Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO EU CHEGAR À BAHIA

Quando eu chegar à Bahia
Irei direto à Salvador
Vou subir e descer ladeiras
No mercado ver a capoeira
Entender de onde vem a magia
Ver o Olodum balançar o Pelô

Eu vou lá pra o Curuzu
Pedir a benção ao Vovô
Só pra ver o Ilê Aiê
E o Gil eu também em ver
Betânia e Caetano, o que dizer?
São os filhos da Dona Canô

E naquela cidade bela
Eu vou pular o Carnaval
Conhecer o Bel do Chiclete
Ouvir Ivete e Margareth
Tatau, Jau Pery, Daniela
E o mago Carlinhos Brown

Vou à Baixa do Bonfim
Buscar fitas coloridas
E depois que pedir axé
Vou provar do tal xixim
Evou comer um acarajé
Na praça da Cruz Caída

E quando chegar à Bahia
Verei os babas de Piatã
Darei um cheiro nas meninas
Do Rio Vermelho à Amaralina
Êta, Salvador da alegria!
Do Humaitá, Farol da Barra e Itapoã

Vou procurar um cantinho que é de lei
Onde eu possa me deitar
Vou armar a rede ou uma esteira
Encontrar uma nêga faceira
E aí, tá ligado meu rei?
Eu não saio é  mais de lá!

Homenagem à Bahia; Tributo a Salvador
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)
Enviado por A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc) em 25/03/2011
Reeditado em 29/03/2012
Código do texto: T2869746
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)
Salvador - Bahia - Brasil
249 textos (39632 leituras)
11 áudios (1396 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 03:36)
A Alma de um Poeta(Pinho Sannasc)