Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade faja rar (Fantasia metapoética)

Sim, este mor que estramba meu sor corfeito
Desta aridade a tor alade sobilho
Preencheme o ejar, o aspir, azal confeito
Gloriosa  tru sorja  e  belo sabrilho.

O mor atrato que me esbruça o merfeito
vibrou cadante bela crivesta o atilho
do tranque, onde surata, a crana, o riveito,
por todos sorja, que me grajou marilho.

No perjor, no regane, no retenti
a arte emoreira vem castante a ostrejar
prokalando  onde estafita reventi.

Saudade faja rar: rutaque, azular...
Ah! Sorja minha, capra    sote jenti
Hoje resta teja e a gatreia  estradar...
 
(Observação: Muitas palavras usadas não constam do dicionário)
(Reedição)
Eligio Moura
Enviado por Eligio Moura em 12/04/2020
Reeditado em 06/11/2020
Código do texto: T6915259
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Eligio Moura
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1692 textos (44586 leituras)
148 áudios (1592 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/04/21 03:43)
Eligio Moura