Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vento sobre minhas asas...

Como tentar explicar tamanha sintonia?
Sinto como se nos conhecêssemos por toda minha vida.
Você traduz meus pensamentos com tuas palavras.
Palavras que queria gravar em minha alma, como um filme, só para poder ficar olhando toda hora.
Você faz com que eu me sinta tão amada que esqueço que no mundo existem problemas.
Peço a Vida que ela cuide com carinho desse diamante que é você.
E que abençoe aqueles que tem a honra de estar contigo, mesmo que por alguns instantes.
Um dia você me perguntou qual o propósito de termos nos encontrado.
Hoje sei que estamos juntos para um ajudar o outro a evoluir.
Para eu juntar os teus cacos quando você quebrar e você os meus.
Para ouvir você falar de amor ainda que sua inspiração nem sempre seja eu, porque eu sei que nada vai me tirar do teu coração.
Se você sofre, eu sofro.
Se você chora, eu choro junto.
Mas se você sorri, meu dia fica colorido.
Onde fores, levarás comigo minha mão segurando a tua e as minhas pegadas marcarão a estrada que tu trilhares, ao lado das tuas.
E nós seremos tão felizes quanto nossos corações forem capazes de ser.
Eu sabia que um dia diria estas palavras a alguém realmente especial.
Você é o andarilho que percorre as estradas sinuosas da minha alma.
Minha alma é uma flor que não consegue manter suas pétalas fechadas diante do calor do sol e vai se abrindo tal qual as pernas de uma fêmea quando percebe que seu homem está chegando...
Assim é minha alma para você.
Você enche a minha existência de emoção, de calor...
E se hoje escrevo estas palavras, é apenas porque és, não somente minha inspiração, mas o pólen que atrai as minhas asas.
Você me tem.
Você é dono de cada fração dos meus pensamentos,
cada átomo do meu ser
cada coisa que eu vejo, que eu sinto
cada nuance minha
cada respirar
é tudo seu...
Porque tu te tornaste responsável pelo que cativastes.
Você é meu encantamento.
E sei que ninguém me pertence mais do que tu.
E de ninguém eu fui ou serei mais do que tua.
Não quero possuir o teu amor, ou a tua vida.
Não quero ser dona de nada.
Donas sempre estão em níveis divergentes.
Quero ser tua companheira,
Caminhar lado a lado contigo,
Ainda que seus passos pisem uma estrada e os meus pisem outra.
Não quero conhecer o futuro.
Quero apenas estar preparada para vivê-lo.
E ser digna dele.
J Butterfly
Enviado por J Butterfly em 22/06/2007
Reeditado em 02/10/2007
Código do texto: T536654

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
J Butterfly
Manaus - Amazonas - Brasil
51 textos (15455 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 05:08)
J Butterfly