Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O EGITO, BERÇO DE CLEÓPATRA

                               
                                Terra fértil à beira do Nilo
                        Que no tom escarlate das areias quentes
                              A morte tomba em escuro sigilo
                          Na clara riqueza das pérolas ardentes.

                           Faraós, divindades sem imortalidade
                       Reinando absolutos envoltos em conquistas
                         Escorre o sangue no brado da impiedade
                         Nasce a eminente civilização politeísta.

                       Cabeças de animais em corpos humanos
                      Assim representados os deuses adorados
                      Ámon deus dos deuses e não seria desumano
                    Deus mitológico, homem ou animal ornamentado.

                          Renovação em Osiris se fazia evidente
                         Mesclou fertilidade sem buscar eternidade
                           Vitima do infortúnio de um desejo latente
                         Maculando a honra de um próximo parente.

                             Egito, berço de uma grande figura
                    Rainha Cleópatra, entre safiras, rubis e diamantes
                          Mais importante do que ouro que fulgura
                          Não foge da cobra, de picada lancinante.

                                                               (Verdana Verdannis)


                         Deslumbrante foi a ciência dos Egípcios
                         inventores da divina geometria
                         que as pirâmides -admiráveis edifícios-
                         levantaram com requintes de ousadia.

                         Lá Pitágoras, sedento de saber,
                         foi buscar solução pro seu problema
                         e dos sábios não foi fácil receber
                         o famoso -do triângulo- teorema.

                         Os Hebreus que no Leste se gabavam
                         de seus dez importantes fundamentos
                         com certeza da Maat inda ignoravam
                         os cinquenta notáveis mandamentos.

                         Aquenáton, renomado faraó,
                         ab-rogou o vazio politeísmo
                         dando ao povo um único xodó
                         mensageiro dum novo misticismo.

                         Mas num dia de arrogante decadência,
                         um prelado que bradava com falácia
                         tão rancor criou contra a sapiência
                         que a seu mando foi queimada a culta Hipácia.

                                                                  (Richard Foxe)



NOTA: Esse dueto está sendo publicado hoje, aniversário do falecimento de Napoleão Bonaparte (05/05/1821). Foi graças à sua expedição militar ao Egito, em 1798, que os arqueologistas descobriam a famosa Pedra de Roseta, cujo achado foi fundamental para finalmente interpretar o significado dos antigos hieróglifos.






Verdana Verdannis e Richard Foxe
Enviado por Verdana Verdannis em 05/05/2019
Reeditado em 05/05/2019
Código do texto: T6639792
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verdana Verdannis
Fortaleza - Ceará - Brasil
323 textos (26177 leituras)
46 áudios (2340 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 11:40)
Verdana Verdannis