Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIZINHANÇA INFERNAL

 Estou a 27 ANOS na mesma rua e nem assim consegui fazer amigos entre os vizinhos, exceto 2 ou 3. As "diferenças" são tantas que fica impossível qualquer aproximação. Meu espanto é ver que "marmanjos" de 1,80 m com pavor de "vira-latas" de palmo e meio ! Se latiu É BRABO e, daí, todo castigo é pouco para o bichinho, com dono ou sem. Um "inferno" permanente ! O poema abaixo É OBRA DE FICÇÃO, sem ligações com a realidade ou com pessoas de minha vivência.
        (NATOAZEVEDO -  em 25/março 2018)

 VIZINHANÇA INFERNAL
      (mote / glosa)
Minha experiência comprova:
é melhor morar sozinho !
Eu prefiro levar sova
a ter que aturar vizinho !

       I
Desde Adão -- no Paraíso --
há algo pior que cobra,
parente chato ou sogra,
amigo "tipo Narciso"
ou comprador indeciso.
Vizinho que nos reprova
a paciência põe à prova.
Tem "espírito de porco",
nos tortura alma e corpo...
minha experiência comprova !

      I I
Existe vizinho bom ?
Nossa liberdade "poda",
só perturba, incomoda...
tem até quem é ladrão !
Não sei como é no Japão !
No Brasil êle é mesquinho,
mal-educado, daninho,
que examina até seu lixo,
critica se sais com bicho...
é melhor morar sozinho !

     I I I
Bom vizinho é "Loteria"...
prestativo, hospitaleiro,
nos apóia o ano inteiro
trazendo só alegrias.
Bem ruim é a maioria:
nossos modos desaprova,
sua chateação comprova
que -- em nós -- nada satisfaz.
Famílias de "leva-e-traz"...
eu prefiro levar sova !

     I V
Se meu cão dá 2 latidos
estranhando "alguma peste"
sobre êle a mãe investe...
quer vê-lo ao meio partido !
Fico muito ressentido,
por pouco não perco a linha
co'a grossura da "coisinha" !
Prefiro viver em toca,
palhoça, gruta, maloca,
a ter que aturar vizinho !
   "NATO" AZEVEDO
    (25/mar. 2018)
OBS: esqueci de falar da "música" (?!),
digo, do barulho, som no mais alto vo-
lume o dia inteiro, às vezes entrando
noite adentro. Melodia escolhida não
por gôsto ou prazer, mas por BAIRRISMO
tolo, "xenofonia" sonsa que ouve 1 coisa
só por horas e horas. Pior: temos que
suportar "funks" e raps de baixo nível,
além de um maluco aos berros, interrom-
pendo a canção a cada 10 ou 15 segundos
para mandar abraços e incentivar uma
platéia que suponho inexistente. É TORTURA
sem tamanho por vários meses, até surgir
outra gravação, em tudo IGUAL a anterior...
coisa pra fazer doido ! (26/mar. 2018)

NATO AZEVEDO
Enviado por NATO AZEVEDO em 27/03/2018
Código do texto: T6292455
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
NATO AZEVEDO
Ananindeua - Pará - Brasil, 67 anos
985 textos (18443 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/08/20 06:01)
NATO AZEVEDO