Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ATUALIZANDO... Quadras Paralelas #004 a #008

Oi, Queridos amigos e leitores.

Ainda não é desta vez que estou de volta.

Meu quadro de saúde não me proporciona mais o prazer de me sentar e escrever tudo o que vem em minha mente. Aliás, vinha, pois até a inspiração tem sido por demais volátil e nem dá tempo de sentar e escrever, pois já se dissipou como éter ou butano  em contato com a atmosfera.

Espero ficar bom e poder voltar à rotina prazerosa de traduzir em palavras e versos as sinapses que meus neurônios,por vezes, me regalam.

Não gostaria de me desnudar mais do que já o fiz.
Conto com suas orações.

                                      Carinhosamente,

                                Od L'Aremse M. Peterson

                       ******************************

A seguir, alguns poemas que já estavam escritos previamente.

                       ******************************

DE PONTO EM PONTO - Quadras Paralelas #008
Autor:  *Bosco Esmeraldo*
Rimada: *ABCB, ADCD*

Minha vida se resumiu a um ponto.
Ora, um ponto de período,
Ora, ponto de segmento...
Por vezes, reduz-se a uma vírgula.
     Por vezas, pausada em ponto-e-vírgula
     Ou apostrofada, sincopada. Afinal,
     Dores absorvem alegria efêmera,
     Findando em indesejável ponto-final.

**********************

PERDAS E GANHOS - Quadras Paralelas #007
Autor:  *Bosco Esmeraldo*
Rimada: *ABCB, ADCD*

Na vida, em algum momento,
Tomei certas decisões:
Prazer e alegria, perdas,
Dúvidas, muitos senões.
     Foi quando, em meio a lamento,
     Encontrei, de Cristo, a luz.
     Transformei, em ganhos, perdas,
     Dando minha vida a Jesus.

**********************

Título: *A VIDA É ARTE EFÊMERA*
Estilo: *Quadras Paralelas #006*
Autor:  *Bosco Esmeraldo*
Rimada: *ABCB, ADCD*

Vejo na tela um artista
Com pó de carvão traçar
Arte efêmera, passageira
Que logo vai perpassar.
     Assim, é a vida em revista.
     De tão efêmera, convida
     A vivê-la assaz, inteira,
     Pois, passa veloz, a vida.

*** *** *** *** *** *** *** *** *** *** *** *** *** *** *** ***

Tenho ultimamente procurado degustar cada átimo que passa como se fosse o último. Assim, posso degustá-la integralmente a cada gota e fôlego que o SENHOR me acrescenta generosamente..

**********************

LAPSOS NÃO RELAPSOS - Quadras Paralelas  #005
Autor: Bosco Esmeraldo
Rimas: ABCB, ADCD

Tantas ideias que se vão,
(Volátil pensar) em lapsos,
Sem antes serem compiladas...
Fugazes, sim, mas não relapsos.
     Planos em incineração
     Em fade-out, vão-se esmaecendo...
     Sonhos, memórias apagadas
     Que, lentamente, vão morrendo

**********************

PARADOXOS EXISTENCIAIS - Quadras Paralelas  #004
Autor: Bosco Esmeraldo
Rimas: ABCB, ADCD

A vida é uma contagem progressiva
Nascemos, crescemos e envelhecemos.
Nesse curso,  amamos, reproduzimos
E, no final, é certo, nós morremos.
     A vida é uma contagem regressiva.
     Cada dia,  menos um a viver
     Mas, se o bem com os outros dividimos,
     Terá válido a pena. É crer pra ver.
Alelos Esmeraldinus
Enviado por Alelos Esmeraldinus em 15/11/2019
Código do texto: T6795368
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Alelos Esmeraldinus
Gama - Distrito Federal - Brasil, 95 anos
3763 textos (172106 leituras)
206 áudios (13504 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/08/20 14:40)
Alelos Esmeraldinus