Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TEMPERO DAS EMOÇÕES

Moderar o sal e o fel
Aliviando os corações
Ajusta bem seu papel
Ao controlo das emoções.

Como ideal, o desiderato
De ser lenitivo fiel,
Faz tempero e é sensato
Moderar o sal e o fel.

Nós somos seres pensantes
Descobrindo sensações
Ficaremos, pois, vigilantes
Aliviando os corações.

Mas a razão é perjura,
E por vezes é infiel,
Por ser sol de pouca dura
Ajusta bem seu papel.

Nesta vida tão amarga
Num desfiar de soluções
Recorre-se, em viva saga,
Ao controlo das emoções.

O sal e o fel são tempero,
Vindos do mar e da terra,
No ar fica o desespero
De cada sonho qu´encerra.
 
Não há alimento ideal
Com mais ou menos virtude
Sendo ou não consensual
Haja vida, haja saúde!

Frassino Machado
In AO CORRER DA PENA
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 24/03/2018
Reeditado em 24/03/2018
Código do texto: T6289337
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
2238 textos (54193 leituras)
20 áudios (1057 audições)
2 e-livros (27 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 12:02)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor