Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SILENCIOSO GRITO DE AMOR

 
(dueto)

O amor é um grito da alma
Um lamento triste sem você.
Despi-me diante dessa saudade
Meu corpo amanhece em chamas
De tanto que te desejo você.

É triste só ter que viver de saudades
Quando o amor de minha vida
Só tem falsas esperanças do amor.
A poesia, o amor, é um orgasmo
Uma proposta ao meu vicio, desejo,
A esse encanto de uma sedução.

Vem amor fala ao meu ouvido, fique!
Não deixe pendente  um adeus,
Eu sem você sei que dói.
Essa dor em meu sentimento
É um encontro perdido na esperança.

Meu sorriso triste implora seu amor,
Você é um certo poema que vivi,
A poesia erótica que escrevi na cama.
Você grita dentro de mim "eu te amo",
Num poema tão solitário de amor.

Sabemos que somos proibidos de amar,
De viver nossas emoções, nosso amor.
Não chore por mim na última carta
Porque eu imploro seu amor a minha dor.
E porque mentimos em não nos querer,
Na verdade queremos esse amor viver,
Não sofra nesse silencioso grito.

Nillo Sérgio
e
Flor de Cactos


poetadobalcao e @Flor de Cactos
Enviado por poetadobalcao em 01/04/2019
Reeditado em 13/08/2020
Código do texto: T6613055
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
poetadobalcao
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil
2028 textos (21659 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/04/21 14:06)
poetadobalcao