Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Capitão Bossa Nova

A fome existe, mas só para quem não tem o que comer
Assim como a raiva existe só para quem não sabe amar
Enquanto as pessoas discutem quem é esperto e quem é burro...
Todas elas puxam juntas a carroça, sem precisar de estalo de chicote,
Pois quando acreditam que deus está com um político ou um juiz,
que deus é apenas a lei dos homens... O juízo já se avizinha.
A verdade já não é um livro, apenas uma roupa que se ajusta,
Muda o tom da cor, mas segue a mesma costura, encaixada nos ombros
De figuras calejadas e calos nas mãos, que ainda puxam a carroça e se esquecem da razão.

Se só existe uma verdade, não importa ...
Não tenho dinheiro para comprar.
Se daqui devo partir não importa...
Sempre fui de nenhum lugar.
Não foi deus quem criou as fronteiras,
Mas foi deus quem criou o mar.

Se o ódio faz desta vida mais amarga ...
Pode ser difícil de assimilar,
Enquanto te cobram por cada gole de água
Enquanto poluem o ar.
Seguimos brigando por moedas ...
Que não sabemos contar.

Clamamos por homens santos na terra,
Como se fossemos nos espelhar.
Em nossas comunidades clamamos a guerra,
Mais fácil que se solidarizar


Nós culpamos ou alavancamos quaisquer lideranças
Para esconder nossos preconceitos
Ou não nos responsabilizarmos pelas esperanças
De que adianta pedir que um fique livre
Quando somos nós que não estamos.

O inteligente auto proclamado, nunca viu de longe o mundo
Mas julga que sabe o seu formato.
Assim seguimos desacreditando por fé ou convicção,
Seguindo a maré de pastores cegos
Que só age por atenção.
Se o dinheiro é o novo Deus do mundo moderno,
A ignorância é o espirito santo desta massa,
Por Herdeiro vem o ódio, contra gostos, credos, opiniões e raças.
Se ainda há de se erguer os justos eu não sei,
Em um mundo de grupos onde todos julgam estar acima
E com a razão... ninguém consegue tocar o pé no chão.

A pobreza da alma, marca mais e é de carreira
A pobreza de espirito estampa nossa bandeira.
Deus não está aqui e nem acima, Deus não se prende a fronteira...
Deus não é um partido, Deus não esta em sua carteira.
Deus esta no homem que ajuda seu semelhante,
Naquele que divide o pouco que tem
Deus está no sorriso de uma criança
E não na nota de vintém.
Deus está naquele que estende a mão até a quem discorda
Naquele que busca compreender,
Naquele que se sentir superior não importa.
Enquanto tu fica perdido entre falsos diabos,
Deus desavisado, ainda bate em sua porta.
Tiago Silveira
Enviado por Tiago Silveira em 09/08/2019
Código do texto: T6716086
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tiago Silveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tiago Silveira
Gravataí - Rio Grande do Sul - Brasil, 32 anos
36 textos (1128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/19 05:52)
Tiago Silveira