Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIZINHANÇA INFERNAL

 Estou a 27 ANOS na mesma rua e nem assim consegui fazer amigos entre os vizinhos, exceto 2 ou 3. As "diferenças" são tantas que fica impossível qualquer aproximação. Meu espanto é ver que "marmanjos" de 1,80 m com pavor de "vira-latas" de palmo e meio ! Se latiu É BRABO e, daí, todo castigo é pouco para o bichinho, com dono ou sem. Um "inferno" permanente ! O poema abaixo É OBRA DE FICÇÃO, sem ligações com a realidade ou com pessoas de minha vivência.
        (NATOAZEVEDO -  em 25/março 2018)

 VIZINHANÇA INFERNAL
      (mote / glosa)
Minha experiência comprova:
é melhor morar sozinho !
Eu prefiro levar sova
a ter que aturar vizinho !

       I
Desde Adão -- no Paraíso --
há algo pior que cobra,
parente chato ou sogra,
amigo "tipo Narciso"
ou comprador indeciso.
Vizinho que nos reprova
a paciência põe à prova.
Tem "espírito de porco",
nos tortura alma e corpo...
minha experiência comprova !

      I I
Existe vizinho bom ?
Nossa liberdade "poda",
só perturba, incomoda...
tem até quem é ladrão !
Não sei como é no Japão !
No Brasil êle é mesquinho,
mal-educado, daninho,
que examina até seu lixo,
critica se sais com bicho...
é melhor morar sozinho !

     I I I
Bom vizinho é "Loteria"...
prestativo, hospitaleiro,
nos apóia o ano inteiro
trazendo só alegrias.
Bem ruim é a maioria:
nossos modos desaprova,
sua chateação comprova
que -- em nós -- nada satisfaz.
Famílias de "leva-e-traz"...
eu prefiro levar sova !

     I V
Se meu cão dá 2 latidos
estranhando "alguma peste"
sobre êle a mãe investe...
quer vê-lo ao meio partido !
Fico muito ressentido,
por pouco não perco a linha
co'a grossura da "coisinha" !
Prefiro viver em toca,
palhoça, gruta, maloca,
a ter que aturar vizinho !
   "NATO" AZEVEDO
    (25/mar. 2018)
OBS: esqueci de falar da "música" (?!),
digo, do barulho, som no mais alto vo-
lume o dia inteiro, às vezes entrando
noite adentro. Melodia escolhida não
por gôsto ou prazer, mas por BAIRRISMO
tolo, "xenofonia" sonsa que ouve 1 coisa
só por horas e horas. Pior: temos que
suportar "funks" e raps de baixo nível,
além de um maluco aos berros, interrom-
pendo a canção a cada 10 ou 15 segundos
para mandar abraços e incentivar uma
platéia que suponho inexistente. É TORTURA
sem tamanho por vários meses, até surgir
outra gravação, em tudo IGUAL a anterior...
coisa pra fazer doido ! (26/mar. 2018)

NATO AZEVEDO
Enviado por NATO AZEVEDO em 27/03/2018
Código do texto: T6292455
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
NATO AZEVEDO
Ananindeua - Pará - Brasil, 67 anos
894 textos (14722 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/19 16:30)
NATO AZEVEDO