Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mia Couto - Suas Pérolas

"A saudade é uma tatuagem na alma. Só nos livramos dela perdendo um pedaço de nós."

"O importante não é a casa onde moramos, mas onde, em nós, a casa mora".

" Quando a terra se converte em altar, a vida se transforma em reza".

"Um homem é como uma casa. Deve ser visto por dentro."

" Quando já não havia outra tinta no mundo , o poeta usa  o próprio sangue. Não dispondo de papel, escreve no próprio corpo. Assim, nasceu voz. O rio em si mesmo ancorado. Como o sangue: sem foz nem nascente".

"Sou feliz só por preguiça. A infelicidade dá uma trabalheira pior que doença".

"O coração é uma praia, em que o mar porque nos quer, acaricia memórias e apazigua ausências".

"Não me basta ter um sonho. Eu quero ser um sonho"

"Chaminé em minha casa seria para entrar o céu e não para sair fumaça."

"Quando se faz amor assim, de paixão total, fica-se longe das palavras. O encantamento é uma casa que tem o silêncio por teto."

"Agora já não tenho medo nem de morrer nem de ficar morto. Foi você que me ensinou: a melhor maneira de não morrer queimado é viver dentro do fogo."

"Fui sabendo de mim por aquilo que perdia".

"Sou como a palavra: minha grandeza é onde nunca toquei.”

“Temos olhos que se abrem para dentro, esses que usamos para ver os sonhos.”

"A saudade é a única dor que me faz esquecer as outras dores.”

Hoje sei como se mede a verdadeira idade: vamos ficando velhos quando não fazemos novos amigos. Estamos morrendo a partir do momento em que não mais nos apaixonamos."

'A viagem não começa quando se percorrem distâncias, mas quando se atravessam as nossas fronteiras interiores".

"Nascemos e choramos. A nossa língua materna não é a palavra. O choro é nosso primeiro idioma.”

"Toda a vida acreditei: amor é os dois se duplicarem em um. Mas hoje sinto: ser um é ainda muito".

"Uns nasceram para cantar,outros para dançar,outros nasceram simplesmente para serem outros. Eu nasci para estar calado. Minha única vocaçao é o silencio:tenho inclinação para não falar,um talento para apurar silêncios. Escrevo bem, silênciosno plural, sim,porque não há um único silêncio.E todo o silêencio é música em estado de gravidez."

"A escrita é um tempo inventado".

"Milagre é o coração começar sempre no peito de outra vida."

De noite, os seres mudam seu valor. O dia mostra os defeitos do mundo: rugas, poeiras, vincos, tudo na luz se vê. À noite se olha mais, se vê menos. Cada ser se revela apenas pela luz que dele emana."

-----------------------------------------------------------

Mia Couto. Natural da Beira, Moçambique, é considerado um dos nomes mais importantes da nova geração de escritores africanos de língua portuguesa. A escrita tem sido uma paixão constante, desde a poesia, na qual se estreou em 1983, com A Raiz de Orvalho, até à escrita jornalística e à prosa de ficção.

 
Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 01/09/2009
Reeditado em 02/09/2009
Código do texto: T1786000

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1288 textos (133698 leituras)
11 áudios (1593 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/01/20 13:49)
Roberto Passos do Amaral Pereira