Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM ENSAIO SOBRE A SABEDORIA E A JUSTIÇA. Parte 1 - Um livro em homenagem a Jesus cristo

Oi! Sou o Isaías Amorim, apenas um escritor amador e gostaria de lhe apresentar um livro que estou escrevendo e que lhe dei o nome: UM ENSAIO SOBRE A SABEDORIA E A JUSTIÇA.



Neste trabalho vou lhe contar uma história sobre um homem de noventa e nove anos de idade, e que há bem pouco tempo se tornou o novo monarca de um pequeno reino; mas, que até a sua recém-chegada, os habitantes deste país eram governados por um Autocrata que praticava inúmeras tiranias contra o seu desprotegido povo.



Mas, foi com lágrimas nos olhos que  este novo soberano contou ao seus súditos que logo após ter completado apenas os seus primeiros quatro aninhos de vida, mesmo que ele nessa época ainda era tão menino, nesse momento ele já teve que deixar o conforto que um nobre tem, e sem mencionar a questão de ficar sem o convívio com sua família, pois, ele foi levado alheio a sua própria vontade para viver muito recluso com um tio dele que é uma espécie de eremita; e durante todo esse longo tempo que este novo rei esteve por lá, bem afastado dos seus outros parentes, ele recebeu apenas uma única cartinha da sua querida mamãe. E esta correspondência que chegou até a suas mãozinhas aconteceu dois meses após a sua partida.

Este monarca que naquela época era apenas um frágil e assustado principezinho -- nunca mais teve outra notícia da sua família e nem de sua pátria, porque, ele foi forçado a viver nas alturas do topo de uma montanha gigantesca, e esse longínquo lugar para o qual este tão pequenino príncipe foi levado era de um difícil acesso, e esse lugar se encontra do outro lado do globo da Terra.

Esse território é completamente isolado e muito bem protegido por uma imensa floresta inexplorada e também por algumas montanhas altíssimas, e bem como de um penhasco profundo e além de um grande deserto bastante hostil.



E esse tão distante e inóspito refúgio está relativamente perto de um lindo lugar que fica em uma imensa planície que começou apenas como uma simples aldeia, e que se transformou ao longo do tempo e à custa de muito trabalho e estudo: em uma sociedade pacífica que é organizada dentro de um Regime Governamental que parece ser muito superior a melhor democracia que a nossa vã filosofia nos deixaria imaginar que tal gerenciamento poderia ser possível de ser concretizado no mundo real e tangível.

Neste incrível local: a Sociedade, o Estado e a Família são simbioticamente um único ORGANISMO em três partes distintas, porém, não é possível saber onde é que começa um desses elementos que o compõe e onde termina uma outra fração desta tão coesa trilogia; e é por isso que cada um dos associados a este Sistema de Convivência se comporta como se todas as pessoas fossem, de fato, seus próprios Parentes consanguíneo, e assim cada pessoa tem a nobre atitude de pensar muito bem no coletivo antes de tomar uma decisão particular que ele vier a concretizar em qualquer assunto; e é por isso que a pessoa interessada em alguma questão que indiretamente pode afetar outra pessoa, então, é por isso que se faz tão necessário se consultar com todos os demais membros desta Linda Sociedade.

Os habitantes deste lugar fazem isso porque eles, empaticamente, se colocam no lugar dos demais, eles tratam as pessoas exatamente do modo que eles querem ser tratados pelos seus próximos; e como estas pessoas são desde de muito jovens preparadas para entenderem o que é a justiça e como que é que se deve praticá-la, então, tudo fica bem mais fácil de ser feito da maneira mais correta possível, já que, desde muito crianças estas pessoas já são ensinadas a pensarem criticamente, e também são ensinadas a saberem o que é o certo e o que é o errado; e todos estes cidadãos estão o tempo todo corrigindo a cada desvio de conduta uns dos outros, mesmo nas mínimas falhas, e quem adverte também é advertido quando este igualmente comete um erro. Uma mão lava a outra e as duas juntas lavam o rosto. E todos ficam muito felizes e satisfeitos por serem endireitados, e por endireitar, dependendo da ocasião de qual lado da ponta que o cidadão esteja, aliás, corrigir ou orientar, neste lugar, é uma obrigação, mas também é considerado um ato de amor, e é também um privilégio, e quando a pessoa é retificada ela faz uma reverência de agradecimento a quem lhe ajudou a ser uma pessoa que passou a saber mais e assim podendo se transformar em alguém bem melhor para si e para toda a Sociedade.

E nessa exótica e tão interessante CUMUNHÃO de pessoas, cada membro dela, foi cuidadosamente ensinado na maneira correta de como é que deve ser o relacionamento no modo COLETIVO e no modo INDIVIDUAL de um jeito saudável no panorama de convivência em uma  Sociedade que é um surpreendente e verdadeiro Estado Democrático e de Direitos e de Deveres -- onde cada uma das leis e  Privilégios, todas as Regalias e Liberdades, todas as Imunidades e Vantagens, cada um dos Benefícios e Garantias, todos os Apanágios e a cada uma das Prerrogativas, todos os Deveres e Obrigações são Absolutamente Justas, Acessíveis, Extensivas e Aplicáveis a Cada Um dos Seus Cidadãos de uma Maneira Totalmente Igualitária e que São Respeitadas em Toda a sua Plenitude por Cada Um dos Membros dessa magnífica SOCIEDADE-ESTADO -- e este extraordinário SISTEMA é formado por um modo Administrativo totalmente Laico e que é desvinculado e "separado" de quaisquer categorias de existências sobrenaturais, pois, nesta magnífica região, estranhamente, ninguém conhece um único texto considerado Sagrado ou um Conceito religioso ou convicção de qualquer ordem relativo ao que é metafísico.


Neste lugar a única coisa que é realmente sagrada: é o pleno e perfeito funcionamento do ESTADO-SOCIEDADE-FAMÍLIA, onde a busca plena da felicidade de todos os habitantes está sempre em curso.




E este homem que já é tão idoso, só depois de muitos anos que havia deixado a sua pátria, voltou anteontem ao seu país de origem a fim de ser coroado rei.



Ele contou que durante ao longo de todos os seus noventa e cinco anos em que esteve naquele lugar, a sua única obrigação que ele precisava realizar era a de somente de estudar, estudar e estudar, e ele fazia isso todos os dias e todas as horas; e foi a custa de tanta dedicação aos estudos que ele se tornou um grande pesquisador bem letrado e capacitado em várias áreas do Conhecimento Humano.



Este homem disse ainda que ele é muito aplicado de tal modo nos estudos que até mesmo nas últimas horas que antecederam a sua viagem de retornar ao seu país natal -- ele continuou, mesmo nesses últimos instantes, enquanto esperava a sua partida continuava se dedicando intensamente e com absoluta exclusividade a conhecer a várias outras categorias de Filosofias, de Psicologias, de Direitos, de Sociologias, de Economias, de Antropologias e de a tantas outras disciplinas --  e ele fazia isso igualmente como acontecia em todos os outros dias de sua vida de profunda aprendizagem, ou seja, ele só estudou mesmo; então, tudo ocorreu normalmente como eram comuns em todos os outros dias da sua longa busca pelo verdadeiro conhecimento. E por isso que ao estar próximo do dia e  perto da hora da sua grande viagem não alterou em nada a sua rotina de intensos estudos, e ele fazia isso porque buscava encontrar o caminho para a verdade.



E ele ficou bem comovido com a situação muito precária em vários tipos de deficiências e de carências em que se encontrava o povo do seu país natal que ele iria começar a governar; e este homem sábio e justo explicou que pretende fazer a sua parte para  deixar um grande legado de justiça e de sabedoria a sua gente, e também a toda a Humanidade





É por isso que esse tão sábio, culto e preparado homem vai começar em seu reino os "primeiros alicerces" para a grande construção de uma Moderna Sociedade profundamente Democrática.



E antes de dar o início para uma completa transformação dessa tão terrível Ditadura em uma República que vai nascer em breve -- e esse produto intelectual poderá vir a ser um paradigma de excelência com o potencial de ser seguido por boa parte de toda a Humanidade --, e agora que ele voltou ao seu país de origem para governar, esse tão incrível homem vai instruir a todos os súditos do seu reino para que cada um destes habitantes possam ser um pleno cidadão sábio e justo e que saiba qual é o modo correto que se vive e convive nesse futuro novo tipo de República: e assim possam gozar de todos os direitos e deveres em suas melhores capacidades e virtudes e além de terem a cada uma de suas necessidades totalmente supridas pelo Novo Estado-Sociedade.





Em sua segunda parte desse trabalho o texto vai revelar algo surpreendente sobre como o filho do Deus de todos os Cristãos enxerga todas essas questões vinculadas as atitudes da sabedoria e da justiça e do modo de agir individualmente e também do modo coletivo de governar e de ser governado de parte da Humanidade que não conhece o Evangelho -- por nunca terem ouvido falar sobre ele --, portanto não seguem aos Seus Maravilhosos Princípios, mas que mesmo assim esses peculiares indivíduos são pessoas que praticam uma curiosa "boa justiça": feita por pessoas notáveis em sabedoria vinda exclusivamente "dos corações e das cabeças" dos seus anciões locais que usaram somente a totalidades de suas capacidades de inteligências inerentes aos cérebros humanos e que eles compartilham a todos esses conhecimentos acumulados durante toda a História da sua civilização para o Benefício de todas as pessoas daquela Incrível Sociedade, mas que efetivamente eles são totalmente leigos nas Palavras Sagradas: Sagradas para quem acredita em Cristo.



Mas como será possível que esses simples cidadãos que vivem completamente isolados e afastados do ocidente conseguem praticar com tanto êxito essa peculiar tão excelente justiça, mesmo sem ao menos conhecer os Fundamentos da Doutrina do Cristo?



Como é que eles podem fazer o que é justo sem terem a posse dos Grandes Ensinamentos do Verdadeiro Messias? Como será que eles conseguem ser tão sábios sem fazerem uso das Advertências Dele, e ainda os Seus Conselhos, e mesmo assim usando apenas e tão somente as suas verdades dentro do contexto de seus próprios entendimentos tão particulares?



Qual será o misterioso grande segredo para que esse tão singelo povo consiga concretizar tais realizações tão admiráveis, consideráveis, dignas, notáveis, respeitáveis, singulares e tão surpreendentes? O que será que aconteceu além da prática da filosofia de: o que é o MELHOR para o TODO é o MELHOR para a UNIDADE, o que é MELHOR para TODAS as PESSOAS é o MELHOR também para MIM?





Você não pensa que é tão surpreendente que essas pessoas consigam ser muitos justas e íntegras sem ao menos conhecer minimamente o EVANGELHO? Mas o que será que Cristo pensa a respeito de todas estas atitudes destas pessoas e do modo de viver e de pensar deste povo e da sua sabedoria tão própria desta  interessante comunidade?




E, este homem que voltou ao seu país onde nasceu, e agora é o novo rei, em apenas um único dia após a sua coroação -- e ao final de um grande julgamento que esse novo monarca realizou de uma maneira tão inusitada --, finalmente ele conheceu os ensinamentos de Jesus, e foi a partir desse encontro com essa Verdade do Cristo que houve uma transformação tão intensa e completa em seu modo de entender o que é Realmente a Vida, o que é a Verdadeira Vida, o Significado do que é Viver e, com isso, e ele, finalmente, ENCONTRA A VERDADE E descobre que só o Filho do Eterno é o Verdadeiro e o Único Rei, e este era um soberano, que era o possuidor de todo o poder do Estado concentrado em suas mãos e ele, de repente, humilhou-se fortemente perante todo mundo, e reconheceu, ainda, que só o Cristo é o seu Senhor e Salvador, e confessou ser unicamente um servo e súdito do Rei Cristo e abriu mão do seu posto de governante supremo desse reino e o abnegou no mesmo momento sem vacilar nem ao menos um instante sequer.



Além disso, este rei renunciou a tudo o que ele aprendeu em toda a sua vida com todos os grandes filósofos, e com todos os outros sábios deste mundo ilusório, e com os ideologistas,  e se desligou completamente das sujas políticas dos homens, e ele nega, e renuncia até a si mesmo e suplicou que era para todas as pessoas esquecessem completamente tudo o que ele próprio lhes ensinou antes daquele momento da sua grande descoberta, pois, percebeu que tudo o que havia sido dito por por ele são apenas tolas bobagens e tolices sem importância alguma; e disse ainda que, a partir daquele momento em diante: "Cristo é a sua cabeça", e que só vai se consutar e se orientar somente por Ele, o Cristo, e que apenas o que Cristo ensinou tem relevância para ele, e que agora a sua sentença e a do Filho de Deus será simbioticamente uma só unidade, e proferiu ainda que Jesus -- é o seu único mestre, é o seu guia, na verdade Ele é seu único Pastor, e que Cristo é o seu Único Caminho da Verdade, Ele é Própria Verdade -- e que só vai se submeter a Ele; e todas as suas ações serão pautadas através das palavras do Filho de Deus; e esse homem nesse momento realmente se transformou em um Súdito do Verdadeiro Rei, o CRISTO, e sugere -- com muito amor e devoção -- que todos os que almejam serem os Verdadeiros Filhos de Deus e querem entrar na Celestial Casa Dele: teriam que lhe imitarem e ainda fazerem exatamente o mesmo que ele fez; que todos se renunciem e se humilhem a Cristo.



E tão esse renovado homem lembrou ainda que Cristo esclareceu que tudo que é ligado aqui na Terra é ligado também lá no Céu, e o que é desligado aqui na Terra é identicamente desligado lá Nas Alturas, e foi por isso que esse indivíduo por inteiro se desconectou dos assuntos da Terra e da carne e se conectou totalmente as Coisas do Espírito: as Coisas do Céu e declarou também que ele está no mundo, mas, que não faz mais parte desse lugar ilusório, pois, já se apartou e separou-se completamente dele, e ainda revelou que só AQUELE que se sacrificou com a sua vida por nós é o seu ÚNICO Rei no Céu e igualmente aqui na Terra e que esse deveria ser o comportamento unânime dos que querem ser os verdadeiros Filhos Arrebatados de Deus; e logo depois de todos esses impressionantes fatos ocorridos e ditos por esse homem nunca mais esse indivíduo tão honrado foi visto novamente.





E este tão singelo livro pretende mostrar ainda que, em de acordo com os Ensinamentos dos Evangelhos, como é que o Senhor e SALVADOR -- nesses Versos Sagrados da  Palavra do Filho de Deus sobre a Nova Aliança feita com a Humanidade através da Sua Vinda à Terra e do Seu sacrifício: a Sua Morte para redimir e ZERAR a todos os pecados da Humanidade --, e como Ele julgará essa questão de que, inversamente ao que este rei citado fez -- trocando a sua vida terrena pela Vida Espíritual -- existem outras sociedades onde os seus cidadãos de modo individual e igualmente no modo coletivo que tiveram acesso a Aquelas Boas Novas Notícias Libertadoras: ditas por Jesus e se dizem seus seguidores, mas, são somente palavras faladas por corrompidos, portanto, são apenas pronunciadas com os lábios e não com o coração, palvras que não foram ditas em Verdade, e em Espírito, e por isso mesmo que sempre soltam muitas vãs palavras ao vento afirmando -- falsa e hipocritamente -- que lhe adoram e que acreditam Nele, mas, essas pessoas só dizem isso ou para enganarem uns aos outros, ou até para iludirem a si mesmo; pois, os seus corações bem duros, e que estão completamente afastadas Dele e estão na verdade se aproximando cada vez mais e mais é do senhor dos eventos deste mundo e dos futuros Grandes Tormentos Eterno, devido a suas práticas erradas e completamente indevidas e ainda em decorrência de suas atitudes tão ruins, uma vez que, esses indivíduos são exatamente tudo aquilo que o Filho de Deus menos aprecia nas pessoas: são hipócritas, vaidosos, já que se preocupam em demasia com a estética de seus corpos, além de serem mentirosos, arrogantes, gananciosos, em razão de que são bem apegados as riquezas desse mundo e sempre procuram a fama e a serem reconhecidos pelos homens e as glórias mundanas, pois, são nesses tipos de escolhas e de valores que habitam os seus tesouros; e os seus corações circundam onde repousam o que eles lhes dão valor, e é por isso, ainda, que essas pessoas aceitam com tranquilidade a serem totalmente governadas e regidas por indivíduos que sempre adulteram e distorcem e falseiam intencionalmente os ensinamentos de Jesus para obterem vantagens indevidas para si, e também para enganar os tolos ou ainda agem piores do que isso, já que, muitos deles não se importam nenhum pouco com a Santa Doutrina do Caminho que Cristo ensinou, por isso mesmo que continuam se afastando cada vez mais Dele, e do caminho da Verdade Libertadora que Ele, amorosamente, presenteou através do seu sacrifício a toda a ingrata Humanidade que, injustamente, virou às costas para Ele.





Este tão singelo livro pretende ajudar a esclarecer e a ensinar -- a quem se interessar --, que, muitos destes governantes são fortemente ligados às Forças Malignas e são adversários audazes do Filho do Altíssimo; e essas Forças estão em uma terrível guerra disputando com o Salvador as almas das pessoas: e é por isso mesmo que esses rebeldes seguidores do Mau ficam muito distantes dos ensinamentos do Cristo: e nada fazem para espalharem e divulgarem a Sua Santa e Sagrada  e Perfeita Justiça.





Eu espero que os ensinamentos e reflexões de Cristo que foram citadas neste livro permaneça até mesmo nos corações daqueles que não são seguidores de Jesus e que são simpatizantes apenas das questões políticas ou filosóficas que há entrelaçadas ao longo de todo o Evangelho.



Desejo que esse texto marque profundamente os corações das pessoas que querem ser os verdadeiros CRISTÃOS: para que eles sempre se lembrem dos ensinamentos de CRISTO e se inspirem Neles em todos os atos e momentos da vida de cada um; espero ainda que esses seguidores de verdade se orientem sempre através do caminho do Filho de Deus, e só através Dele mesmo!



Eu gostaria, portanto, que você se beneficiasse bastantemente com o conteúdo deste texto, e que você possa e queira compartilhar o meu primeiro livro, que vem logo a seguir, com todas as pessoas que o amigo leitor ou amiga leitora puder, muito obrigado por colaborar com esta modesta obra; eu creio que Jesus iria gostar muito disso!



A primeira parte da história: um dos muitos modos filosóficos de se enxergar o mundo.



A partir de agora cada pessoa que estiver lendo essa narrativa vai ser convidada a começar a conhecer uma intrigante, e fascinante história que está cheia de ensinamentos e de exemplos que será contada por um sujeito muito especial, onde com os seus enigmas e os seus testes e em suas respostas esse indivíduo sempre nos mostra como algumas pessoas muito diferentes entre si, e como elas reagem perante as mesmas situações e acontecimentos entre os quais tem alguns cidadãos comuns, também há um rei filósofo e que só conviveu com pessoas de um Estado Laico e ainda tem uma pessoa que conhece e que segue corretamente e de maneira verdadeira os ensinamentos inspirados pelo maior de todos os homens que já pisou na Terra.



Vamos entender, então, as atitudes, os frutos e os posicionamentos de cada uma dessas personagens e aprender com todas elas: com os seus erros e principalmente com os seus acertos.



Por isso mesmo que para observar a todos esses acontecimentos tão controversos é que estamos aqui neste ponto de ônibus onde ao fundo tem um muro muito alto e antigo; vejam, há um pequeno buraco nele, mas ele parece ter o formato de um círculo perfeito, mas será que essa abertura foi mesmo causado somente pelo tempo e além do vento e pela chuva? Perceba que nele cabe apenas, no máximo, algo que tenha a medida exata de uma cabeça de um adulto; e, essa incomum e misteriosa abertura se localiza exatamente no centro do ponto de ônibus e fica logo acima da altura de dois metros.



Se olharmos por esta tão estranha abertura assim conseguiremos enxergar boa parte do Hospício Municipal onde estão centenas de pacientes internados sendo que quase em sua absoluta totalidade estão em período integral e alguns deles estão recebendo tratamentos há muitos anos.



Podemos observar que aguardando no ponto de ônibus há uma dona-de-casa de meia-idade e até parece que ela é muito mal-humorada e tem também um homem que está acabando de chegar, e que está um pouco acima do seu peso "normal" para ser considerado inteiramente saudável, e vejo ainda um rapaz magricela que aparenta ser muito desatento.



Ninguém diz  absolutamente nada, pois, cada qual está perdido em seus próprios pensamentos e preocupações particulares e talvez até muito íntimas.



Nesse momento podemos observar que a quarta figura dessa longa aventura já está chegando e é uma vendedora ambulante de hot dog e ela parece estar um pouco ansiosa, mas assim mesmo resolveu estacionar o seu já bem usado além de pequeno e simples carrinho de cachorros-quentes; nesses primeiros momentos ela apenas olha para as pessoas que estão esperando o transporte coletivo chegar, porém, ninguém ainda notou a sua discreta presença que agora está total e devidamente instalada com todos os seus apetrechos que são necessários para a venda dos seus produtos, e ela, tentando parecer que é um pouco simpática então finalmente cumprimenta o pessoal que está à sua frente:



-- Bom dia, gente boa, está quente hoje, não é mesmo?



Mas quando ela disse isso todos lhe olharam ao mesmo tempo, eles se assustaram por causa do jeito que ela falou isso, pois, foi de repente e muito alto e com sua voz bem estridente.



O rapaz magricela agora já recuperado do susto e tentando fingir ser pelo menos um pouco agradável lhe responde:



-- Bom dia, dona, é sim, realmente está muito quente agora, até mais do que ontem a essa mesma hora, pois, pelo menos ventava, às vezes, e refrescava um pouquinho...



E o homem que está acima do peso está suando muito, pois, correu intensamente até chegar ao ponto de ônibus acreditando estar atrasado e também querendo aparentar que é amigável e lhe responde:



-- Bom dia, desejo que a senhora tenha um lindo dia!



A dona-de-casa que está olhando seu relógio e com um enorme sorriso que aparenta ser meio falso e diz:



-- Bom dia, está quente mesmo, espero que chova rapidamente senão vou derreter logo logo…



A vendedora de hot dog forçando um sorriso que teima em não aparecer e rapidamente já lhe oferece o seu produto:



-- Quem vai querer comer um hot dog especial bem fresquinho?



O homem que está um pouco acima do peso olha fixamente o cartarzinho no carrinho onde tem uma foto bem chamativa do lanche, e se nós fôssemos analisar apenas pelo jeito que ele está olhando e salivando de vontade faz com que pareça que ele quer comer no mínimo devorar a três lanches, e, então. ele diz amistosamente:



-- Eu bem que experimentaria um sim, já estou até com água na boca, pois, adoro "forrar e agradar ao meu querido estômago" com algo bem gostosinho, às vezes, só às vezes; mas, agora, infelizmente estou novamente em um triste e bem restritivo regime, agradeço, muito obrigado por me oferecer e lhe desejo de coração que a senhora faça muitas vendas hoje e sempre.



A dona-de-casa muito mal-humorada faz "uma cara de poucos amigos" e torcendo o nariz e asperamente logo lhe diz:



-- Acabei de lanchar em casa e não quero essa coisa bem nojenta aí não, muito obrigada!



O rapaz magricela que, pelo jeito que olha para a vendedora, parece que ele não gosta muito de comer na rua e obviamente desdenhando dela lhe esclareceu:



-- Se eu comesse essa coisa de péssima qualidade e bem pouco nutritiva ai eu não iria ter um bom e suficiente apetite para um maravilhoso almoço especial do dia das mães com um delicioso e nutritivo banquete bem saudável preparado pela minha mamãezinha com muito carinho e amor, e eu conhecendo ela muito bem, eu lhe digo que, com certeza, ela ficaria muito chateada comigo se eu não comer o bastante necessário com toda a nossa grande e unida família na data comemorativa em que ela mais gosta de festejar.



