Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AÇÃO DA ESCOLA, PLANO DE AÇÃO PEDAGÓGICA, MMR, HABILIDADES, planejamento do ano de 2021

"Também é importante fazer uma reflexão do que pode ser feito para os estudantes consolidarem esse conhecimento."

__________
                           fev. 2021 - Piracicaba, SP

PARA O GUIA APRENDIZAGEM - ESCOLA INTEGRAL FEV. 2021

https://drive.google.com/file/d/1lmn6LN95BGkkF-7NvvbVk4mqrXMPvixa/view?ts=60218488

https://efape.educacao.sp.gov.br/curriculopaulista/educacao-infantil-e-ensino-fundamental/materiais-de-apoio-2/

https://efape.educacao.sp.gov.br/curriculopaulista/wp-content/uploads/sites/7/download/habilidades-essenciais-anos-finais%202021/Habilidades%20essenciais%20_%20Anos%20Finais_L%C3%ADngua%20Portuguesa.pdf

https://efape.educacao.sp.gov.br/curriculopaulista/wp-content/uploads/sites/7/2021/01/EF_ES_8-ano_Curr%C3%ADculo-em-A%C3%A7%C3%A3o.pdf

_____________

Língua Portuguesa
Pontos positivos
Pontos a melhorar

Matemática
Pontos positivos
Pontos a melhorar

Fluxo
 Pontos positivos
Pontos a melhorar

Discussão de ações para a construção do Plano de Ação

• Quais ações que serão desenvolvidas pela escola para atingir cada
uma das metas propostas (proficiência e aprovação)?

• Que pontos fortes a escola possui para realizar cada uma das ações?

• Quais são os riscos que podem comprometer a execução das ações
sugeridas? Como esses riscos podem ser mitigados?


ELEMENTOS IMPORTANTES DO PLANO DE AÇÃO DA
ESCOLA
Foco
Trabalho
Colaborativo
Avaliação
Formativa
Engajamento
Planejamento
Acompanhamento
Protagonismo dos Alunos em relação à sua
Aprendizagem

Melhoria da
Aprendizagem -

           Língua Portuguesa
Melhoria da
           Aprendizagem -
Matemática
                          Fluxo

file:///C:/Users/joao_bosco/Downloads/Planejamento%20para%20melhoria%20da%20aprendizagem_Pauta%20Equipe%20Gestora.pptx%20(1).pdf

_______________

PONTOS +++
O que melhorar?

Quais são os 02
principais pontos
positivos e pontos
de melhoria de
atenção da nossa
escola?

Quais ações
pedagógicas
realizaremos para a
melhoria da
aprendizagem e do
fluxo escolar?

FLUXO: Qual taxa de aprovação quero garantir em 2021?

 Identificar o fluxo

▪ Quais ações devo promover para combater a reprovação?
E o abandono?

▪ Qual é a taxa de aprovação que pretendo atingir neste ano? A
cada 100 alunos, quantos serão aprovados em 2021?

▪ Definir uma porcentagem (até 100%) para a taxa de
aprovação em 2021?

_______________

Diagnóstico dos
resultados de
aprendizagem
(proficiência) e fluxo da
escola, e projeção de
metas

                    Nas palavras de Paulo Freire:

                    “Constato para mudar e não para me acomodar.
Seria uma desolação para mim, se, enquanto ser
humano tivesse de reconhecer a minha absoluta
incapacidade de intervir na realidade. Se tivesse de
reconhecer que a minha aptidão de verificar não se
alonga em mudar o contexto em que verifiquei,
provocando futuras verificações diferentes.”
                      (Paulo Freire*)
                                        * FREIRE, P. Pedagogia da indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo: UNESP, 2000.

----

Aspectos positivos da Escola em 2020 e  jan. 2021:

- Apoio da Direção e coordenação nas atividades dos professores: presença ativa e elegante, aquisição pontual de materiais para feira cultural e outras atividades da escola
- união dos professores em cada área e por turma
- Alunos conquistaram espaços fora da escola com projetos outros por apoio da Direção, coordenação e professores que orientaram tais alunos e alunas.
- respeito mútuo e convivência em paz e propósito colaborativo.
- Atuação e planejamento e execução de planos e projetos dos professores para recuperar e alavancar os alunos em níveis melhores no MMR e pedagogia de projetos escolares aprovados - boa performance dos alunos e familiares na escola.
- Boa atuação do Grêmio com orientação da Direção e Vice-Direção e coordenação pedagógica e apoio das professoras Denise e Marina
- A escola está restaurada em seu todo com cortinas, ventiladores, pinturas novas, sala de professores melhor equipada, etc.
- Bons livros didáticos escolhidos pelos professores

