Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA "FILA" DO INSS

NA "FILA" DO INSS
      (mote / glosa)
Só pra não ouvir intriga
nada peço, passo fome...
reclamam verme e lombriga:
-- "Isso não é papel de homem"!

     I
A Vida não dá descanso
para quem nasceu sem sorte...
vou penar até a morte,
só de fraqueza balanço.
Se me chamam "corno manso"
a gente passa e nem liga,
evita começar briga
"pruquê num téin risistença
néin pra rispondê ofensa"...
só pra não ouvir intriga !

    I I
Vibro quando acho "comida"
nos "lixões", casas e bares
e se -- pra aumentar pesares --
não pode ser consumida,
ao cão e gato é servida.
Animal tudo consome,
em pouco tempo ela "some" !
E eu fico "chupando o dedo",
vou dormir com "ar azedo"...
nada peço, passo fome !

    I I I
Um fim de vida assim
me é por demais castigo !
Governos não dão abrigo
a um povo tão chinfrim.
Aos políticos, enfim,
o Brasil sustenta, liga...
pouco importa o que se diga !
-- "Estamos com muita fome,
vê se alguma "merda" comes" !,
reclamam verme e lombriga.

    I V
Tento ser aposentado
mas, nas mãos do INSS,
nem com novenas ou prece
pode isso ser apressado.
Vou esperar um bocado...
a velhice me consome,
minha paciência some,
cobra o Tempo a sua parte !
Falta pouco pr'um enfarte...
isso não é papel de homem !
    "NATO" AZEVEDO
    (em 29/set. 2018)
OBS: tendo ido ao CRAS em
4/junho pp., meu agendamento
foi marcado (?!) para 17/outubro
próximo. Depois disso, serão 4
ou 5 MESES para a "análise" pelo
INSS das declarações, tendo eu
contribuído OBRIGADO por mais
de 9 ANOS.. e correndo o risco de
êle não aprovar meu nome para a
aposentadoria. Tenho DIREITO
adquirido, paguei por ela, ao con-
trário de tantos por aí !
NATO AZEVEDO
Enviado por NATO AZEVEDO em 29/09/2018
Código do texto: T6463107
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
NATO AZEVEDO
Ananindeua - Pará - Brasil, 67 anos
989 textos (18775 leituras)
1 e-livros (1 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/20 20:01)
NATO AZEVEDO