 E a vendedora ambulante ao escutar a resposta dele fica visivelmente aborrecida e diz:



-- Poxa vida! Ninguém vai comer nenhum único lanche, e sendo assim, como é que vou conseguir saldar todas as minhas dívidas se ninguém comprar nada de mim? Como vou conseguir pagar se ninguém me ajudar em nada? O meu aluguel está sem pagamentos há dois meses e já está indo para o final do terceiro atraso e certamente vou ser despejada até o fim dessa semana mesmo, e eu não tenho para aonde ir! Eu não vou  ter aonde me abrigar...



A dona-de-casa rispidamente responde a ela:



-- Olha aqui, minha senhora! A vida não está fácil para ninguém realmente, sinto muito por você, mas eu igualmente estou meio apertada em relação às finanças, já que, o meu marido ficou desempregado por quase seis meses… E eu também moro de aluguel!



O homem que ainda está com muita vontade de experimentar um cachorro-quente lhe confessa:



-- Eu igualmente estou em dificuldades financeiras há quase um ano inteiro.



O rapaz nervoso e querendo pôr um ponto final nessa conversa chata e já se mostrando muito entediado fala para a vendedora agressivamente:



-- Minha cara senhora, as pessoas aqui estão sem dinheiro e eu igualmente não tenho… E outra coisa, ainda é muito cedo para se comer essa porcaria aí que não é nenhum pouco recomendável para que se tenha uma boa saúde; e a senhora não precisa e nem deve ficar aborrecendo as pessoas oferecendo o seu produto insistentemente o tempo todo, pois, quem quiser comer uma merenda sabe muito bem ir até aí, por vontade própria, e comprá-lo sem nenhum problema, sem a senhora ficar insistindo tanto; mas, me diga uma coisa, por acaso, é o seu primeiro dia vendendo isso?



A vendedora faz uma expressão de desânimo e diz:



-- Não, moço, já faz um mês que estou vendendo… Comprei esse carrinho de segunda mão... Estou em um sufoco financeiro muito grande... Estou tentando desesperadamente conseguir um dinheirinho extra para tentar quitar algumas das minhas muitas dívidas.



O rapaz magricela faz um sinal com a cabeça demonstrando que já havia entendido a explicação dela, e ele se cala em seguida.



E o homem que está um pouco acima do peso querendo mudar de assunto e também para se mostrar que é muito inteligente e esclarecido sem de fato o sê-lo efetivamente e então diz:



-- Esse país precisa de um bom governante para que ele olhe melhor para as pessoas de bem e as boas famílias, pois, “esses bandidos” que conseguem se elegerem só querem mesmo é roubar do povo, eles pensam que foram eleitos somente para desfrutar de privilégios e de vida boa às nossas custas e não fazem nada para o bem da nação, só pensam junto com a sua turma de milicianos em roubarem do erário, o dinheiro público, a verba toda banhada com o suor e com a sangue dos trabalhadores, do nosso povo; e eles sempre estão confundindo propositalmente os recursos públicos com as posses privadas deles e, então, estão sempre usurpando e sugando estes recursos do Estado para si e para distribuírem para as suas mafias…



A ambulante parecendo que subiu em um palanque de campanha eleitoral, e chama a atenção de todos só para ela mesma e, então diz:



-- Por falar em política... Quero lhes informar que se eu fosse a presidenta deste país eu seria muito sábia e governaria visando principalmente o melhor para as pessoas de bem e das boas famílias que são oprimidas e injustiçadas por serem corretas e conservadoras! Porque conheço a realidade das coisas exatamente como elas são, e sou bem justa, muito justa mesmo, de fato. Realmente, eu sinto imensamente que tenho uma grande capacidade extraordinária para governar melhor do que estas pessoas que estão aí no poder atualmente! Eu mesma que sempre fui tão injustiçada e sou uma vítima requente de tantos preconceitos por eu ser igualmente muito correta, e é por isso mesmo que eu sei o que os desprivilegiados necessitam, entendo suas carências e a todos os seus desejos.



O magricela quando ouve isso sorri ironicamente, pois, acredita que só ele poderia fazer esse tal bom gerenciamento citado pela vendedora e já também se imaginando no poder então explicou:



-- Se eu fosse governador faria a melhor de todas as justiças e daria o melhor para o meu povo, ou seja, as pessoas de bem; e no meu mandato a paz e a harmonia iriam governar junto comigo e a minha justiça e a minha sabedoria iriam fazer toda a diferença no processo administrativo, e o povo iria se orgulhar muito do meu jeito de fazer os trabalhos políticos, e esse meu modo perfeito de liderar, com certeza, faria com que eu conduzisse a nação sendo o presidente nas próximas eleições, e eu, é claro, entraria para a história como o grande exemplo de excelente administração, e eu seria folgadamente reeleito com certeza, e depois ainda elegeria o meu sucessor tranquilamente, e eu seria reconhecido como o grande líder mundial que efetivamente eu sou, e todos os povos me convidariam, por aclamação, a ser o imperador do mundo!



E a dona-de-casa, ainda bastante mal-humorada tem também a sua vez de se manifestar a esse respeito:



-- Eu queria ser prefeita dessa cidade falida, pois, com minha sabedoria e justiça, governaria muito bem este município e o transformaria na maior potência mundial. Eu penso que essa cidade realmente precisa de alguém igual a mim para fazer dela um exemplo a ser seguido por cada cidadão de bem que quiser me ouvir. Viriam muito postulantes a cargos públicos de todo o mundo estudar a mim e a minha administração com propósito de aplicarem em seus países, as minhas atitudes, os meus conhecimentos e o meu maravilhoso plano de governo e em um segundo momento eu seria a presidente desse país e consequentemente, eu seria eleita a rainha do mundo: quando houver disputas eleitorais desse tipo, é claro.



A ambulante acreditando ser uma defensora dos pobres e dos oprimidos volta empolgadamente a se pronunciar:



-- Com toda certeza eu seria um exemplo bem melhor do que todos vocês juntos e esse planeta inteiro iria se espelhar em mim; e se todas as pessoas aceitassem mesmo as minhas orientações e me seguissem eu os conduziria perfeitamente bem e eu iria fazer para a humanidade um mundo muito melhor para se viver, feliz, muito feliz mesmo. Todos os países, cada um dos estados, todas as cidades e até cada uma de todas as aldeiazinhas bem distantes iriam se inspirar em mim... Eu sim poderia ser uma presidenta mundial!



O rapaz diz a mesma coisa e o homem que está um pouco acima do peso igualmente; e eles estão realmente convictos e confiantes de que cada um é o melhor exemplo de competência, de justiça e principalmente de sabedoria; e cada qual disse que assim que chegasse ao poder, muito rapidamente, no seu primeiro dia de mandato, iriam acabar o com máximo possível de "minorias esquisitas" que não se adequassem a esses novos governantes reacionários, pois, farão muitos outros decretos já depois dos primeiros dias dos seus governos para se certificarem disso "então as minorias se adéquam, ou tem que desaparecerem para sempre": disseram esses cretinos. Esses boçais acreditam intensamente que tudo mudaria para bem melhor com eles no poder, e acreditam tanto nisso que falam que já até se imaginam recebendo muitos prêmios e grandes honrarias e inclusive com várias estátuas deles sendo colocadas em alguns lugares muito importantes e em destaques pelo mundo todo.



Nesse momento a dona-de-casa repara que o ônibus está demorando demasiadamente e olha de novo para o seu relógio.



A ambulante conta que já está saindo dali, pois, precisa vender seus lanches logo, mas ela não vai imediatamente e permanece ali parada no mesmo lugar e parece que ela precisa desabafar algo que está lhe incomodando muito e, finalmente revela aos que estão lhe ouvindo:



-- Estou bem exausta mesmo… Não dormi nada essa noite, porque, descobri que minha única filha é uma perdida na vida e eu a expulsei de casa ontem mesmo já quase à meia-noite em ponto quando a surpreendi vomitando escondida no banheiro, pois, logo percebi que ela está grávida e eu não sou uma completa imbecil, e sou muito esperta mesmo, sei ver e entender a realidades dos fatos como eles são, e eu, já que pelo o que está apresentando, e está muito evidente, está muito na cara, essa menina cheia de tantas maldades realmente quis isso, e ela fez tudo isso só para me afrontar, e logicamente eu lhe mandei ir para a casa do rapaz que ela escolheu, certamente, pelo o que parece, de livre e espontânea vontade para se perder com ele, e o infeliz ser o pai da sua criança... Eu não quero ser vovó agora não! Eu nem sabia que essa criatura já namorava! Eu nem desconfiava que ela já tinha perdido a sua virgindade, eu pensava que essa menina gostaria que a sua pureza lhe fosse muito preciosa e importante. Pensei até que ela, igual a mim, quisesse se manter casta até se casar! Eu desejava tanto que a minha filhinha se casasse pura... Esse era o meu sonho! Que decepção! Foi a maior decepção da minha vida!  Com essa eu não contava mesmo! Não foram esses os planos que eu tinha feito para ela! Eu planejava que ela se casasse com um homem bem posto na vida, um homem rico! Com certeza ela maquiavelicamente planejou muito bem todo esse desaforo contra mim! A infeliz estragou os meus planos que eu fiz para ela... Mas, eu nunca nem vi esta menina junto de nenhum namoradinho, então, parece, pelo o que se aprensenta nitidamente, é que ela namorava bem escondida de mim. E ela já fazia isso justamente porque eu jamais iria permitir isso! E eu que acreditava que essa perdida era ainda apenas uma ingênua criança; a semana passada mesmo a vi brincando fantasiosamente com uma boneca igualmente faz qualquer uma menina!  Como nós nos enganamos com as pessoas, não é mesmo? E foi por esse motivo que eu não consegui dormir nadinha, pois, tenho muito medo de dormir sozinha já que a partir do dia que o pai dela nos deixou, há dez anos, essa menina passou a ser a minha vida, ela era tudo para mim, era a minha amiga, era minha única companheirinha... Sabe, daqui há três dias ela vai completar os seus treze anos de vida; e na minha imensa ingenuidade e no meu grande coração cheio de amor, acreditei que minha única filha era uma boa menina, mas agora que a infeliz preferiu trair toda a minha confiança que eu lhe depositei e ela resolveu escolher essa vida de perdição… A perdidazinha já está grávida de quatro meses e tenho a impressão que não é uma criança só não; já que pelo o que aparenta me deu a sensação que a gravidez é de gêmeos ou de até três crianças! A menina perdida não quis me contar que está grávida, acreditam? Eu tive até que lhe dar uma "boa surra" para incentivar ela a ter a coragem de me confessar tudo! Mas ela, ainda, com certeza, foi só para me provocar, nem quis me contar de jeito nenhum quem é o pai dessa criança que vai nascer em breve, daqui a cinco meses apenas. E a infeliz só me confessou uma única pergunta que eu lhe fiz: a que está mesmo grávida, mas, isso eu já tinha percebido e se iria me dizer só isso então nem precisava me falar nada; que ela ficasse totalmente muda! Parece que eu sou mesmo obrigada a concordar e tenho que me acostumar com isso tudo; vou fazer o quê com esse tipo de gente que já nasce ruim mesmo, vocês concordam comigo? O mundo não é mais como na época de nossos pais! A geração de hoje já nasce completamente perdida, lamentavelmente! Fiz o que pude. Estou com a consciência limpa e bem tranquila, pois, sei que fiz toda a minha obrigação que uma ótima mãe faria! Dei amor! Dei comida, dei roupas, dei brinquedos; fiz tudo isso por ela, com muito trabalho e cansaço, é tanto a quantidade que eu trabalho que nem tenho um tempinho especial dedicado só para cuidar de mim mesma, eu nunca pude me fazer esse carinho para mim mesma; e eu também não encontrei muito tempo para lhe dar mais carinho e para conversar um pouco mais com ela, pois, trabalho muito mesmo! E qual foi o meu pagamento à toda essa dedicação? Por todo o amor que eu lhe dei? Eu nunca recebi do pai dela uma única moeda de pensão! E o que recebi dela como retribuição? E eu que pensava que ela iria encontrar logo um bom emprego para começar a me ajudar a pagar as contas lá de casa que são muitas, mas não claro que não, ela me apareceu com todos esses bebês acreditando que eu iria cuidar deles para ela poder ficar só na vadiagem e na depravação o tempo todo, mas "comigo essa não cola" e eu "já lhe cortei todas as suas asinhas"!