Sugestões de atividades para melhoria em 2021:

- Leitura compartilhada
- Diversificação de atividades e estratégias de intervenção ao aluno defasado - dentro e fora da sala na área verde da escola ou pátio
- Articular "monitoria em grupos" como a colaboração entre alunos avançados com os defasados
- Produção de textos em grupos e reescrita, com finalização individual
- acessar práticas de estudo na sala de informática e estudo por pesquisa temática ou atividades em grupos nos computadores com orientação do professor.
- atividades lúdica com imagens, gráficos, desenhos, cartazes, projetos como Dia D, Mês Rosa, Mês Azul etc.
- Leitura de pequenos textos em diferentes vozes em sala de aula
- Recuperação paralela e contínua de alunos defasados por atividades especiais e em casa.


PLANO DE AULA  : [título]
[Pergunta disparadora]

Competência Geral: Habilidade:

Segmento:
[segmento e/ou faixa etária] Duração sugerida:
[número de aulas]

OBJETIVOS

[Descreva os objetivos da aprendizagem]

ATIVAÇÃO

[Como você abrirá o tema despertando a curiosidade de seus alunos/participantes do programa?
Como pode iniciar sem dar o “spoiler” da atividade e estimulando o interesse deles?]

spoiler |spóilèr|-(palavra inglesa)
substantivo masculino
1. [Automóvel]    Peça instalada na parte traseira ou dianteira de um carro  esportivo ou de corrida, destinada a dar-lhe mais aderência e estabilidade. = AILERÃO
2.    Informação que revela partes importantes do enredo de um filme, de uma série televisiva ou de um livro, sobretudo para quem ainda não os viu ou leu (ex.: o resumo que a revista faz do filme contém spoilers).
Plural: spoilers.

"spoiler", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/spoiler [consultado em 22-01-2021].
https://dicionario.priberam.org/spoiler

DESENVOLVIMENTO

[Qual será a sequência de atividades que você terá para os alunos para que eles construam o conhecimento sobre o tema?
Como você fará a transição de uma atividade para outra?
Que estratégias pedagógicas você utilizará para desenvolver as atividades?
A atividade será desenvolvida individualmente, em pares, em grupos?
Que recursos você utilizará na atividade? Digitais e não-digitais.]
 
FECHAMENTO
[Como você concluirá a atividade? Como saberá se os alunos/participantes aprenderam? Como poderá promover a reflexão?]
MATERIAIS PARA A AULA
 
[Inclua links para slides e outros recursos a serem utilizados na aula/formação]

PARA EXPLORAR MAIS

[Sugira variações da aula, atividades ou recursos para aprofundamento]


Todos os materiais disponíveis sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)

______________

OBSERVAÇÃO:
Ativação inicial (sondagem de conhecimentos prévios); Desenvolvimento (intervenção pedagógica, ou seja, aplicação das atividades: aula dialogada, sala de aula invertida, apresentação de vídeo, roda de conversa, análise de cartaz); e Finalização (verificar se os pontos de atenção foram contemplados).

Ensino Híbrido: Práticas de orientação de estudos - 1ª Edição/2020 - Módulo 3
o conceito de personalização desenvolvido como base para o ensino híbrido.
Correta: Na personalização, o sentido está em utilizar diferentes formas, processos e metodologias para uma educação integral do estudante, respeitando a melhor forma de como ele aprende.
Estudantes com projetos semelhantes e objetivos diferentes podem se reunir num mesmo grupo.
- Possibilidade dos estudantes escolherem as formas para estudar.
- Busca desenvolvimento integral dos estudantes.
- A avaliação é um aprendizado! É parte do processo. https://avaefape2.educacao.sp.gov.br/mod/quiz/attempt.php?attempt=310276&cmid=237

______________

METODOLOGIAS ATIVAS
Metodologia Ativa Caraterísticas Aprendizagem Baseada em Problemas
Metodologia incentiva a habilidade de investigar, refletir e criar perante a uma situação. O professor atua como mediador da aprendizagem, oferece uma reflexão e construção do conhecimento pelo estudante. Aprendizagem entre Times
Sua finalidade é a formação de equipes dentro da turma, estimula o fazer em conjunto. Através de exercícios de estudo de caso, para formar pensamentos críticos por meio de discussões e reflexões em grupo. Aprendizagem por Gamificação
São estratégias importantes de encantamento e motivação para uma aprendizagem mais rápida e próxima da vida real. Os jogos colaborativos e individuais; de competição e colaboração; de estratégia, com etapas e habilidades bem definidas se tornam cada vez mais presentes nas diversas áreas de conhecimento e níveis de ensino. Aprendizagem Sala de Aula Invertida
A sala de aula invertida é uma modalidade na qual os objetos de conhecimento e as instruções são estudadas antes do estudante frequentar a sala de aula, que agora passa a ser o local para trabalhar o que já foi estudado previamente e realizar também atividades práticas como resolução de problemas e projetos, discussões em grupos, laboratórios, etc... Aprendizagem Ensino Híbrido
É uma mescla de aulas presenciais e online intercalando os conteúdos que ao final se complementam. O papel do professor é de guiar o estudante neste processo, o tempo é personalizado a sua necessidade. Aprendizagem Mão na Massa
Essa metodologia tem como eixo central fazer com que o estudante participe da descoberta de fenômenos em estudo, colocando-os em contato com os objetos de observação e de experimentação, estimulando a imaginação e a criação. Apoia-se em produções dos estudantes a partir de kits de montagens para as experimentações. Aprendizagem personalizada, colaborativa e orientada
São equilibrados entre três movimentos principais: a construção individual – em que cada estudante percorre seu caminho; a grupal – em que o estudante aprende com os semelhantes; e a orientada, em que aprendemos com alguém mais experiente, com um especialista (professores, tutores, mentores). Aprendizagem Baseada em Projetos
Os estudantes se envolvem com tarefas e desafios para resolver um problema ou desenvolver um projeto que também tenha ligação com sua vida fora da sala de aula. É um processo que inicia a mudança do estudante, engajando-os e sensibilizando-os. Estudos de Caso
No estudo de caso o estudante parte de alguma proposta inicial e procura analisá-la, sendo que o caso pode ser real, fictício ou adaptado da realidade. Assim o estudante utiliza conhecimentos prévios sobre o assunto e, posteriormente, descobre algo novo

_______________

HABILIDADES A MELHORAR

https://www.recantodasletras.com.br/mensagens/7170648

8  º ANO – 2021 Morfossintaxe
EF08LP06
Identificar, em textos de diferentes gêneros, os termos constitutivos da oração (sujeito e seus modificadores, verbo e seus complementos e modificadores).


Atuação na Vida Pública Análise linguística/semiótica EF89LP23A Analisar, em textos argumentativos, reivindicatórios e propositivos, os movimentos argumentativos utilizados (sustentação, refutação e negociação).

Movimentos
Argumentativos e força dos argumentos



Práticas de Estudo e Pesquisa Análise linguística/semiótica EF89LP29A Identificar mecanismos de progressão temática, tais como retomadas anafóricas , catáforas, uso de organizadores textuais, de coesivos etc. Textualização de textos argumentativos e apreciativos
Práticas de Estudo e Pesquisa Análise linguística/semiótica EF89LP29B Utilizar, em textos de diversos gêneros, mecanismos de progressão temática. Textualização de textos argumentativos e apreciativos
Práticas de Estudo e Pesquisa Análise linguística/semiótica EF89LP29C Analisar os mecanismos de reformulação e paráfrase utilizados nos textos de divulgação do conhecimento. Textualização de textos argumentativos e apreciativos
Jornalístico/midiático Leitura EF89LP04B Analisar argumentos e contra-argumentos explícitos em textos argumentativos. Estratégia de leitura: apreender os sentidos globais do texto Apreciação e réplica


Textualização de textos argumentativos e apreciativos

Estratégia de leitura: apreender os sentidos globais do texto Apreciação e réplica


Análise Linguística/Semiótica EF69LP43A EF69LP43A - Identificar os modos de introdução de outras vozes no texto as pistas linguísticas responsáveis por
introduzir no texto a posição do autor e dos outros autores citados e os elementos de normatização (tais como as regras de inclusão e formatação de citações e paráfrases, de organização de referências bibliográficas) em textos científicos, desenvolvendo reflexão sobre o modo como a intertextualidade e a retextualização ocorrem nesses textos. Marcas linguísticas
Intertextualidade

- - - -

                                    9º ANO – 2021

Análise Linguística/Semiótica EF08LP04A Identificar aspectos linguísticos e gramaticais (ortografia, regências e concordâncias nominal e verbal, modos e tempos verbais, pontuação, acentuação, hifenização, estilo etc.) em funcionamento em um texto Ortografia

Análise Linguística/Semiótica
EF08LP04B Utilizar, ao produzir diferentes gêneros textuais, conhecimentos linguísticos e gramaticais Ortografia
Análise Linguística/Semiótica EF08LP06 Identificar, em textos de diferentes gêneros, os termos constitutivos da oração (sujeito e seus modificadores, verbo e seus complementos e modificadores Morfossintaxe

Leitura
EF69LP03D Identificar crítica ou ironia/humor presente em tirinhas, memes, charges, por exemplo. Estratégia de leitura: apreender os sentidos globais do texto

Produção de textos EF69LP07B Produzir textos em diferentes gêneros, considerando sua adequação ao contexto de produção e circulação. Textualização

Análise linguística/ semiótica
EF69LP56 Fazer uso consciente e reflexivo da norma-padrão em situações de fala e escrita em textos de diferentes gêneros, levando em consideração o contexto, situação de produção e as características do gênero. Variação linguística

Análise linguística/
 semiótica
EF89LP37 Analisar os efeitos de sentido provocados pelo uso de figuras de linguagem (ironia, eufemismo, antítese, aliteração, assonância, por exemplo) em textos de diferentes gêneros.
Figuras de linguagem

Leitura
EF89LP04A Identificar argumentos e contra-argumentos explícitos em textos argumentativos Estratégia de leitura:
apreender os sentidos globais do texto  Apreciação e réplica

Reconstrução do contexto de produção, circulação e recepção de textos. Caracterização do campo jornalístico e relação entre os gêneros em circulação, mídias e práticas da cultura digital

Textualização
Progressão temática
Textualização
Progressão temática

Estratégia de leitura: apreender os sentidos globais do texto


Práticas de Estudo e Pesquisa
Leitura
EF69LP30
Comparar, com a ajuda do professor, conteúdos, dados e informações de diferentes fontes, levando em conta seus contextos de produção e referências, identificando coincidências, complementaridades e contradições, de forma a poder identificar erros/imprecisões conceituais, compreender e posicionar-se criticamente sobre os conteúdos e informações em questão

Relação entre textos

_________

PLANO DE ENSINO - ETEC - ADAPTAR


V – Estratégias de Recuperação Contínua (para alunos com baixo rendimento/dificuldades de aprendizagem)

• A recuperação contínua será desenvolvida no cotidiano das aulas, tomando como referência avaliações diagnósticas do desempenho do aluno, e será feita através de intervenções imediatas, dirigidas às dificuldades específicas, assim que estas forem constatadas;
• A recuperação paralela será desenvolvida com alunos que apresentarem dificuldades de aprendizagem não superadas no cotidiano escolar, necessitando, portanto, de uma orientação para o estudo paralelo às aulas regulares;
• Instrumentos de avaliações diferenciados dos utilizados anteriormente, orientações de pesquisas e estudos, atividades complementares, parcerias e monitoramento junto ao aluno nortearão a recuperação para que as competências desse componente curricular sejam atingidas.

IV – Material de Apoio Didático para Aluno (inclusive bibliografia)

Ferreira, Mauro. Gramática, aprender e praticar. – São Paulo: FTD, 2007.
ALMEIDA, Nilson Teixeira de. Gramática da Língua Portuguesa. Nova Ortografia. 9ª. ed. SARAIVA.
AS MIL E UMA NOITES. Brasiliense. 142 p.
ASSIS, Machado de. Seus trinta melhores contos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, sem data.

BARROS, Manuel de. Memórias inventadas: as infâncias de Manoel de Barros. São Paulo: Planeta, 2008. 157 p.
BRENMAN, Ilan.  As narrativas preferidas de um contador de histórias.  Ilus. Fernando Vilela.  São Paulo: Landy, 2005.  63 p.  il.
CALVINO, Italo (Org.). Contos fantásticos do século XIX. 2004, 517 p.
CEGALLA, Domingos Pascoal. Novíssima Gramática da língua portuguesa. Editora Nacional, 1993. 582 p.

