Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sobre A Arte de Escrever

1-  Deve-se escrever da mesma maneira como as lavadeiras lá de Alagoas fazem seu ofício. Elas começam com uma primeira lavada, molham a roupa suja na beira da lagoa ou do riacho, torcem o pano, molham-no novamente, voltam a torcer. Colocam o anil, ensaboam e torcem uma, duas vezes.
Depois enxaguam, dão mais uma molhada, agora jogando a água com a mão. Batem o pano na laje ou na pedra limpa, e dão mais uma torcida e mais outra, torcem até não pingar do pano uma só gota.
Somente depois de feito tudo isso é que elas dependuram a roupa lavada na corda ou no varal, para secar. Pois quem se mete a escrever devia fazer a mesma coisa. A palavra não foi feita para enfeitar, brilhar como ouro falso; a palavra foi feita para dizer".
( Graciliano Ramos)

 2 -  " Escrever é prática encondida, solitária. Entre o ócio e a preguiça rumino idéias e invento casos que não teriam ocorrido se o teclado não me puxasse os dedos. Sento em frente à tela e vou teclando meio sem rumo, colocando o que vemà à cabeça.Têm frase que já não cabe, mas, como gosto, não quero abrir mão. Dá-se aquele raciocínio gordo. Apago. Para ficar no papel eternizado é preciso depurar o pensamento até que ele pareça ter nascido ali - quando isso acontece o prazer é sublime (....)   ( Maitê Proença)
Roberto Passos do Amaral Pereira
Enviado por Roberto Passos do Amaral Pereira em 31/08/2008
Reeditado em 31/08/2008
Código do texto: T1154725

Comentários

Sobre o autor
Roberto Passos do Amaral Pereira
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1288 textos (133698 leituras)
11 áudios (1593 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/01/20 15:02)
Roberto Passos do Amaral Pereira