Depois que a ambulante terminou de falar a todos esses terríveis absurdos, pasmem-se, meu amigo leitor e amiga leitora, ninguém lhe dá uma única bronca ou conselho para ela cair em si e refletir sobre o seu caráter e a sua personalidade completamente tosca, chucra e despreparada para se ter um filho.



E o rapaz magricela, além de não lhe dar uma única lição de moral sequer, ou de ética, ou de postura e/ou de comportamento, e de responsabilidades comuns que uma boa mãe precisa ter, e ainda falar coisas corretas e muito necessárias, principalmente sobre como é de grande importância o verdadeiro amor maternal; mas ele não disse nada para essa mãe desnaturada, o rapaz não disse nada a esse respeito para a futura avó desse bebezinho que virá ao mundo em breve, ele não disse nada para despertar cuidados nessa mãe para com a sua única filha desprotegida que é ainda quase uma simples criança, ele não fez nada de bom para ajudar; não! Não, ele não ajudou em nada; nem ele e nem ninguém fez isso não, e, ao invés disso, esse rapaz magricela se empolgou tanto com o tal "discurso" que ouviu sobre a coitadinha da menina grávida que ele ainda acreditou ser o correto continuar o assunto pelo mesmo viés machista, reacionário e tão perverso que já estava esse assunto e resolveu falar sobre outro fato que também é completamente despropositado que ocorreu dentro da sua própria família, e ele demonstrando, com isso, sem querer e sem perceber o quanto a mais do que a vendedora de hot dog são em brutalidades e de despreparados e ignorantes são os seus parentes, portanto, disse, convictamente, concordando com cada palavra sobre o caso da mãe da pobre menina que foi expulsa de casa por está grávida e está precisando muito do auxílio e do apoio e de compreensão da pessoa que lhe colocou no mundo e deveria, incondicionalmente, amá-la e protegê-la de todos os perigos, então, o rapaz finalmente diz:



-- A senhora está completamente certa, e a senhora fez muito bem, estas meninas sem juízo só pensam "uma única coisa" em suas medíocres vidas: em nos darem desgostos, principalmente aos nossos pais, os chefes de suas famílias, o cabeça da casa; e elas querem nos encabularem e nos envergonharem perante aos nossos vizinhos, além de nossos parentes, e além dos amigos e do resto da família para nos desonrar e para trazer a vergonha e o constrangimento para dentro de nossos lares e bem no seio das famílias de bem e que são tradicionais e com bons princípios e costumes. Vocês acreditam que a minha irmã de quatorze anos igualmente a essa infeliz engravidou de um rapaz que ela nem o conhecia muito bem? Mas o meu querido e justo pai a colocou na rua, já que, não seria de bom tom, e não ficaria sendo "o que é o adequado" a uma família de pessoas que tem moral e bons costumes, permanecer com ela conosco em nossa casa, debaixo do mesmo teto que nós, pois, temos que dar bons exemplos, sempre. Pois, não devemos afrouxar a corda senão essas meninas perdidas enchem as suas casas de muitos meninos sendo um apenas um pouco maior que o outro, e quando todas estas crianças fazem uma fila aparenta ser uma espécie de "escadinha";  e estas jovens só querem mesmo saber é de vadiagem e fazerem só coisas erradas! Certamente, acredito que a senhora e, principalmente o meu pai deram boas referências e devem ser seguidos por todas as pessoas de bem e que acreditam na família tradicional; assim as outras meninas que conviverem com essa triste e lamentável situação, farão, graças aos bons exemplos dados, com toda a certeza, escolhas bem melhores do que as escolhas que essas perdidas fizeram por não terem um bom espelho de condutas moral e de bons costumes para que pudessem seguir. Por isso que acredito sempre com base na minha forte convicção, pois, o meu aguçado senso crítico nunca falha e ela me disse que o modo no qual o meu pai educa é a melhor alternativa entre todas!



O magricela defende isso com uma expressão facial de quem está dizendo a coisa mais certa e correta de todo o Universo e se cala orgulhoso de si mesmo; e igualmente ao fim do outro relato cheio de disparates feito pela vendedora ambulante, ninguém lhe avisa do absurdo do que ele falou e todos balançam suas cabeças concordando com todas as palavras que esse machista, reacionário, desumano, e aprendiz de tirano vomitou com suas palavras bem nojentas.



E depois disso a dona-de-casa que conseguiu finalmente ficar um minuto inteiro sem ficar olhando irritantemente para o seu relógio de pulso e agora igualmente aos demais reacionários, quer também apresentar o seu parecer sobre essa questão:



-- Eu que só cuido da minha própria vida, sou justa, mas mesmo assim até já ouvi, já que não sou surda, ouço de leve as pessoas comentarem nas filas de bancos, nos pontos de ônibus, e as pessoas falam muito dessas tais meninas ai, sem juízo algum, e penso que, inclusive, tudo isso acontece simplesmente por uma pequena falha das mães dessas meninas perdidas por elas, as mães, não darem algumas boas palmadas em seus bumbuns quando ainda eram pequeninas para apagar de uma vez por todas e por um fim nesse fogo todo que elas têm e assim cortar o mal completamente pela sua raiz… Acabar com o ovo da serpente... É isso mesmo o que a minha querida mamãezinha faria… Ela sim é quem sabe como educar corretamente…



O homem que está um pouco acima do peso logo em seguida diz muitos outros desatinos:



-- Se eu fosse o governo daria um jeito nisso de alguma maneira muito prática, fácil e correta, pois, eu seguiria os conselhos do meu paizinho que sabe tudo: mandaria esterilizar essas meninas pobres que são sem juízo na cabeça, principalmente aquelas que são daquela cor! Seria até um favor para elas mesmo isso, pois, nesses casos, essas infelizes poderiam curtir o imenso fogo sem fim que elas tem, mas, com essa providencial esterilização, sem terem efetivamente o prejuízo de nascerem os seus malandrinhos que nem são, definitivamente, capazes de cuidarem, educarem e de sustentarem, por isso mesmo que recebem um monte de bolsas de ajuda com muitos benefícios do governo que são financiadas pelos pagadores de impostos! Nós! O povo descente! As pessoas de bem! Nós mesmo é que vamos pagar isso tudo, é será para sempre, pelo o que eu percebo! Portanto, como eu disse: se elas fossem obrigatoriamente esterilizadas ficaria bom para todo mundo! Pois, com certeza são os filhos dessas meninas sem nada dentro da cabeça que contribuem com a maior parte da desgraça para o nosso país estar tão ruim assim: elas, por receberem essas bolsas do governo, são incentivadas com isso a terem mais e mais filhos, às vezes nem elas e nem mesmo o próprio governo percebem esses incentivos à procriação sistemática de bandidos! Então elas colocam muitos filhos no mundo, um atrás do outro em um círculo vicioso sem fim… Na maioria das vezes elas nem sabem quem são os verdadeiros parceiros que as engravidaram para terem as suas crias infelizes e catarrentinhas, e sendo assim, sozinhas criam os filhos e muitos casos, quando elas "arrumam" um homem que "muitas vezes são daquela cor" e que são normalmente muito piores do que elas mesmas, e essas desmazeladas sempre acabam apanhando deles; e quando esses futuros pequeninos bandidos crescem um pouco já cometem muitos crimes, pois, já lhes são intrínsecos a eles, é da natureza deles, eles já nascem com essas tendências típicas dentro deles… E logo eles roubam, eles matam e fazem toda a sorte de barbaridades ruins que estão nas nossas cidades, nos nossos Estados e no nosso país todo… E quando vão presos temos que sustentar todos esses bandos de criminosos; e o sistema prisional é muito caro e ainda tem a comida, as roupas e sem falar das custas de todos os processos e ainda dos próprios prédios que funcionam essas prisões e tem ainda os fóruns e sem falar no dinheiro gastos com os guardas e com os policiais e com toda a estrutura que os foras da lei dão aos pagadores de impostos, ou seja, nós, as pessoas de bem que somos obrigados pelo governo a trabalharmos muito para sustentar esses bandidos... E nós nunca poderemos nos aposentarmos mesmo! O governo por não ter dinheiro para pagar as aposentadorias das pessoas de bem, de pessoas trabalhadoras, pagadoras de impostos, porque ele, com é sempre sem discernimentos, então, ele usa os nossos recursos para sustentar e incentivar os bandidos e os assassinos de pais de família a continuarem no crime porque o governo banca tudo isso, então, por causa deles nós todos, as pessoas de bem, que vamos sofrer muito, pois, temos que trabalhar para sempre e nunca mais vamos poder nos aposentarmos! Vamos trabalhar para sempre para esse governo sustentar todos os luxos desses bandidos que vivem como num hotel de dez estrelas. E isso se tornou um círculo vicioso sem fim, pois, os nossos filhos vão sustentar os filhos deles na cadeia, e os nossos queridos netinhos terão que sustentarem as descendências deles, os filhos e netos dos bandidos criados e financiados pelo governo as custas do suor das pessoas de bem que são trabalhadoras... E é Por isso que deveríamos obrigar essas meninas sem juízo a abortarem coercitivamente ou, então já esterelizá-las quando ainda são crianças… Acabar com isso logo, acabar com o grande mal antes dele nascer e proliferar!



E todos estes reacionários e perversos que se auto-intitula de "cidadãos de bem" e de conservadores se acotovelavam e se empurravam para se revezarem afim de falarem as mais terríveis barbaridades  que eles pensam sobre os mais variados assuntos que julgavam que fossem muito importantes, e o faziam mesmo sem que ao menos conhecessem o mínimo possível necessário para se poder opinar e comentar com lucidez sobre os temas mais relevantes naquela discussão, e mesmo assim, cada um dos que estão ali falando o que não deveriam: diz uma barbaridade, uma paranoia, uma insanidade, uma injustiça, uma crueldade pior do que a que foi dita pelo outro; e todos eles "cuspiram" no ECA - O Estatuto da Criança e do Adolescente, e todos eles "rasgaram toda a Constituição" e todos os Princípios dos Direitos Humanos e os Tratados de Civilidades, ainda eles "chutaram" a Convenção Americana de Direitos do Homem, e além disso eles "pisaram, dançaram e sapatearam" na Declaração Universal dos Direitos Humanos. Para cada um deles os Direitos do homem e além de todos os direitos fundamentais e de todos os direitos que toda a Humanidade ao longo de milênios conseguiu ao longo de sua História, com muito custo, as duras penas, para eles são grandes bobagens e sem sentido algum e sem a miníma relevância. Eles falaram ainda sobre baixar novamente um Ato Institucional: aquele da Ditadura Militar que perseguia as pessoas --, eles gostariam dessa Maldita Lei para que pudessem resolver as questões de manifestações sociais e culturais e de comportamentos. Eles acreditam que cada um deles que estão presentes tem "o jeito melhor", a tal maneira toda especial de punir essas meninas que engravidaram sem serem casadas; e dizem ainda, também, que sabem como consertarem a todos os eventos nos quais a humanidade está errando constantemente, e eles, dizem ainda que querem dar um bom exemplo que sirva para todo mundo e além disso, reivindicam uma oportunidade de provarem "suas ideias, competências, sabedorias e justiças", e o fazem há duas horas sem que percebessem que o tempo passou por estarem muito empolgados com os seus próprios discursos paradoxais, seus devaneios, neuroses e ignorância. Alguns disseram ainda que o grande problema desse país é o Senado e o Congresso, a dona de casa disse que o grande entrave é a Suprema Corte; e o homem que está a cima do peso disse que se ele fosse eleito hoje para presidente amanhã mesmo ele já mandaria apenas duzentos cabos e mil soldados e noventa jipes para fechar a Suprema Corte; e o magricela disse que o problema desse país é que não mataram ainda nem cem pessoas para limpar o país e, cada qual acredita que deveria ser uma espécie de imperador do mundo escolhido por uma imensa aclamação pública mundial por tamanhas convicções que têm por suas próprias pretensiosas capacidades, sabedoria, justiça e bom-senso.



