Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EXCESSOS DA PESQUISA COLOCA À PARTE E NÃO INCLUSOS NO TRABALHO ENVIADO PARA ANÁLISE

ARQUIVO OU ANEXO -  José João Bosco Pereira

Mestre em Literatura e Crítica à Cultura – UFSJ (2011)

O USO DAS REDES SOCIAIS NOS MOVIMENTOS POPULARES NO BRASIL DE 2013

EPÍGRAFES SELECIONADAS NO TRABALHO – INICIALMENTE

“O que mais me incomoda é uma historiografia
que não se mostra preocupada
com o mundo ao qual pertence.”
Ciro Flamarion Cardoso (2012, p.62)
 
“Aos Congressistas fica vetado aumentar seus próprios salários e gratificações fora dos padrões do crescimento de salários da população em geral, no mesmo período.”
Alex Rodrigues (Propostas abrangentes).

A modernidade enfrenta o futuro sem apoiar-se na tradição, religião e autoridade. Isso é uma revolução radical de sistemas de valores e crenças.
Hannah Arendt (1972)

Todos os políticos ficaram iguais no seu narcisismo e na sua surdez.
Roberto DaMatta (20/06/13)


Folha de São Paulo – folha.com.br
Título do artigo de jornal Páginas ou coluna
‘Contra tudo’ e por mudanças, milhares vão às ruas no país. 18 de junho de 2013, C1.
Ato em SP tem ataque à prefeitura, à mídia, saques a lojas e depredação.
Descrença de paulistano na política cresce, diz Datafolha. 19 de junho de 2013, C1.
19 de junho de 2013, C6.
Caia tarifa – Quem vai pagar?
Protestos de rua derrubam tarifas – após 13 dias... A tarifa abaixou, mas o povo não calou (cartaz). 20 de junho de 1013, C1.
20 de junho de 1013.
Protestos reúnem meio milhão, e violência se espalha pelo país – invadem Itamaraty, ataque à prefeitura do Rio...
Protestos violentos ganham força e se alastram pelo país. Manifestação no rio começa tranquila e acaba com violência. Globo desiste da grade e passa a cobri ‘diante de seus olhos’. Petistas são expulsos de ato pós-redução da tarifa em São Paulo.
Protestos levam Dilma a cancelar viagem ao Japão. Ato em campinas termina em confronto.
Cartazes na Avenida Paulista defendem ‘It’s revolution, baby’.Promotoria quer abrir dados sobre tarifas em SP. Serviço e compatível com tarifa, afirmam empresas de ônibus.Passe livre prega ‘expropriação’ do transporte coletivo. Protestômetro. Transporte deve motivar novas manifestações. 21 de junho de 2013, cotidiano.
21 de junho, C2.


21 de junho, C4.

21 de junho, C6.

Dilma promete ouvir ‘voz das ruas’ e coibir ‘arruaça
Principais acessos a aeroportos em SP são bloqueados
Congresso prepara agenda positiva para responder às manifestações: tiram da gaveta projetos para saúde, educação e transporte. 22 de junho de 2013, C1.
22 de junho de 2013, C1.
22 de junho de 2013, A16.
Para 66%, atos nas ruas devem continuar – pesquisa da Datafolha – na Av. Paulista. Após queda da tarifa, qualidade dos ônibus é colocada em xeque.
O que eles escreveram (16 cartazes) – Folha corrida. 23 de junho de 2013, C1.

23 de jun. de 2013, C10.
É abuso demais (contra as condições do metrô do Rio) 23 de junho – p. E8
# Olho da rua: Estética das manifestações – caldeirão de referências e símbolos 23 de junho - E1
Sem vergonha de protestar, Perfil Carla Santos, 33 anos, 23 de jun. - 6 cotidiano 2
Abre-se um temo de incertezas, diz sociólogo da Unicamp - Marcelo Ridenti, 23 de junho - A3
PM expulsa acampados perto da casa de Cabral,
Senado aprova desonerações no transporte para reduzir tarifas. 03 de julho de 2013, C3.
03 de julho de 2013, C5.

