Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LOUCO AMOR. UMA MULHER UM POEMA // QUERO SENTIR O TEU AMOR - MARCUS RIOS.

LOUCO AMOR

Que louco amor é esse,
Que suga minha respiração,
Que me toma e invade,
Descompassando meu coração.

Isso que você me faz sentir,
Logo porque queres me amar,
Me leva cada vez mais para junto de ti,
De um jeito que só eu sei interpretar.


QUERO SENTIR O TEU AMOR
 
Quem sabe algum dia
Eu possa dizer e confessar
Os meus sentimentos que
Sinto por ti minha amada
E que este louco amor que

Sinto por você são momentos
Que marcam a minha vida
Quando por mim você passa
E me olha com este olhar sorrateiro.
Quero dizer-te tudo que eu sinto
E que a cada dia mais e mais
Vai aumentando o meu amor
Que tenho no coração por você.
Não posso me calar neste momento,
E deixar que o meu amor
Por você seja apenas meu
E que você não possa saber
Para poder dividir comigo.
Como posso viver sem ver este
Teu meigo olhar, teu carinho,
E nunca poder sorrir para ti
Para que perceba o meu amor.
Não quero mais ser sonhador,
Quero apenas sentir dentro de

Mim o momento certo de poder
Amar-te e te fazer feliz meu amor.
Preciso de coragem para poder
Gritar bem alto que te amo,
Confessar para ti esta minha
Louca vontade de te amar,
Para que juntos possamos
Caminhar de mãos dadas
Sentindo no coração o amor.

Comendador Marcus Rios
Poeta Iunense – Acadêmico –
Membro Efetivo da Academia Iunense de Letras (AIL)
Uma Mulher Um Poema e Marcus Rios
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 10/09/2014
Reeditado em 10/09/2014
Código do texto: T4956520
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
3458 textos (551136 leituras)
84 áudios (28732 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/19 04:50)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor