Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUERERES - dueto

PORQUE TE QUERO

Quero roubar-te a calma,
Enchendo tua vida com euforia de paz!...
Quero adentrar o escuro castanho dos teus olhos
E sondar-te a alma...
Quero ouvir teus desabafos
Sem que, das palavras, tu necessites mais.
Quero afagar teus cabelos e
Dar-te repouso em meu abraço...
Quero estar nos teus sonhos e ser aquela com quem tu sonhas...
Quero também, aninhar-me em teu peito
E bem assim, desse jeito
Adormecer minha insana insônia!
Eu quero...
Porque te quero!...
                                   (Andreia Jacomelli)

DIZ PRA MIM... redonde

Diz pra mim: você existe,
Ou fui eu que te inventei?
Desde que pra mim sorriste
Meus sonhos reencontrei...
O meu fascínio é total,
Me pergunto: és real?
De azul o meu céu tingiste
Desde o dia em que te achei!
Diz pra mim: você existe,
Ou fui eu que te inventei?
                                   (Francisco de Assis Góis)

EU VEJO VOCÊ

Pode ser fruto da solidão
Ou da solitude, o tom
Pode ser o grito emudecido do meu desejo...
Mas eu te vejo.

Te vejo à noite, num halo brilhante
No céu do meu quintal...
Te vejo como te gosto:
Assim como tu és, tal e qual...

Te vejo em tudo que tem doçura,
Te vejo em tudo que é viril
O mais belo verso, descreve a tua figura
A capa que a mim protege, ninguém jamais viu: é tua!

Te vejo no plano astral...
Estás nas minhas saudades e nas minhas vontades
Te vejo no meu presente e no meu futuro:
Estás na minha bola de cristal!...
Fazer o quê? Quem eu vejo, é você...
                                     (Andreia Jacomelli)

NÃO É MAIS NOVIDADE - redonde

Que, de você gosto tanto;
Já não é mais novidade.
As vezes até me espanto
Com toda essa afinidade!
Tu amanheces comigo,
Em sonhos durmo contigo.
Assim com todo esse encanto,
Sonho com a felicidade...
Que, de você gosto tanto;
Já não é mais novidade!
                                 (Francisco de Assis Góis)

SALVA-ME!

Vem de longe, chega perto
E deita teu rio, no meu leito deserto...
Acende a luz, apaga a escuridão
Esvazia meu peito lotado de solidão!
Diz bem alto que sentido essa vida pode ter...
Cala-te! Não há vida longe de você.
Deixa de passar o tempo à toa:
Chega de adiar as coisas boas!
Vem de longe, chega perto
E deita teu rio, no meu leito deserto...
                                       (Andreia Jacomelli)

ENCONTRO - redonde

- Não demoro, já estou perto
Chegando para te amar,
E no teu leito deserto
Meu rio enfim se deitar...
- Vamos matar as saudades
Saciar nossas vontades...
Meu coração está aberto
Para esse amor encontrar.
- Não demoro, já estou perto
Chegando para te amar.

               (Francisco de Assis Góis e Andreia Jacomelli)

*Redonde é um estilo poético criado por Francisco de Assis Góis. Conheça a sua teoria literária:
https://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/7124216

Ouça a declamação desse dueto nas páginas de áudio dos dois autores.

                                    *******************
Andreia Jacomelli e Francisco de Assis Góis
Enviado por Andreia Jacomelli em 02/04/2021
Reeditado em 02/04/2021
Código do texto: T7221844
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
QUERERES - dueto - Andreia Jacomelli

Comentários

Sobre a autora
Andreia Jacomelli
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil
195 textos (6615 leituras)
8 áudios (96 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/04/21 11:21)
Andreia Jacomelli