Mas, sentindo-se muito torturado e cansado por ser obrigado a ouvir a tantos absurdos e, então de repente, colocando a cabeça para o lado externo pelo buraco do muro do Hospício, um dos internos olha para cada um dos que estão presentes do lado de fora do muro e com uma expressão de um observador decepcionado e muito incomodado com tudo o que ouviu, e, finalmente, se manifesta e dá uma grande bronca nesses tolos e tiranos que estão no ponto de ônibus:



-- Ei, ei, psiu! Ei, ei, psiu! Parem já! Parem imediatamente com todas essas conversas que estão falando! Pois, eu não aguento mais ouvir tantos absurdos e asneiras! Vocês realmente acreditam que são pessoas sábias e justas o bastante para essa responsabilidade toda que estão berrando o tempo todo insistindo que as possuí? Eu me pergunto se vocês pudessem estar efetivamente no governo, pensam que seriam bons administradores? Sejam bem sinceros comigo! Acreditam de verdade que o que vocês fizessem em suas pretensiosas e absurdas ditaduras são mesmo coisas boas e dignas? E vocês ainda julgam que são pessoas saudáveis mentalmente e muito sábios e justos a um ponto de tamanho tal que deveriam ser copiados por todas as pessoas do mundo todo? Acreditam que são justos e sábios, mesmo? Isso até parece uma piada de louco. Fiquem sabendo que nem aqui dentro ouço coisas assim, de gente tão sem juízo assim, nunca, nem aqui, na sala verde, eu tinha ouvido nada semelhantes às tolices e devaneios que vocês falaram agora, e olha que aqui tem muitas pessoas mentalmente bem perturbadinhas.



O interno diz isso e começa a rir bem alto e após rir muito diz:



-- Vocês não têm um único pingo de entendimento e nem a mínima noção do que é justiça, nenhuma gota de ideia do que é real, vocês misturam tolices e tirania num espécime simbioticamente tão perfeita de modo tal que não é possível saber se vocês são mais tolos ou mais tiranos, ou sei lá que tipo de gente que vocês realmente são. Confesso que nunca até hoje ouvi tantas maluquices, tantos absurdos, tantos devaneios, tantas injustiças juntas em tão pouco tempo! Vocês realmente são mesmo bons nisso! Você realmente cabricharam! Parabéns! Espero que alguém da direção desse lugar tenha ouvido isso que vocês disseram e os internem aqui imediatamente… Mas, se quiserem se internar aqui voluntariamente eu poderia dar um jeitinho para que possam começar o tratamento hoje nesse mesmo instante, pois, vocês certamente precisam de ajuda, e é em caráter de extrema urgência. Estou aqui há pouquíssimo tempo, há dois dias apenas, mas, já conheço muito bem os diretores desse lugar. Então entrem para que possam ser todos curados por mim, eu lhes curo prontamente e com muita alegria!



E ao escutar o que o interno disse a vendedora muito indignada com a petulância daquela intrusa e não desejada figura que está do outro lado do muro e lhe responde severamente:



-- Você está nos ofendendo com suas palavras super agressivas e sem razão alguma, então pare imediatamente com isso tudo, pois, não merecemos ser tratados dessa maneira que você o faz, definitivamente não merecemos! Pois, pagamos todos os nossos impostos corretamente, todos em dia, e somos pessoas de bem! Merecemos e exigimos que nos trate como tal! Queremos o respeito seja lá de quem for! Louco ou sóbrio, adulto ou criança...



E o interno fecha os olhos bem apertados e depois os abrem arregaladamente e lhe responde:



-- Vocês são quem agridem a mim e aos meus ouvidos e também a minha sabedoria e além da minha profunda inteligência, e também agridem fortemente o meu bom-senso e a minha lucidez com todas essas asneiras que estão dizendo vezes após vezes e sem nunca pensarem em acabar com isso, pois, se empolgaram tanto… E eu estava tranquilamente descansando aqui detrás deste muro e não consegui cochilar de jeito nenhum, já que, acreditei que eu deveria intervir com o propósito de ajudá-los a não dizerem mais maluquices e nem mais absurdos algum, e saibam que isso tudo que faço é para o bem de vocês! Se vocês quisessem eu poderia curá-los imediatamente! Bastando para isso que vocês acreditem em mim. Vim aqui para curar todos os doentes... Os sadios não precisam de mim... Já os doentes precisam...



A vendedora de hot dog fica até vermelha de tanta raiva que sentiu com o que o interno disse para eles e lhe respondeu:



-- Fique bem quietinho aí, garoto bobo!



O interno fechando um olho e arregalando o outro lhe diz:



-- Vejo um misto de graça, mas, também, de muita tristeza e de preocupações com essas conversas que vocês tolos falam sempre quando se encontram e começam a falar uns com os outros sem nunca pararem, vocês se entusiasmam demasiadamente, essa parte é até muito boa e bem interessante, gosto disso, vocês começam a interagir uns com os outros, mas, depois vem a parte muito ruim, já que, como vocês são muito paranoicos e não têm conhecimentos de nada que é absolutamente verdadeiro e edificante e que valha a pena ser dito... Então é por isso mesmo que vocês estão sempre delirando tantos absurdos... É por isso também que vocês falam somente grandes tolices que ainda vem acompanhada com uma boa dose de maldade que já está, há tempos, muito bem embutida em seus pensamentos... E isso é bem comum mesmo aos que são como vocês... O interessante nessa parte é que vocês o fazem constantemente e de maneira bem espontânea: dizer tolices é bem fácil para os tolos, por isso basta um tolo abrir a boca e lá vem muitas tolices. Ainda mais porque quando vocês se juntam em bandos como aqui e agora a coisa fica extremamente insuportável de se ouvir. Já que vocês gostam muito de falarem e darem as suas opiniões para todos os assuntos dos quais não fazem a mínima ideia do que se tratam, então, sugiro a vocês que no futuro, ao menos, escolham um único assunto, um argumento, uma única questão, algo bem específico mesmo, algo que vocês gostem muito e que seja saudável e virtuoso e o estudem com muito afinco e dedicação e se transformem em especialistas nesse único assunto ao qual escolherão e quando vocês estiverem em um ponto de ônibus, por exemplo, com outras pessoas, então possam dizer a elas coisas que entendam e que sejam verdadeiras e muito relevantes a todos; assim essa conversa, esse interagir constante de vocês seriam mais útil e edificante a todos, pois, se cada um de vocês, bastante tolos, como são "por excelência", compartilhassem apenas e tão-somente algo que soubessem muito bem, e tivessem todo o entendimento e a consciência de que isso seria bom e verdadeiro e se vocês agissem assim, como eu lhes ensino, vocês todos estariam fazendo o que é absolutamente correto; sim, pois, é preciso que vocês aprendam os conhecimentos relevantes que são realmente verdadeiros e corretos, vocês precisariam compartilhar e a espalhar as coisas que são efetivamente certificadas e comprovada como sendo profundamente verdadeiras e sem nenhuma única falha, pois, do mesmo modo que falar bobagens e assuntos errados por várias e várias vezes e esse mau hábito, essa divulgação toda tornam essas mentiras como se elas fossem "verdades" e o povo, por ouvir a tantas vezes, por conta disso, não consegue saber como diferencia-las umas das outras, as verdades das mentiras, então é preciso que se fale algo que sejam totalmente verdadeiros e corretos por várias e várias vezes, pois, quanto mais vezes as pessoas falarem assuntos verdadeiros mais essas conversas verdadeiras se espalharão e ocuparão mais e mais espaços dentro dos seus corações, além de dentro dos corações das pessoas que lhes escutarem e ainda dentro dos corações de todas as pessoas do mundo inteiro, e quanto mais assuntos que são verdadeiros forem ditos, menos espaços terão nos corações as conversas erradas e as bobagens tanbém, já que, enquanto informações certas estão sendo ditas não se estará falando de informações erradas e nem bobagens e muito menos ideias mentirosas, então cada vez mais menos vezes as notícias erradas estarão sendo espalhadas e assim se diminuirão até sumir por completo e, então, inversamente com isso as noticias certas sendo finamente divulgadas cada vez mais e mais até que essa maldita mania de falar mais de uma questão mentirosa e errada e sempre conversar menos da outra que é a correta e verdadeira se findará e se tornará um hábito bem sadio de só falar a pura e cristalina verdade. Pois, vocês são bem espontâneos, e assim sendo, essas conversas seriam muito proveitosas a todos, inclusive para alguém, igual a mim mesmo que a ouve quando está do outro lado de um muro tentando cochilar; e se vocês fossem como estou sugerindo, quando essas conversas acabassem: todos vocês seriam pessoas com bem mais informações e com muito mais bons conteúdos e ainda com mais conhecimentos e isso iria ajudá-los a serem pessoas bem melhores do que o são, e vocês, finalmente, poderiam repetir essa atitude boa em todos os lugares por onde fossem, pois, sai pela boca o que se tem no coração, por isso que eu lhe digo para gravarem em seus corações só coisas que são realmente verdadeiras comprovadamente; e se vocês entendessem o que eu falo e não brigassem à-toa comigo e se me agradecessem como seria o correto em casos assim, seriamos, com certeza, muito bons amigos e  seriamos todos muito felizes. Estou fazendo a minha parte de bom amigo falando a verdade para vocês, pois, tenho a certeza que nenhum de vocês sabiam que são todos grandes tolos; e agora vocês poderiam em retribuição e em sinal de boa vontade e de respeito a minha grande autoridade, então, vocês deveriam me dizer algo que eu ainda não saiba para que a nossa amizade seja reforçada e ampliadapois, com muito amor eu os corrigi corretamente e fiz com carinho um grande favor a vocês quatro e por consequência aos seus filhos e por fim extensivamente a toda a sociedade...



O homem que está um pouco acima do peso fica muito bravo e o interrompe lhe dizendo em seguida:



-- Eu vou falar algo que você não percebeu ainda! Você não passa de um intrometido louco qualquer, e está nos atrapalhando muito nessa conversa super sadia que havia aqui antes de você chegar por esse maldito buraco que eu nem me lembro que estava aí ontem! Você está aí preso porque fez, faz e fará mal à sociedade se estivesse livre! Você foi recolhido porque é um doente mental e com certeza é muito perigoso, vejo isso claramente pela sua cara!



O interno tranquilamente lhe responde:



-- Vocês todos estão sempre se preocupando com a aparência e com a beleza das pessoas... E vocês querem saber de uma questão bem importante? Louco é quem não tem a capacidade plena de distinguir a realidade da imaginação, das fantasias e das aparências e ainda tem constantes devaneios e delírios, e vocês sempre têm suas paranoias e vocês acreditam de maneira completa e intensamente em suas ilusões e vocês sim se compreendem em um todo nesse perfil muito bem, eu não me enquadro nele não, isso não me diz respeito de maneira alguma! A verdade e eu somos a mesma '"pessoa"… Mas, sim… É um fato que estou cativo aqui, mas, não é totalmente contra a minha própria vontade, pois, os outros internos acreditam em mim e me escutam com muita alegria, eu já até curei a muitos deles, estou aqui para ajudá-los e a todos que quiserem me escutar… Quem tem ouvidos para ouvir que me ouça! Quem tiver discernimento e entendimento para entender, entenda! E devido a autoridade que me foi dada, posso sair daqui quando eu bem quiser… Eu não faço nenhuma maldade às pessoas não! Eu apenas simplesmente as curo! Eu as liberto! Eu as ensino a seguirem pelo caminho certo...



A dona-de-casa de tão irritada que fica com o interno até nem se lembra mais do seu compromisso e ironiza:



-- Então por que você está preso aí dentro? Você não pode fazer o que quer e estamos aqui fora livremente! Posso fazer o que bem-quero, posso realizar o que as minhas vontades e os meus desejos me mandam. Portanto, sou livre, completamente livre e você está preso por não saber como se comportar em uma sociedade!



O interno, prontamente, responde a ela:



-- As pessoas que são realmente livres nunca fazem o que querem e muito menos o que a vontade tola dela lhe manda...



A dona-de-casa espantada achando um absurdo o que ouviu e lhe pergunta:



-- Não? Como não se estou livre de verdade e não preso como você? Sou dona de mim mesma... Faço as coisas quando eu bem-quiser. Realizo todas as minhas vontades e desejos!



O interno mais uma vez lhe responde:



-- Minha senhora, saiba que aquele que sempre faz o que "bem-quer" e igualmente aquele a quem sempre obedecem e confiam em suas vontades e nos seus desejos e fazem o que essas tais vontades lhes mandam fazer: são grandes tolos ou profundamente loucos...  Talvez, até sejam coisas piores ainda! As pessoas, verdadeiramente, livres: as pessoas sábias, as pessoas libertadas da ignorância, as pessoas que seguem o que é verdadeiro fazem apenas o que é preciso que seja feito, e esses indivíduos sábios fazem somente o que lhes são absolutamente adequados para si, e o fazem sempre de maneira correta e ainda na hora própria e tudo que é feito estão em perfeita harmonia com a justiça e com o que será bom para eles e a toda a sociedade hoje e também no amanhã e para todo o sempre... Os sábios tem prazer e muita alegria em procurarem a verdade; e quando a encontram sentem mais prazer e mais alegria ainda em fazerem o que é verdadeiro e correto! Pois, só conhecendo o que é verdadeiro as pessoas estarão livres, então conhecereis a verdade e ela o libertará definitivamente... E é por isso mesmo que só os indivíduos sábios são realmente livres, pois, só quem tem a verdadeira sabedoria e discernimento conseguem ser efetivamente livres para saberem o que é o certo e o errado, e além do que é o justo e ainda o que é verdadeiro... Sabem distinguir o bem e o mau... E quem faz o que "bem-quer" e o que a suas vontades lhes mandam é: simplesmente um libertino tolo ou um corrompido e não é uma pessoa livre, não é um sábio de jeito nenhum! Pois, só o conhecimento o liberta. Só quem é capaz de conhecer a verdade será libertado verdadeiramente por ela, mas, vocês, os tolos, nem entendem desses assuntos que são profundos, pois, tudo o que o desejo e a vossa vontade os mandam fazer vocês lhes obedecem prontamente sem, ao menos, questionarem, e é por isso mesmo que vocês não diferenciam o que é a sensação de bem-estar momentânea ou do falso bem-estar com o que é a liberdade plena, vocês se iludem com essas sensações de prazeres momentâneos e se esforçam muito para encontrarem um modo de como conseguirem ter essas mesmas sensações em determinadas oportunidades e assim abrindo mão da plena felicidade real, e então, por isso vocês tolamente se iludem e confundem essas experiências com a verdadeira liberdade e com a verdadeira felicidade... Vocês por isso mesmo sofrem muito por todas essas escolhas tão erradas que fizeram e não aprendem nada com os seus constantes erros, já que quando tem uma nova oportunidade de terem mais dessas mesmas sensações de prazeres apenas momentâneas e o fazem novamente sem vacilarem, e o fazem ainda com mais intensidade para recuperarem as sensações dessas falsas felicidades perdidas e vocês com isso sofrem mais e mais por conta de tantas tolices e escolhas erradas... São iludidos por não conhecerem a verdade... Vocês se corromperam, e estão completamente perdidos...



As pessoas acharam engraçado o que o interno disse e ele falou em seguida mais sobre os seus pensamentos:



-- E mesmo eu estando preso aqui dentro estou completamente livre, pois, conheço a verdade, por isso vou em breve estar na liberdade plena novamente ao lado de quem me mandou vir aqui; mas, vocês sim: mesmo vocês estando do lado de fora, estão completamente presos na ignorância, eu digo isso pelo que eu pude ouvir de vocês, vocês estão muito fora do caminho da verdade, e eu sei que fazem muito mal à sociedade e principalmente aos seus próprios filhos com todas essas grandes tolices e as pequenas tiranias cotidianas que dizem e praticam intensamente. Saibam vocês que a incompetência e o desconhecimento são amigos aliados muito íntimos da injustiça e da própria maldade. Por isso em breve vocês sim certamente estarão eternamente presos numa espécie de uma prisão semelhante a uma estufa muito quente e terrivelmente desconfortável e nunca mais vocês poderão ir morar comigo em um lugar que é extremamente agradável que é exatamente o lugar de onde vim. Porque, seus corações são tão duros a ponto de que eu nem consigo entender como eles conseguem bombear os seus sangues para todas as partes dos seus corpos... Se vocês não se arrependerem, se vocês não mudarem suas atitudes vai chegar um dia que implorarão completamente desesperados gritando que querem morar onde moro, porém, nesse dia, vou dizer que nem os conheço e que nunca os vi, ainda darei ordens bem rígidas para que se apartem de mim e darei ordens para que fiquem bem longe de mim para sempre... A menos que vocês se arrependam agora e se transformem totalmente em outras pessoas bem melhores, ou seja, em alguém igual a mim... Vocês precisariam nascer outra vez... Precisariam morrer para o modo como regulam as suas vidas e, assim, nascerem com outros pensamentos e com outras condutas, se espelhando em mim, é claro.



 O interno nesse exato momento faz uma expressão de tristeza e como se estivesse em um hospital visitando alguém à beira da morte, então, diz olhando bem sério para todos eles:



-- O mundo está muito doente e todas as pessoas sempre falham por falta de conhecimento e ausência de entendimento… Erram quando julgam as circunstâncias e as pessoas apenas pelas suas aparências superficiais… Quando julgam por fortes convicções totalmente fora da realidade e também por interesses egoístas... Falham também por ganância e pela grande maldade e pela imensa frieza de vossos Corações... Falham ainda por muitas vaidades e egoísmo! Sou a única cura para esse mau que está plantado nos corações de cada um de vocês. Estou cativo aqui porque falei a verdade a qual quem me mandou estar aqui me ensinou e me pediu para ensinar a todos que optarem e quiserem agir corretamente... Todos me odiaram e me rejeitaram. O que falei é loucura para todos, por isso me colocaram aqui dentro… Mas, ainda bem que existe este muro porque, na verdade ele serve para me proteger e me afastar de pessoas como vocês! Porém, saibam de uma coisa muito importante, se vocês conseguissem ser realmente governantes como tanto desejam, iriam prejudicar muito todas as pessoas que estivessem ao redor e ao alcance de vossas tiranias! Seriam péssimos exemplos aos seus filhos e a todas as pessoas… Eu jamais em relação a um cargo politico votaria em alguém semelhantes a vocês… Eu nunca os levaria para conhecer a minha verdadeira casa… Mas, por causa do jeito que vocês são: não iriam gostar dela também; e por vocês serem assim do jeito que são: pessoas tão ruins, não iriam poder entrar lá, jamais seria permitido que vocês entrassem no local de onde vim… Só se vocês ouvissem corretamente tudo o que quem me enviou aqui e me ensinou e me educou, pois, é a única maneira correta e verdadeira... Vocês teriam que seguir todo o caminho que eu lhes ensinar, todo mesmo; só assim mesmo que vocês poderiam ir morar lá: somente se vocês mudassem completamente as atitudes de vocês… Teriam que seguir o meu caminho, o caminho da verdade. Vocês teriam que rejeitar e renunciar a toda a tolice que aprenderam com os vossos tolos pais… E com os outros "cegos" que estão guiando a todos vocês para um imenso buraco sem fim… Vocês teriam que acreditarem apenas somente no que eu lhes ensinar, porque: quem me educou é o único que sabe o que é realmente verdadeiro nesse mundo totalmente falso e ilusório… Por isso sou muito obediente, faço tudo o que Ele me mandou, por isso Ele me ama… E se vocês se tornassem iguais a mim, Ele os adotariam, seriam filhos Dele, e assim sendo, vocês seriam meus irmãos, seriam irmãos uns dos outros… E todos seriamos da mesma família... Todos vocês poderiam ir para onde vou… Pois, no lugar em que moro tem espaço para todos que forem iguais a mim… Obedientes... Profundamente obedientes... Eu estou aqui para convidá-los a serem os meus irmãos e então vocês seriam irmãos uns dos outros e todos sendo filhos de quem me enviou...



O magricela aos berros e muito revoltado com tudo que o interno falou, e logo, desaforadamente lhe diz:



-- Nós não conhecemos esse tal maluco aí que lhe educou não! E nem queremos conhecer ele também não! E pelo jeito ele deve ser bem pior do que você!



O interno com uma imensa simpatia diz:



-- Sendo assim, vou falar mais sobre Ele para que vocês possam conhecê-lo bem melhor... Mas, quem me vê também a Ele vê, sou mesmo absolutamente igual a Ele, sou feito de uma parte Dele, e quem conhece Ele também a mim conhece também, somos uma "única pessoa"… Somos uma só Unidade... Ele é a minha cabeça! Meu guia! Minha única orienção! Ele é minha Vontede! Ele me ama muito; mas, mesmo Ele sabendo que vocês não vão me ouvir, Ele insiste assim mesmo e me pede para falar com cada um de vocês… Ele acredita que quanto mais as pessoas não merecem o meu amor, por o rejeitarem, mais essas mesmas pessoas precisam dele, do meu amor; e é por isso que Ele me quer junto de vocês… Ele quer que eu seja o rei de todos os indivíduos, Ele quer que eu reine sobre todos, Ele quer que eu seja o único rei de todos os habitantes; Ele quer que vocês me amem e me obedeçam incondicionalmente… Ele quer que todas as pessoas se tornem idêntico a mim… Ou seja, obedientes! Bem obedientes aos assuntos que Ele me ensinou…



O rapaz magricela cada vez mais revoltado por causa das palavras que ouve do interno diz a todos:



-- Não deem ouvidos a esse maluco, não vamos contrariar esse doido! Droga de ônibus! Por que será que está demorando tanto assim hoje?



O rapaz que está muito revoltado diz isso tentando desviar a conversa e fazer com que o interno os esqueça de uma vez por todas que eles existem.



O interno solenemente dá um aviso importante:



-- O ônibus hoje, excepcionalmente, não vai passar aqui por algumas horas…



A dona-de-casa se mostrando muito aflita quer saber:



-- Por quê? O que houve?



 O interno a responde seriamente:



-- Porque, com a autoridade que me foi dada, faço com que esse transporte se atrase por muito tempo e custe muito para passar por aqui; e eu sempre faço que seja assim desse modo, pois, quando eu preciso ensinar a verdade aos tolos, aos iludidos e aos que estão indo para o caminho errado e tem a sorte de parar aqui nesse ponto de ônibus e terem a grande oportunidade e o enorme privilégio de me conhecerem e eu lhes indicar o caminho correto a ser seguido, mas, nesse caso, vocês foram, especialmente, escolhidos por mim para que essa conversa que estamos tendo agora seja escrita e se torne uma bonita e reveladora história para que ela possa ajudar a todas as pessoas do mundo todo... Então eu -- fazendo uso de toda a autoridade que me foi dada por quem me enviou aqui --, por isso, saibam que eu que os trouxe até a mim para que vocês me sirvam... Para que vocês deixem tudo o que estão fazendo e trabalhem para mim, pois, preciso que divulguem e anunciem tudo sobre o meu Glorioso Reinado!



Todos nesse momento riram muito dele e o interno mais uma vez com total tranquilidade explicou:



-- Saibam vocês que com apenas um único e simples pedido meu se alteraria toda a rotação dessa Galáxia para que o Sol parecesse que estaria parado no mesmo lugar, se eu lhe pedir, caso eu venha a necessitar… Caso eu queira... Mas, se eu pedisse isso, todo mundo iria acabar julgando que seria o Sol que estaria parado e não todo esse sistema solar completamente; as pessoas não sabem de nada, pois, sempre julgam só pela aparência e a impressão que tem dos eventos, julgam as aparências do que pensam serem efetivamente os fatos... Tolos... Muito tolos... Vocês não sabem de nada que seja realmente verdadeiro! Iludidos! Corrompidos! Maus!



Quando interno disse isso eles novamente riram muito dele; mas, ele com a mesma paz de sempre diz:



-- Quem tem ouvidos para me ouvir: ouça, e seja livre da falta de conhecimento e nunca mais errará novamente: Se vocês soubessem o que é empatia, e se vocês conseguissem, mesmo que com muito esforços se colocarem no lugar do outro, seriam pessoas bem melhores do que o são, na verdade; já que julgariam mais parecido com a maneira que julgo, a maneira a qual quem me enviou aqui me ensinou… Se vocês conseguissem agir com amor seriam pessoas bem melhores que o são agora… Pois, vocês seriam muito mais parecidos comigo e com quem me ensinou e me educou… Posso ensinar a vocês a amarem ou terem a tal da empatia… Basta que vocês se arrependam de tudo o que fizeram de errado e renunciem a si mesmo… Por certo, quem me enviou aqui iria ficar muito feliz com vocês se vocês me escutassem com muito amor e com carinho… Obedecessem-me como mereço por causa da autoridade que possuo por eu ser filho de quem sou... Por eu ter a autoridade que recebi...  E por eu ter todo esse grande poder que tenho...



A dona-de-casa que, agora, já está no limite da sua tão minúscula paciência e então se manifesta:



-- Meu rapazinho… Vai tomar o seu remedinho, dorme bem gostoso e fique calminho, tudo bem? Aqui estamos falando sobre coisas muitíssimas sérias e importantes, só pode participar pessoas adultas e saudáveis mentalmente, e esse, definitivamente, não é o seu caso, não percebeu ainda não, é? Então trate de pegar o seu rumo…



O interno em tom de deboche lhe responde no ato:



-- Estão falando sério mesmo, tem certeza disso realmente?



 Tendo dito isso de novo começa a rir e diz:



 -- Nem quero estar aqui por perto expondo os meus ouvidos sensíveis às tolices quando vocês estiverem brincando de serem tiranos, injustos, ditadores, carrascos… Mas, direi mais uma coisa muito importante a vocês… Não é necessário ser efetivamente um governante para mudar o mundo e ser um bom exemplo a ser seguido… Vocês poderiam mudar o mundo pouco a pouco apenas com pequenos e singelos gestos, com boas atitudes simples, porém cotidianamente; cada um dos bons atos que fizessem, iriam resultar em pequenos e muitos bons frutos, e, por fim, quando tudo isso fosse somado, o mundo estaria mudado por completo. Veja bem, se cada pessoa se preocupasse em fazer somente o que é o certo individualmente: e que está ao seu alcance, isso por si só já seria muita coisa, pois, quem faz o certo já ajuda o outro a não errar por vários motivos, um deles é o bom exemplo apresentado, o outro, os filhos vão imitá-lo, e a pessoa vai ter a moral, a ética e a autoridade e ainda o respeito para corrigir aos outros indivíduos; e quanto mais gente fazendo o certo menos gente estará fazendo o errado... Se cada pessoa que percebesse as atitudes erradas de alguns dos membros da sociedade e fizesse uma pequena reunião com essas pessoas para ajudar a corrigi-los e a orientarem a todos aqueles que erram por Inocência ou por rebeldia tudo ficaria cada vez melhor então é por isso que digo que basta que cada uma pessoa faça só apenas TUDO o que puder que seja feito por ela e isso já será muito bom e essa atitude já será o suficiente e isso transformará as pessoas, a sociedade e por fim o mundo todo.



Todos eles que estão do lado de fora novamente riem gostosa e intensamente do interno nesse instante e a ambulante até quase que não consegue falar por não ser capaz de conter tanta vontade de rir, e com um falso tom de bondade, como é muito comum os tolos fazerem, e por fim ela diz debochando dele:



 -- Parabéns, garoto, você conseguiu passar com muito louvor no meu teste que inventei neste mesmo instante exclusivamente para avaliar você; e eu já até terminei a avaliação, pois, já testei totalmente a sua maluquice; e você com certeza é o maior dos muitos loucos que eu já vi na minha vida! Por falar nisso, não está mesmo atrasado para tomar o seu remedinho e ir dormir? Vai nanar neném... Quantos aninhos você tem? Dez? Onze? Quantos são?



Quis saber a ambulante e o interno aponta com a mão direita doze dedos em três vezes abrindo e fechando a mão com quatro dedos levantados de cada vez. E, tentando mostrar para as pessoas que o que ele está falando tem coerência então serenamente ele diz:



-- Mas, é a pura verdade o que eu lhes disse, vocês poderiam tornar o mundo bem melhor verdadeiramente, sim, isso mesmo, com apenas pequenos e singelos gestos corretos, necessários e precisos… Bastando que vocês façam sempre a coisa certa e da maneira mais correta possível... Por outro lado, se vocês fossem os governantes, certamente, cometeriam grandes injustiças com todo o povo… Iriam entrar para a História como os verdadeiros grandes déspotas… Mas, querem saber o que mais vocês poderiam fazer para mudar de uma maneira muito positiva, efetiva e concretamente ao seu entorno, perto de si, e isso, por uma natural consequência vai influenciar boa parte de todas as nações? Todos em uma só voz respondem:



-- Não, não queremos não! Não temos nenhum interesse nessa questão!



O rapaz magricela ainda disse com muita raiva do interno:



-- Guarde as suas ideias de maluco para você mesmo e para quem lhe enviou aqui, e ah sim, e não se esqueça de pôr a sua mãe na sua lista também, ensine a ela a ser uma pessoa louca como você.



E, apontando o dedo para o interno o magricela diz:



-- Você é muito feio garoto, tão feio que é até falta de educação mostrar a sua cara para nós!



E eles riem com uma entusiasmada alegria pela falta de formosura do paciente, e foi por causa disso que ele lhe responde:



-- É muito comum os tolos julgarem apenas pela aparência dos fatos... Vocês nunca perceberam uma coisa bem importante, sabiam? Os tolos sempre dão muita importância as aparências e ao que eles "acreditam", e vocês fazem isso mesmo sem analisarem corretamente a todos os fatos, sem provas consistentes e sem relevantes evidências alguma e mesmo assim julgam e sentenciam os seus suspeitos e acusados transformando-os em réus condenados: injustamente; os tolos sempre dão importância excessiva àquilo que os olhos sem preparo e cheios de preconceitos e de vícios deles lhe mostram, mas quanto mais eles "acreditam" alguma coisa sem fundamento no que é efetivamente real mais isso lhes convencem de que estão absolutamente certos; e isso não lhes ajudam em nada para lhes aproximarem do que é efetivamente verdadeiro e da justiça plena e isso tudo, na verdade, só lhes atrapalham ainda mais e lhes deixam cada vez mais convictos de suas falsas razões, e esse "acreditar" deles cria muita confusão e injustiças; por isso mesmo que os tolos deveriam se inspirar sempre nos sábios, e assim como fazem os sábios, deveriam dar importância devida ao que eles SABEM fundamentados exclusivamente no conhecimento verdadeiro e eles sempre julgarem os casos com justiça plena para o bem da verdade e para o bem do coletivo, pois, a verdade está impregnada profundamente no SABER dos que SABEM de verdade e não encostada levemente no ACREDITAR dos tolos...



Todos riram dele com mais satisfação ainda.



Mas o interno assim mesmo diz:



-- Agora nós vamos conversar sobre algo muito importante que vocês poderiam fazer para mudar o mundo efetivamente, prestem muito atenção nesses números, esses são apenas alguns dados que mostram como as crianças são tratadas e profundamente desrespeitadas: Em todo o mundo, morrem por mês, cerca de novecentas mil crianças: devido à pobreza… A mortalidade infantil no mundo, diariamente, dezesseis mil crianças, morrem sem ao menos completar cinco anos… No mundo todo, a cada minuto, cinco crianças morrem por desnutrição; estima-se que morram por dia oito mil e quinhentas crianças devido à desnutrição severa. Além disso, cento sessenta milhões de crianças sofrem de raquitismo. E a cada minuto uma criança que jamais deveria estar trabalhando sofre acidente de trabalho. Acidentes domésticos lideram causa de morte de crianças nesse país… Síndrome dos maus tratos às crianças aumenta trinta e seis por cento, e… E são as suas próprias mães que estão entre os seus principais agressores… Setenta e cinco por cento das vítimas têm menos de dois anos… Cinco em cada cem crianças agredidas morrem por causa dessa violência diretamente praticada contra elas… Os meninos são as principais vítimas, pois, têm mais cólicas e choram mais, o que faz alguns adultos perderem a paciência com eles… No Brasil, quatro meninas com menos de treze anos são estupradas a cada hora. E quatro crianças são abusadas sexualmente a cada um minuto… Pouquíssimas pessoas efetivamente fazem algo eficiente para proteger essas crianças como seria extremamente necessário que todas as pessoas o fizessem plenamente. As pessoas não se comovem, parece que as vítimas são apenas simplesmente números comuns e quaisquer… Mas de quarenta mil crianças morrem, por ano, no mundo todo, por serem fumantes passivos por conta dos adultos irresponsáveis que fumam por muito tempo bem perto delas ou nos mesmos ambientes que elas estão, dentro de suas casas por exemplo... Organizações de saúde disseram que mais de oitocentas mil criancinhas na faixa etária de cinco aninhos morreram no ano passado, vítimas da infecção da pneumonia, os sintomas muitas vezes são ignorados pelos seus próprios pais, pelos médicos e por outras pessoas responsáveis que poderiam ajudar a salvar esses pobres e pequeninos inocentes. A maioria dessas mortes afeta crianças de menos de dois anos, sendo que mais de cento e cincoenta mil bebezinhos morreram em seu primeiro mês de vida. Essa é a doença que mais mata criancinhas inocentes com menos de cinco aninhos. Mais de seis milhões de crianças com menos de quinze anos morreram em 2017, segundo estimativas divulgadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pelo Grupo Banco Mundial. Isso significa que, no ano passado, a cada cinco segundos, morria um jovem da faixa etária analisada. A maioria dos óbitos — mais de cinco milhões — ocorreu entre meninos e meninas com até cinco anos de idade. A falta de água e o esgotamento sanitário afeta diretamente a saúde da população infantil. As doenças como diarreia, malária e pneumonia estão entre as causas mais comuns de mortes de crianças entre um mês e cinco anos, segundo a OMS. Essa tragédia que assola a população mais pobre do país poderia ser evitada com acesso, por exemplo, à água tratada e saneamento básico, entre outros fatores. O estudo aponta que essa difícil situação não é exclusividade nacional. Em todo o planeta, a OMS aponta que problemas causados pela poluição do ar, tabagismo passivo, água suja, e a falta de sanitários e higiene inadequada provocam a morte de um milhão e setecentas mil crianças todos os anos. Afirmo que mais de trinta milhões de crianças e adolescentes morrem por ano em todo o mundo porque são vítimas de adultos devido a suas atitudes ou por falta delas, dependendo da questão, principalmente em consequência da negligência, da estupidez, da loucura, da maldade, do descaso, das guerras e por vários outros motivos totalmente evitáveis que dependem fundamentalmente de educação, de entendimento, de sabedoria, de cuidados, de amor e de empatia e que necessitam urgentemente da ajuda das tais chamadas "pessoas de bem". Parece que todas as pessoas julgam que isso são problemas em que só os governos exclusivamente devem se preocuparem em resolvê-los todos sozinhos. Mas, os governos em geral são extremamente corruptos, alguns desses governos tem seríssimos problemas mentais ou de caráter e ainda de incompetência e muitos estão sendo acuados e chantageados por seus inimigos e por seus ex aliados e ainda estão muito preocupados com seus próprios interesses pessoais, ou estão mais preocupados com suas reeleições ou em elegerem os seus sucessores e a favorecerem as suas famílias e seus amigos com muitos privilégios e ainda em obstruir o poder judiciário e também em tentar destruir as provas de diversos crimes contra eles mesmo, e contra suas famílias, e ainda contra seus amigos e contra seus partidários e além de seus agregados e cúmplices... E por tudo isso que eu lhes digo que eles não têm tempo e muito menos tem algum interesse de cuidar dessas crianças em situações de riscos, e todas essas pobres e inocentes crianças precisam, urgentemente, serem protegidas. E quem me enviou aqui, ficaria muito feliz com quem, verdadeiramente, cuidassem dessas crianças desprotegidas e vítimas em especial de falta de atitudes de suas próprias famílias, por isso que quem me mandou vir aqui e me pediu para eu falar com as pessoas sobre isso tudo;pois, quem me mandou aqui quer que todas as crianças consigam se tornar adultas e sem traumas e fundamentalmente sendo capazes de entenderem as minhas palavras corretamente para que essas pessoas já quando adultas tenham a chance de me conhecer para que eu as liberte e elas possam escolher se querem ou não que eu as governe para sempre. Por isso escolhi a vocês para me ajudarem nessa missão... Sintam-se honrados por isso, pois, se vocês me aceitarem e me obedecerem, então, os vossos nomes serão lembrados para todo o sempre, pois, estarão escritos No Livro de Nomes: que pertence a Aquele que me mandou vir aqui -- e que me pediu para convidar, especialmente, a vocês.



O interno faz uma pausa enquanto as pessoas riem muito dele e depois ele continua a falar seriamente:



-- Vocês poderiam esquecer essa história de mudar o mundo sendo governantes, vocês, francamente, são muito tolos… Vocês seriam facilmente corrompidos... Ainda, seria muito difícil que vocês chegassem ao poder, nunca conseguiriam chegar lá, então parem de falar bobagens já! Esqueçam isso imediatamente! Ainda além disso têm muitos mais empecilhos, mesmo para quem não é um tolo, mesmo assim seria muito complicado, já que todo esse grande sistema governamental é completamente corrupto, pois, esse sistema todo é completamente viciado e é comandado pelos detentores do dinheiro: pelos banqueiros, investidores e especuladores, e pelas grandes empresas, também pelas emissoras de televisões e por muitas outras entidades e organizações muito ricas e poderosas -- o establishment -- que se refere à ordem ideológica, econômica e política que constitui uma sociedade ou um Estado; e tudo isso é tão nojento e muito sujo por diversos motivos e interesses, e esse sistema é inteiramente voltado e comandados fundamentalmente por forças ligadas ao Grande Mau... E é por todos esses motivos, e ainda, tem tantas outras questões e é exatamente por isso que eu digo que só eu mesmo sou o único que pode governar justamente por todo o sempre, pois, sou único incorruptível, sou o único que jamais vou me corromper, sou o único que penso nos pobres, o único também que penso nas crianças, nas mulheres, nas minorias, nos fragilizados, nos vulneráveis e, não sou racista e nem homofóbico, embora eu não apoio a prática da homossexualidade. E além disso, eu não procuro riquezas, e ainda quero recuperar os bandidos, além das prostitutas e de todos que fazem as coisas erradas, pois, fui muito bem educado e preparado por quem me mandou vir aqui para ser o Único Rei de todos vocês... E eu vou reabilitar a todos que fazem as coisas erradas, foi por causa dos que fazem as coisas erradas por enganos e por não saberem o que é o certo e o errado que eu vim a esse mundo... E é por isso que eu digo outra vez que vocês deveriam parar de serem como são e passarem a serem exatamente como eu sou... Portanto, esqueçam essas ideias de serem presidentes... Não daria certo mesmo, podem acreditar nisso... Vocês não dariam conta dessa tarefa! Pois, eu sou único que realmente pode governar sem ser corrompido! Mas, finalmente vou lhes dizer o que vocês poderiam fazer para que possam verdadeiramente começarem a mudar o mundo todo em de acordo com o que podem; sim, vocês poderiam melhorar o mundo simplesmente SENDO BONS PAIS e educando corretamente e protegendo muito bem os seus próprios filhos. Isso vocês poderiam fazer, isso vocês devem fazer… Isso vocês precisam começar a fazer imediatamente... Mas, o modo correto de educar as crianças é copiando o modo no qual eu fui educado; por isso que eu sou assim… Nunca erro, pois, só faço as coisas designadas exatamente do modo como quem me criou e me enviou aqui me ensinou… Mas, voltando ao assunto principal, já que vocês não me ouvem, não dão importância alguma para o modo como fui educado e não querem ser como eu sou, então, pelo menos, vocês teriam que procurarem uma boa educação orientadas por grandes especialistas, portanto, teriam que abrir mão do tempo que vocês gastam fazendo coisas erradas e usar esse mesmo tempo precioso para fazer o bem para as suas crianças. Porém, para isso vocês teriam que estudar muito a questão em cada um nos seus mínimos detalhes e também levar bem a sério mesmo o estudo e se dedicarem, tem que praticarem muito e se esforçarem e aplicar os melhores dos conhecimentos adquiridos; mas se vocês fizessem isso tudo como eu estou falando a sociedade iria colher muitos e bons frutos, pois, vocês mudariam o mundo para melhor aos poucos, mas, continuadamente, e com cada geração sendo melhor que a geração passada e as futuras gerações também sendo melhores que as que vieram antes delas. Eu estou lhes sugerindo isso porque me preocupo muito com os pequeninos e me preocupo com a maneira como vocês se comportam e como estão educando pessimamente as suas crianças, pois, vocês são pais horríveis… Vocês receberam péssimas educações e valores dos seus pais e estão repassando essa tradição cretina aos seus filhos que são completamente inocentes e influenciáveis por suas condutas completamente irresponsáveis… Vocês são muito preconceituosos, arrogantes, vaidosos e sem orientações corretas alguma… Vocês deveriam serem excelentes exemplos para os seus próprios filhos, mas não são! Vocês são péssimos modelos de conduta para eles, pois, do jeito que vocês pensam e educam seus filhos e eles, esses inocentes, ouvindo os seus conselhos e vendo as suas atitudes e as copiando: esses inocentes serão duas vezes mais insensatos do que vocês por causa da maneira que vocês estão se portando agora… Eles vão educar as crianças deles devido a vocês de modo que serão três vezes mais insensatos do que vocês e os filhos deles por causa dos seus filhos que vocês educaram mal… Serão mais ainda péssimos pais… E eles vão julgar as pessoas muito mais insensatamente do que vocês o fazem agora… E quem me enviou aqui não gosta nenhum pouco de como vocês são… E quem me enviou aqui não gosta de como vocês influenciam os pequeninos inocentes que estão sobre suas responsabilidades…



O homem que está um pouco acima do peso acreditando que é um ótimo pai, então, por isso, ele fica muito indignado com o que acaba de ouvir do interno e lhe diz imediatamente serrando os punhos com muita raiva do jovem interno:



-- Por que você diz essas coisas absurdas e injustas sobre nós? Você não tem esse direito; pois, pagamos muito caro os nossos impostos para que você tenha esse bom tratamento de graça e você tem a coragem e a ousadia de nos retribuir com essas ofensas totalmente gratuitas e sem sentido algum, você está incomodando pessoas de bem, por que está fazendo tudo isso? Pode me dizer qual é o grande propósito por trás disso tudo, por favor?



O interno prontamente com uma atmosfera de desafio lhe responde com uma outra pergunta:



-- Vocês sabiam que eu também inventei um ótimo teste? Sim; eu o inventei agora nesse mesmo instante, pois, sou bem mais inteligente e maduro do que aparento ser, e eu o projetei muito bem somente para lhes provar que vocês não seriam bons governantes… Eu poderia propor esse teste e mostrar para vocês que tenho a absoluta e completa razão no que estou lhes afirmando? Se eu pusesse vocês dentro do meu super simulador de realidade virtual e o programasse para que ele tenha todos os elementos totalmente detalhados do contexto de uma história que uma pessoa é um governante em um pequeno reino onde vocês tivessem carta branca total, vocês teriam todo o poder de resolverem todas as questões exatamente como acreditam ser a melhor forma: e esse lugar nesse momento tem um grande problema relacionado com crianças para ser resolvido, e vocês todos, então, por favor, poderiam me responder bem clara e objetivamente o que vocês fariam no passo seguinte da situação quando fosse pausado o play do meu grande simulador?



As quatro pessoas que estão no ponto de ônibus, em uma só voz, perguntam:



-- Você tem realmente esse tal super simulador aí dentro?



O interno após ri muito deles explicou:



-- Claro que não! Deixem de serem bobos, vocês não se lembram que sou apenas uma criança e sou um simples interno em um hospício, como uma criança poderia ter alguma coisa maravilhosa desse tipo aqui dentro? E esse modelo de simulador nem existe ainda, porém, tenho algo que pode funcionar ainda melhor do que isso, sabiam?



Quando o interno diz isso os curiosos querem saber o que é, por isso ele explica rapidamente assim:



-- Se eu fosse um escritor eu seria um esplêndido narrador de histórias, então posso criar um grande contexto e ir contando e vocês escutam e simulam em suas cabeças o ambiente e entram no clima da história e se imaginam plenamente integradas dentro dela; pois, vocês sabiam que a melhor maneira de ensinar alguém é contando uma boa história? Vocês sabiam que eu sou o melhor inventor e o melhor contador de parábolas que já pisou nessa Terra?



As quatro pessoas se entreolham e riem do interno, mas mesmo zombando muito dele aceitam fazer o tal teste, pois, querem se divertirem mais ainda com a cara dele e também desejam ver até aonde essa bobagem toda vai acabar, e o interno faz uma cara de quem vai dizer algo muito importante e, finalmente diz algo:



 -- Então prestem bem atenção! Vou contar o começo de uma história muito chocante e bem triste, mas é igualmente de extrema importância todo o contexto; e vocês terão que me responderem algumas boas perguntas sobre a continuação desse enredo, e através de suas respostas darei os resultados para ver se vocês seriam com certeza sábios e justos, e se seriam mesmo bons governantes e se procederiam principalmente como bons protetores de crianças inocentes no futuro e em a curto e médio prazo também, e ver ainda se todos vocês fariam mesmo bem a elas, tendo, efetivamente, excelentes atitudes positivas; e, além disso quero constatar se vocês poderiam ou até deveriam realmente serem copiados e com todas as honrarias pelo mundo todo. Certo? Vocês entenderam tudo o que eu lhes expliquei? Vocês aceitam voluntariamente responder ao meu bem elaborado super teste revelador de personalidades e de capacidades especiais?



Todos ficaram tão curiosos para ouvir a história do tal teste que até mais uma vez se esquecem completamente do ônibus que estranhamente ainda não passou.
POETA ISAÍAS AMORIM
Enviado por POETA ISAÍAS AMORIM em 16/09/2020
Reeditado em 25/09/2020
Código do texto: T7064676
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
POETA ISAÍAS AMORIM
Diadema - São Paulo - Brasil, 49 anos
71 textos (3038 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/20 18:13)
POETA ISAÍAS AMORIM