CERVANTES, Miguel de.  O engenhoso fidalgo Dom Quixote de La Mancha.Adaptação Frederico Jeanmaire e Ángeles Durini. Tradução Sérgio Molina.  São Paulo : Martins, 2005.  292 p.
CLÁSSICOS EM QUADRINHOS [coleção].  Tradução Luciana Vieira Machado. Adaptação
Márcia Williams.  Ilus. Márcia Williams.  SPaulo: Ática, 2005.il.color.  3 v.
GANDOLFI, Giselda et al. Compreensão leitoras: Curso 1: a compreensão como conteúdo de ensino. Editora Modera. 2005.  48 p.
COSTA, Flávio Moreira da. (org.). Os grandes contos populares do mundo. Rio de Janeiro: Ediouro, 2005.

COSTA, Flávio Moreira da. (org.). 13 melhores contos da mitologia da literatura universal. Rio de Janeiro: Ediouro, 2005.
DOYLE, Arthur Conan.  O mundo perdido. Editora/Ver internet.
ESOPO; LA FONTAINE.  Histórias fabulosas.  S Paulo : DCL, 2005.  39 p.
GRANATIC, Branca. Técnica básica de Redação. Scipione, 1995, 173 p.
GUIA DO ESTUDANTE. Abril Cultural. 2014.

SAINT-EXUPÉRY, Antoine-Jean-Baptiste-Marie-Roger Foscolombe de ( 1943). O pequeno príncipe. http://www.youtube.com/watch?v=SoDHLXub_CE. http://www.youtube.com/watch?v=U5COv0ADNnE, http://www.youtube.com/watch?v=6RlJcKhN578,

KINGSLEY, Charles. Os heróis. Saraiva, 158 p.
LAJOLO, Marisa (Org.).  Antologia de poesias: poesia romântica brasileira.  São Paulo: Salamandra, 2005.  64 p. (Lendo e relendo poesia)
LAJOLO, Marisa (Org.). História de quadros e leitores. São Paulo: Moderna,  107 p.

MILAGRE, Sebastião Bemfica. O doador de sangue. Divinópolis, 1990.

MEGID, Cristiane Maria. LTT: Linguagem, trabalho e tecnologia. Núcleo básico. Centor Paula Souza/ Governo de São Paulo/ Fundação Pe. Anchieta. São Paulo. 2011.
NASPOLINI, Ana Tereza. Tijolo por tijolo. Práticas de ensino de língua portuguesa. São Paulo: FTD, 2003. 176 p.
OLIMPÍADA DA LÍNGUA PORTUGUESA. Coletânea: artigos de opinião. MEC/ PDE. 16 p.

OLIMPÍADA DA LÍNGUA PORTUGUESA. Coletânea: crônicas. MEC/ PDE. 16 p.
POE, Edgar Allan. A carta roubada. Adaptação Ana Carolina Vieira Rodriguez. Editoera Rideel, 2007, 30 p.
QUINTANA, Mario. Nariz de vidro. Moderna, 2003. 88 p.
RAMOS, Rogério de Araújo. (Org.) Ser protagonista: língua portuguesa. V. 2, Editora SM. 2013. 504 p.

REDAÇÃO NO ENEM 2012: guia do participante. 5 competências para o ensino médio. MEC/ INEP.
ROSA, Nereide Schilaro Santa. Lendas e personagens. Moderna, 2001.
SANTOS, Eduardo da Silva. Mundo jovem: um jornal de ideias. Porto Alegre: assinaturas.mundojovem@pucrs.br (51) 33203889.
 
SOUZA, Laé de. Espiando o mundo pela fechadura. Ecoarte. 96 p.
TAHAN, Malba. Os melhores contos. Rio de Janeiro: Record, 1994.
TERRA, Ernani. Minigramática. Scipione, 560 p. 2011.

TEIXEIRA, D. O calcanhar do Aquiles. Editora Arquipélago, 2010. 221 p.
TOMPAKOW, Roland; WEIL, Pierre. O corpo fala - A linguagem silenciosa da Comunicação não-verbal. VOZES.

V – Estratégias de Recuperação Contínua / Paralela
(para alunos com baixo rendimento/dificuldades de aprendizagem)

• A recuperação contínua será desenvolvida no cotidiano das aulas, tomando como referência avaliações diagnósticas do desempenho do aluno, e será feita através de intervenções imediatas, dirigidas às dificuldades específicas, assim que estas forem constatadas;
• A recuperação paralela será desenvolvida com alunos que apresentarem dificuldades de aprendizagem não superadas no cotidiano escolar, necessitando, portanto, de uma orientação para o estudo paralelo às aulas regulares;
• Instrumentos de avaliações diferenciados dos utilizados anteriormente, orientações de pesquisas e estudos, atividades complementares, parcerias e monitoramento junto ao aluno nortearão a recuperação para que as competências desse componente curricular sejam atingidas.