Nesse conjunto de propostas, o movimento popular exige líderes capazes de negociar com o poder e acompanhar o complexo processo de encaminhamento e concretização de leis e pessoas que assumam a causa popular.  As câmaras legislativas têm um ritualismo demorado, burocratizante, centrado demais, nem sempre atendendo aos reclames e demandas das comunidades e camadas populares. Estão marcadas por interesses e fisiologismos históricos e culturais de agenciamentos estranhos ao imediatismo popular.
O Brasil tem que ser bom em educação e saúde, não só em futebol. Essas demandas diversas exigem uma gestão DEMOCRÁTICA, EFICIENTE, ÉTICA, direcionada à superação ou canalização ou negociação de conflitos pontuais e de longo prazo, canalizadora de estresse, ansiedade e compromisso de seus agentes, agenciadora de tarefas e funções para o bem-viver, percebendo o jogo de relações e interesses da comunidade e do poder local, aberto aos interesses e demandas coletivas. Nosso tempo exige uma maneira diferente de fazer política!
Sabe-se que o comodismo e as vantagens dos parlamentares constituem uma barreira psicossocial a que contraíram há muito tempo e não entendem o que o povo passa... Nem se sabe se “caiu a ficha” de que o povo se indignou, sobremaneira. Estão em uma redoma ou estufa de poder: acreditam que estão imunes aos “queixumes” populares e que o movimento esfriará...
Não se trata de “populismos danosos” (visão equivocada de Igor Gielow, diretor da sucursal de Brasília da Folha de São Paulo, 27 de junho de 2013, A14) nem apenas colocar em questão o marasmo político (visão acertada de Jaime Leitão, cronista de Jornal de Piracicaba, 26 de junho de 2013, A3) e os comodismos ou privilégios danosos dos políticos corruptos e uma visão equivocada dos eleitores que vendem votos ou votam em políticos de ficha suja. A sociedade reage contra a demagogia coletiva dos poderes; desejam-se mudanças radicais de formas ou processos de legislação como desburocratização das esferas de poder e superação de maneiras antigas de fazer político, com priorização de condições de vida mais dignas para o povo brasileiro em investimentos concretos e pontuais em projetos sociais urgentes e não apenas obras faraônicas e construção de estádios de futebol, que para isso há dinheiro e não há para pagar e valorizar os professores e profissionais da saúde que trabalham nos postos de saúde e atendem a população.

JORNAL DE PIRACICABA – www.jornaldepiracicaba.com.br

Título do artigo de jornal Páginas ou coluna do jornal
Por que vou para as ruas nesta quinta-feira?
Manifestantes tomam as ruas e protestam contra tarifas no TCI.
Onda de protestos chega a Piracicaba após embate.
Manifestantes param TCI e fecham a Armando de Salles. 19 de junho de 2013A 3.
19 de junho de 2013, A 4.

19 de junho de 2013, Cidade A.
19 de junho de 2013, Cidade A
Na base da pressão
Pula catraca
O Brasil que os brasileiros querem
Manifestações populares e a PEC 37/2011
Diante dos fatos e das frases
Movimentos Reaja e Pula Catraca realizaram atos hoje em Piracicaba.
Protestos tomam hoje ruas de Piracicaba
Ferrato deve estudar tarifa
OAB de Piracicaba dá apoio a manifestos sem vandalismo
Projeto da ‘cura gay’ gera críticas
São Paulo e Rio têm as tarifas reduzidas 20 de junho de 2013, p. 2.
20 de junho de 2013, p. 2.
20 de junho de 2013, A4.
20 de junho de 2013, A4.
20 de junho de 2013, A4.
20 de junho de 2013, A7.

20 de junho de 2013, A7.
20 de junho de 2013, A7.

20 de junho de 2013, A8.
20 de junho de 2013, A12.
Por que protestar?
Estopim
Uma política mais ativa
Após pressão, Ferrato propõe tarifa a R$2,80.
Pula Catraca realiza protesto hoje.
500 fazem ato em Rio das Pedras. 25 de junho de 2013, A3.
25 de junho de 2013, A3.
25 de junho de 2013, A3.
25 de junho de 2013, Cidade A.

25 de junho de 2013, Cidade A.
25 de junho de 2013, Cidade A.
Manifestação pacífica reúne 300 pessoas.
Reaja faz último ato antes do recesso.
Mudou o conceito. 28 de junho de 2013, Cidade A.
28 de junho de 2013, Cidade A.
28 de junho de 2013, A 3.

GAZETA DE PIRACICABA – www.gazetadepiracicaba.com.br

Título do artigo de jornal Páginas ou coluna do jornal
Tarifa de ônibus vai baixar, diz secretário.   22 de junho de 2013, p.7.
Como manter o gigante acordado? 23 de junho de 2013, Opinião 3.
Após manifestos, a tarifa de ônibus cai para R$2,80. 25 de junho de 2013, p. 3.
Redução aprovada: ônibus R$2,80.
Manifesto e mais vandalismo.
Presidente Dilma propõe apenas plebiscito e PEC 37 é arquivada pela Câmara.
Protestos em São Paulo reúnem mil pessoas
Moradores de favelas protestam 26 de junho de 2013, Cidade 3.
26 de junho de 2013, Cidade 3.
26 de junho de 2013, 32 Brasil.

26 de junho de 2013, Cidade 3.
26 de junho de 2013, Cidade 3.

