Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Encantosia #047: OS SONS DA NOITE

O silêncio grita inauditamente...

Os sons da noite bem definidos,
Alguns são de fato, tão bonitos!
Grilos de verdade, ou são tinitus?
Ao dia, são desapercebidos,
Do vai-e-vem diário, os ruídos.
Zumbidos chatos das oiças, o atrito.

Muito embora os ouça, ninguém mais,
Na mente, a gritar tão fortemente,
Em alto e bom tom, porém silentes,
São mais destacados dos demais.

Se dominar-me os deixo, me ferro,
Embora não os possa controlar,
Jamais me posso descoltrolar.
Mesmo a gram custo, me desemperro
E, com esforço, o ânimo desenterro,
Buscando alento a cantarolar.

De quatro, uma, tenho que escolher,
Ou ficar chorando em demasia,
Deixar-me levar, à revelia,
Ou então, reagir, sem me recolher.

Ou transformar todos em poesia.

***
By Bosco Esmeraldo
Alelos Esmeraldinus
Enviado por Alelos Esmeraldinus em 29/10/2017
Reeditado em 08/11/2017
Código do texto: T6156153
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Alelos Esmeraldinus
Gama - Distrito Federal - Brasil, 96 anos
3782 textos (174930 leituras)
212 áudios (14263 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/04/21 04:11)
Alelos Esmeraldinus