Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERSO PALÍNDROMO - XIV





(O pinguço e o ácido)



Mamed limpa a bodega
todo dia de manhã

 “Miguel leu gim” na garrafa,
era Ácido Tupã

“A Mamed em erro pede,
de porre,  me dê mamã!”


(Palíndromos, trechos entre aspas, podem ser lidos também ao contrário.)





.
Stelo Queiroga
Enviado por Stelo Queiroga em 18/05/2020
Reeditado em 18/05/2020
Código do texto: T6950599
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Stelo Queiroga
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 60 anos
1125 textos (59625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 07:32)
Stelo Queiroga