Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRESENTE "DAS ARÁBIAS"

PRESENTE "DAS ARÁBIAS"
     (mote / glosa)
Um presente desses... sei
que sou por certo pioneiro,
pois pra minha mãe eu dei
5 malões com dinheiro.
         I
Não sei porque tanto drama...
hoje a Mídia noticia
que a Polícia desconfia
que o dinheiro sob acama,
teto, jardim -- sob a grama --
me faz um "fora da lei".
Mas, provas apresentei,
apesar de concordar
que, pra mãe, ninguém vai dar
um "presente" desses... sei !

      I I
São 50 e 1 milhões !
Já foram 53...
"sumiu" 2 -- vejam vocês ! --
sem sequer haver ladrões,
mas quem liga pra "tostões" ?!
O fato é que sou  primeiro
-- no Brasil ou "no estrangeiro" --
a dar presente tão raro,
tão absurdamente caro...
que sou por certo pioneiro !

      I I I
Pra contar puz meu irmão
e um servente da família.
Retirei toda a mobília
dos 3 quartos da mansão.
Escondi sob o colchão,
em mil locais "entoquei"...
essa "grana" eu ganhei
com suor do meu "trabalho".
Não aceito "piche", "malho",
pois pra minha mãe eu dei !

      I V
Do Senado um "operário"
em "operação" constante,
faturamento incessante
para "engordar" meu salário
porque nunca fui otário.
Pra mamãe dei -- em janeiro --
um presentão verdadeiro:
juntei toda a dinheirama
dos quartos, colchão, da grama...
5 malões com dinheiro !
      "NATO" AZEVEDO
       (em 15/abril 2018)
OBS: o mais espantoso nisso
é o fato de o baiano dessa estó-
ria ter sido diretor do tal "Banco
popular" na época em que se
pagou 73 MILHÕES de prêmio
por um... "bilhete-fantasma" e o
sortudo nem precisou ir ao Banco
para receber a "bolada".                              
NATO AZEVEDO
Enviado por NATO AZEVEDO em 16/04/2018
Código do texto: T6310005
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
NATO AZEVEDO
Ananindeua - Pará - Brasil, 67 anos
896 textos (14760 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 04:12)
NATO AZEVEDO