          Rever planos de ações com novas ementas a cada semestre, projetos escolares da trajetória escolar, CMSP e SEDUC etc.
   
           Consultas o MMR, Currículo de SP, Habilidades essenciais, índices de provas DIAGNÓSTICAS, Saeb, IDEB,  e outros, ao Recanto das letras (com artigos, estudo dirigido, seminários dos alunos, síntese das aulas, projetos e testes para os alunos e suas turmas).

          O professor poderá aplicar modalidades avaliativas objetivas e subjetivas pra avaliação, oportunizando alguns dos instrumentos:

1. Leitura significativa de textos.
2. Utilização de quadros, cartuns, charges para análise.
3. Leitura de narrativas e dissertações.
4. Textos retirados de jornais.
5. Estudo dos elementos coesivos e de coerência textual.
6. Proposta de redação de vestibular, leitura, análise e produção de textos.
7. Pesquisa e apresentação escrita / oral
8. Avaliação escrita individual ou em dupla;
9.    Sinopses de consultas bibliográficas
10.    Seminários, Simulações e entrevistas

VI – Identificação:

Nome do professor:
Assinatura:                                                                                        Data:.

VII – Parecer do Coordenador de Curso:

Nome do coordenador(a):
Assinatura:                                                                                        Data:


Metodologia:
        Exposição oral dos conteúdos a partir do material didático adotado;
        Estudo dirigido, contextualizado;
        Fixação da aprendizagem – realização de atividades promotoras
                                                         das habilidades do educando;
       Plantão de dúvidas (correção comentada, oral e escrita);
       Manuseio do dicionário e consulta dos verbetes e dos apêndices.
       Consulta à Internet.

Recursos Didáticos:

      Giz;
      Lousa;
      Livros didáticos;
      Dicionários da Língua Portuguesa;
      Aparelhos Multimídia e Internet.
      outros.

Avaliação periódica e do Estado SP

                 A avaliação do desempenho dos educandos nos procedimentos de ensino-aprendizagem acontecerá de forma diagnóstica e processual ao longo de cada bimestre, através de sua participação nas atividades solicitadas, tais como:

1) Trabalhos individuais e em grupo;

2) Expressão oral e escrita;
           3) Apresentação das atividades (exercícios complementares,
                                              pesquisas, dramatizações e diálogos);
           4) Atividades extracurriculares;
           5) Participação: pontualidade na entrega de trabalhos,
                                     envolvimento com tarefas desempenhadas,
                                     bem como projetos pedagógicos;
          6) Avaliação Mensal;
          7) Avaliação Bimestral.

Nome e assinatura do professor:
Data:

Parecer da Direção:
Em ___/___/

Parecer da Coordenação Pedagógica:
Em ___/___/


Parecer da Orientação Educacional:
Em ___/___/2021

Observações finais se necessário ao plano de ação ou de ensino do professor acima.


“Planejamento para melhoria da aprendizagem”
file:///C:/Users/joao_bosco/Downloads/Planejamento%20para%20melhoria%20da%20aprendizagem_Pauta%20Equipe%20Gestora.pptx%20(1).pdf


_________

A escala do SAEB é diferente para cada ano:
5º; 9º e 3ª série do EM. É importante estarem
atentos ao verificar a escala com a
série/ano correspondente;
● A Escola do SAEB está organizada em níveis
de desempenho. Sendo a quantidade de
níveis diferentes para cada componente
curricular e ano/série;
● Na tabela que poderão encontrar no slide
seguinte, poderão encontrar os links com as
escolas de proficiência de cada um desses
anos/séries

Nos links abaixo, podem encontrar as escalas
de proficiência do SAEB

Ano/série Componente     curricular         Link


5º ano Língua Portuguesa Clique aqui
5º ano Matemática Clique aqui
9º ano Língua Portuguesa Clique aqui
9º ano Matemática Clique aqui
3ª série Língua Portuguesa Clique aqui
3ª série Matemática Clique aqui
N
___________












J B Pereira e file:///C:/Users/joao_bosco/Downloads/Planejamento%20para%20melhoria%20da%20aprendizagem_Pauta%20Equipe%20Gestora.pptx%20(1).pdf
Enviado por J B Pereira em 28/01/2021
Reeditado em 16/02/2021
Código do texto: T7170826
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2826 textos (1569553 leituras)
35 e-livros (529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/04/21 15:29)
J B Pereira