Arendt (1972) nos aponta uma crise da cultura, em que a repressão não mais é a solução e os poderes devem ser avaliados fora dos critérios clássicos da autoridade, da religião e da tradição. A crise de crenças e valores atinge instituições históricas. E para analisar tal fenomenologia, é preciso ver que há uma oscilação de posturas ideológicas reacionárias e revolucionárias desde o idealismo hegeliano às invectivas marxistas. Nietzsche vislumbrava a superação cética da sociedade alemã no final do século XIX. Para ele, o futuro é agora; é preciso ousadia para suplantar o sistema cansado de uma moral fraca e tendenciosa. A experiência de Nietzsche nos é semelhante. Se o passado está morto, como achar uma saída para nosso sistema político fragmentado, cheio de fisiologismos e parasitas no poder? Uma burocracia ineficiente, um judiciário lento, um executivo corroído de multipartidarismos inconsequentes, legislativo truncado de legalismos sem força para mudar-se e mudar direções sérias em curto prazo.

Pode-se calar um indivíduo, jamais uma multidão.. Ninguém pode menosprezar o respirar, a voz e a força da multidão...
O “berço esplendido” ficou para alguns; o povo passa fome, frio, injustiça... O “Gigante” acordou do sono para conquistar seu sonho! E acorra como fica? Como ficam os direitos do povo brasileiro? Vale mais condições de viver do que a idolatria do poder e do futebol, que sacrifica os filhos de meu povo, disse alguém ainda agora! Oráculo da multidão nas ruas... “Ao som do mar e à luz do céu profundo...” Se não lutarmos pelos nossos direitos hoje, como forjaremos “Paz no futuro” e nos posicionaremos quanto à “glória no passado...” Então, “verás que um filho teu não foge à luta, nem teme...” viver com dignidade e desbaratar os corruptos que “desafia o nosso peito...”
                   
BIBLIOGRAFIA – HEMEROTECA PARTICULAR
GAZETA DE PIRACICABA – www.gazetadepiracicaba.com.br
JORNAL DE PIRACICABA – www.jornaldepiracicaba.com.br
INFORMAÇÕES EM CURRÍCULO
Textos em jornais de notícias/revistas
1.
  PEREIRA, Jose João Bosco. ; RESENDE,Maria Ângela de Araújo. . O VESTÍGIO DA PARÁBOLA NAS HISTÓRIAS DE MÃE EM SEBASTIÃO BEMFICA MILAGRE E EM MOACYR SCLIAR. RevLet Revista Virtual de Letras, Goiás, UFG | CAMPUS JATAÍ, p. p. 220 - p. 242, 11 dez. 2011.


2.
  PEREIRA, Jose João Bosco. . SEBASTIÃO BEMFICA. JORNAL AGORA, DIVINÓPOLIS, MG, p. 2, 25 mar. 2008.


Outras produções bibliográficas
1.
  PEREIRA, Jose João Bosco. O VESTIGIO DA PARÁBOLA EM HISTÓRIA DE MÃE EM SEBASTIÃO MILAGRE E SCLYAR. Assis, SP: EDUNESP, 2010 (ACADÊMICA).


2.
  PEREIRA, Jose João Bosco.  A MODERNIDADE EM SEBASTIÃO BEMFICA MILAGRE: MEMÓRIA E IDENTIDADE CULTURAL E COLETIVA. MARINGÁ: Maringá, PR, 2010 (ACADÊMICA).


3.
  PEREIRA, Jose João Bosco. DIÁLOGO INTERTEXTUAL DA PULSÃO LÍRICA EM SEBASTIÃO BEMFICA MILAGRE E EDGAR ALLAN POE. SÃO JOÃO DEL-REI, MG: APENAS RESUMO EM CD E INTERNET, 2010 (ACADÊMICA).



PEREIRA, José João Bosco. Telhado de vidro, poema. In: RAMOS, Isaac Almeida (org.) Poesia livre - Antologia Poética: Concurso nacional Novos poetas. Vivar Paraíba, Editora Nacional,  2013, p. 164-5.




Outras informações relevantes
________________________________________
2012 Certificado da Futuro Eventos, chancelaria UNIABREU, 19ª EDUCAR/ EDUCADOR: Feira Internacional de Educação, Congresso Internacional de Educação, 8º Educador Management Seminário Internacional de Gestão em Educação, 2º Educatec Fórum Virtual Educa de Tecnologia e Inovação em Educação e 1º Profitec - Congresso Internacional de Educação Profissional e Tecnologia em São Paulo, 16 a 19 de maio de 2012, com 50 horas/aula, registro sob o nº 1416, série L/2012. JULHO - DEZ./ 2012 - Professor de língua portuguesa e introdução à Filosofia e à sociologia no ETEC PIRACICABA "DEPUTADO ARY PEDROSO"
Certificado de Encontro de professores pela Editora Saraiva, São Paulo, maio de 2013.

J B Pereira e Folha de São Paulo – folha.com.br; www.jornaldepiracicaba.com.br; www.gazetadepiracicaba.com.br
Enviado por J B Pereira em 03/01/2014
Código do texto: T4635655
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2269 textos (1217975 leituras)
14 e-livros (85 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/10/19 20:19)
J B Pereira