maria. Pela plenitude da tua graça, o que estava cativo na região dos mortos exulta de alegria ao ver-se libertado, e o que estava ainda no mundo regozija-se ao sentir-se renovado. Pelo poder do Filho glorioso da tua gloriosa virgindade, os justos, que morreram antes da sua morte vivificadora, alegram-se ao ver destruído o seu cativeiro, e os Anjos regozijam-se ao ver restaurada a sua cidade quase em ruínas.

Ó Mulher cheia de graça, superabundante de graça, a tua plenitude transborda para a criação inteira e a faz reverdescer.

       Virgem bendita, entre todas as coisas bendita, pela tua bênção é abençoada toda a natureza, não só a criatura pelo Criador, mas também o Criador pela criatura.Deus entregou a Maria o seu próprio Filho,
o seu Filho Unigênito, igual a Si, a quem amava de todo o coração como a Si mesmo.

No seio de Maria, Deus formou o Filho, não distinto, mas o mesmo, para que realmente fosse um e o mesmo o Filho de Deus e de Maria. Tudo o que nasce é criatura de Deus, e Deus nasce de Maria.

Deus criou todas as coisas, e Maria gerou a Deus. Deus, que criou todas as coisas, fez-Se a Si mesmo por meio de Maria. E deste modo refez tudo o que tinha feito. Ele, que pôde fazer todas as coisas do nada,
não quis refazer sem Maria o que tinha sido arruinado.

Por esta razão, Deus é o Pai das coisas criadas, e Maria a mãe
das coisas recriadas. Deus é o Pai a quem se deve a constituição
do mundo, e Maria a mãe a quem se deve a sua restauração.

Pois Deus gerou Aquele por quem tudo foi feito, e Maria deu à luz
Aquele por quem tudo foi salvo.

Deus gerou Aquele fora do qual nada existe, e Maria deu à luz
Aquele sem o qual nada subsiste.

Verdadeiramente o Senhor está contigo, pois quis que toda a criatura reconhecesse que deve a Ti, com Ele, tão grande benefício."

SERMÕES DE SANTO ANSELMO,
BISPO DA IGREJA CATÓLICA ROMANA
 
"DAS MEDITAÇÕES DE SANTO ANSELMO,
BISPO DA IGREJA CATÓLICA ROMANA
(Oratio 52: PL 158, 955-956) (Sec. XII)"


_______________

FREI SIGRIST: O MISSIONÁRIO DOS POBRES
Diocese de PiracicabaDestaqueFrei Sigrist: o missionário dos pobres

http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?d=349
J B Pereira e http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?n=600 E https://www.icatolica.com/2016/12/o-virgem-pela-tua-bencao-e-abencoada.html E http://www.diocesedepiracicaba.org.br/capa.asp?d=349
Enviado por J B Pereira em 08/12/2018
Reeditado em 09/12/2018
Código do texto: T6522149
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2314 textos (1296495 leituras)
14 e-livros (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/19 12:25)
J B Pereira