Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
180px-Cec%C3%ADlia_Meireles.jpeg

HOMENAGEM A CECÍLIA MEIRELES
 
Ou Isto ou Aquilo
 
Ou se tem chuva e não se tem sol
ou se tem sol e não se tem chuva!
 
Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!
 
Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.
 
É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo nos dois lugares!
 
Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.
 
Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo…
e vivo escolhendo o dia inteiro!
 
Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranqüilo.
 
Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo.
 
 

 

 Cecília Meireles faria hoje, dia 07 de novembro, o seu 113º aniversário. Segundo sua biografia ela nasceu no dia 7 de novembro de 1901. Para conferir mais sobre sua biografia acesse esse site:http://www.ebc.com.br/cultura/2014/11/cecilia-meireles-faria-hoje-07-seu-113o-aniversario
Meus amigos, eu disse que daria um tempo para postar por aqui no Recanto, mas não poderia deixar de homenagear hoje essa poetisa, pois é a que mais admiro dentre todos os poetas clássicos. Eu a adoro desde quando eu era menininha . O primeiro poema  dela que li foi “ Ou isto ou aquilo”.  E então optei  por falar dele até porque tem tudo a ver com um momento que vivi semana passada. Desde quando o li pela primeira vez, achava interessante aquela indecisão contida nos versos e mesmo pequena eu entendia que fazer escolhas nem sempre é fácil.  Hoje percebo o quanto é mais difícil ainda porque nossas escolhas, muitas vezes doem e podem ferir os outros. As que julgamos corretas são as que mais doem. Esse poema de Cecília Meireles, “Ou Isto ou Aquilo”, revela esse processo de escolha tão difícil tanto para crianças quanto para adultos.  É um processo tão óbvio, mas difícil de ser assumido porque é preciso excluir ou isto, ou aquilo.
Bem, desde então Cecília Meireles me inspira muito. Inclusive em meu discurso de formatura de Pedagogia eu citei  umas palavras dela e fui muito aplaudida. Não é pretensão não, mas acho que tenho um pouco dela dentro de mim. Acho que ela guia minha mão quando escrevo, porque, assim como ela, tenho um tom introspectivo e intimista em tudo que escrevo e que aborda entre os temas, a solidão, perdas, melancolia...
Então é isso...
Semana que vem estarei de volta.
Abraços a todos meus queridos amigos recantistas. Até...
 
 
 

( Imagem: Cecília Meireles- do google)
Sonia de Fátima Machado Silva e Cecília meireles
Enviado por Sonia de Fátima Machado Silva em 07/11/2014
Reeditado em 07/11/2014
Código do texto: T5026756
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia de Fátima Machado Silva
Coromandel - Minas Gerais - Brasil, 57 anos
1341 textos (58352 leituras)
13 áudios (691 audições)
2 e-livros (150 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/04/21 12:04)
Sonia de Fátima Machado Silva

Site do Escritor