Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM CHÃO

Meus pensamentos
Desnudam minha alma.
Enfraquece minhas forças
Jogando-me no nada sem calma.

Estou sem chão...preocupado,
Procurando resposta no infinito.
Aonde nem eu consigo
De fato me encontrar nesse labirinto.

Pois estou realmente tão confuso,
Tão perdido que nem a mim vou achar.
Nesse vasto sentimento obscuro
Que nem eu consigo enxergar.

Meus dias e noites se vão
levando uma parte de mim...
De minha alma e de meu coração
Em busca de acalanto sem fim.

Esperanças ainda tenho
Que tudo há"acredito eu"de se passar,
Como a tempestade de verão
Espero o outono chegar...

(autores desse dueto)
Nillo Sérgio-Antonio j Santos
poetadobalcao e Antonio j Santos
Enviado por poetadobalcao em 19/06/2018
Código do texto: T6367969
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
poetadobalcao
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil
2028 textos (21659 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/04/21 15:03)
poetadobalcao