Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MAIS ARDENTE QUE AS LAVAS DO VESÚVIO

  Sozinha a esperar-te nas periódicas estações
  O longo inverno de frio úmido e trepidante
  Congelava intencionalmente minhas emoções
  Trazendo martírio na noite escura e dominante.

  A tosca, pálida saudade entorpecia a esperança
  Obstinadamente a tanger em teia eletrizante
  Subitamente com impetuosidade minha alma lança
  Da alegria cósmica, a magia vermelha abrasante.

                                                              (Verdana Verdannis)

  O inverno a regelar a majestade
  do bem que vence o monstro do egoísmo:
 - secou-se o invejoso ceticismo
  de quem do amor negava a divindade.

  Sublime esse triunfo de magia
  mais ardente que as lavas do Vesúvio:
 - mondando a sua alma com o eflúvio
  a mágoa maligna se esvaía.
                                                          (Richard Foxe)
Verdana Verdannis e Richard Foxe
Enviado por Verdana Verdannis em 20/02/2019
Reeditado em 08/04/2019
Código do texto: T6579892
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verdana Verdannis
Fortaleza - Ceará - Brasil
322 textos (25967 leituras)
46 áudios (2319 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/09/19 11:37)
Verdana Verdannis