Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No tocante

1 - O silêncio fala comigo,
     Mais que a minha própria voz.

2 - Palavras soltas e, ou escrita,
     Às vezes constrói, noutra destrói.

3 - Discernir antes de agir,
     Para respostas relevantes proferir.

Mary Jun
abril18

Obrigados, poetas, pelas belíssimas interações!

Meu Silêncio É  Prece
Que A Alma Arrefece

Vana Fraga


Depois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música/// Concordas?Um mimo pra ti,amada menina pernambucana do meu coração.Lindo anoitecer e um beijo nesta carinha linda!

Maria Augusta da Silva Caliari


Meu silêncio fala mais que eu,
Pois quando calo,
quem disse que silencio?
Amei as frases, cara poetisa Mary e não demorei em interagir contigo, já que é tão inspirador o que se vê por aqui. Andei sumido, mas estou voltando aos poucos... Pelo belo fraseado, meu aplausos! Beijos poéticos!

Carlos Alberto Souza
Mary Jun
Enviado por Mary Jun em 16/04/2018
Reeditado em 17/04/2018
Código do texto: T6310465
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Jun
Recife - Pernambuco - Brasil, 55 anos
838 textos (40578 leituras)
1 e-livros (86 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 02:56)
Mary Jun